Domingo, 10 de Julho de 2011

Biblioteca Britânica e Google digitalizam 250 mil livros

A Biblioteca Britânica e o Google anunciaram esta segunda-feira uma parceria para digitalizar 250 mil livros do acervo da biblioteca. Os títulos, que abrangem um total de 40 milhões de páginas, datadas de 1700 a 1870, foram seleccionados pela Biblioteca Britânica e digitalizados pelo Google, que irá arcar com todos os custos do processo.

Entre os primeiros itens a ser digitalizados estão panfletos feministas a respeito da rainha Maria Antonieta, de 1791, um documento sobre o primeiro submarino movido por um motor de combustão, de 1858, e um texto que oferece um relato detalhado de um hipopótamo empalhado do príncipe de Orange, de 1775.

Uma vez digitalizados, os textos poderão ser consultados na íntegra, baixados e lidos através do programa Google Books.
Fonte: Diário Digital
publicado por mhp às 10:03
link do post | comentar | favorito

Museu Virtual do Porto de Setúbal

 

Para mais informações:
http://www.portodesetubal.pt/museu/

 

 

publicado por mhp às 10:01
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 17 de Junho de 2011

Site do Secretariado Nacional para os Bens Culturais da Igreja

Foi adicionado à secção de links, o link do site do SECRETARIADO NACIONAL PARA OS BENS CULTURAIS DA IGREJA. É um site muito interessante e de consulta obrigatória para quem se debruça sobre a arte sacra e todos os campos que envolvem a Igreja Crista. 

 

O link é http://www.bensculturais.com/page1.php   

 

Subscrevem a Newsletter.

 

 

 

 

 

 

publicado por mhp às 12:44
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 30 de Maio de 2011

Portal sobre o Património Imaterial lançado dia 1 de Junho

O portal Matriz Património Cultural Imaterial (PCI), um sistema de informação que vai reunir informação inédita do país sobre esta área, estará online a partir de quarta-feira, quando for apresentado num seminário, em Lisboa.

 

O seminário "MATRIZ: Novas Perspectivas para o Inventário, Gestão e Divulgação do Património Móvel e Imaterial", organizado pelo Instituto dos Museus e da Conservação (IMC) e pela BOND - Building on Network Dynamics, vai decorrer nesse dia no Museu Nacional de Arte Antiga (MNAA).

Contactado pela agência Lusa, Paulo Ferreira Costa, director do Departamento do Património Imaterial do IMC, revelou que o Matriz PCI vai ser um dos três instrumentos que o organismo apresentará publicamente na quarta-feira.

 

"Trata-se de um novo portal onde as entidades detentoras de manifestações do património cultural imaterial podem aceder e introduzir de forma a serem inventariadas", indicou o responsável, acrescentando que a criação deste instrumento representa o cumprimento, por Portugal, da convenção da UNESCO sobre esta área.

 

A convenção da UNESCO sobre esta matéria foi criada em 2003, entrou em vigor em Portugal em 2008, e no ano seguinte criou um quadro jurídico de salvaguarda de Património Cultural Imaterial.

 

Paulo Ferreira Costa indicou que a criação deste portal, que servirá para a criação de um inventário sobre o património imaterial do país, "é a condição para a futura apresentação de candidaturas de património imaterial por Portugal" à UNESCO.

 

O fado é a primeira expressão de património imaterial que Portugal apresentou oficialmente à Lista Representativa do Património Cultural Imaterial da Humanidade da UNESCO, com avaliação prevista para Novembro deste ano, em reuniões que vão decorrer em Bali, na Indonésia.

Além desta, está em preparação a candidatura da dieta mediterrânica, recordou.

 

Metade dos museus do país possui já no seu acervo fundos documentais na área do património imaterial, como fotografias, filmes e som, segundo os dados preliminares de um inquérito nacional realizado em 2010 por este departamento do IMC.

 

O director do departamento adiantou ainda que o portal Matriz PCI vai conter, traduzida pela primeira vez para português, toda a informação sobre as mais de 200 expressões de património imaterial mundial já classificadas pela UNESCO.

 

"Essa informação já constava no site da UNESCO, mas nas línguas oficiais, não em português", comentou.

 

No seminário serão também apresentados outros dois instrumentos: a nova versão 3.0 do Matriz, sistema de informação integrado para inventário, gestão e divulgação de património, cultural móvel, imóvel e imaterial, e uma nova versão do MatrizNet, o catálogo online dos museus e palácios do IMC.

Estas ferramentas desenvolvidas pelo IMC "fazem parte de um grande projecto estruturante para os museus do país", sublinhou o responsável, lembrando que o projecto Matriz, como software, foi criado em 1994, e já teve várias evoluções.

 

No quadro da internacionalização do projecto Matriz, e através de parcerias com a entidade homónima do IMC no Brasil (o Instituto Brasileiro dos Museus) e noutros países de língua portuguesa, está ainda em construção um projecto de recolha para inventariação online do património cultural do mundo lusófono.

 

FONTE: JN de 30/05/2011

publicado por mhp às 23:11
link do post | comentar | favorito

.Informações sobre o MHP

.pesquisar

 

.Abril 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.links

.arquivos

. Abril 2012

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

.posts recentes

. Biblioteca Britânica e Go...

. Museu Virtual do Porto de...

. Site do Secretariado Naci...

. Portal sobre o Património...

.Últimos Comentários

Bom dia,O link está com um problema, que não permi...
Joana,O novo site ainda está em construção, mas o ...
Boa noiteGostaria de saber qual o novo endereço do...
Boa entrada, Paulo. Esta iniciativa seria um óptim...

.tags

. todas as tags