Sexta-feira, 15 de Julho de 2011

Jornadas Europeias do Património 2011 – Património e Paisagem Urbana

 

 

Nos dias 23, 24 e 25 de Setembro celebram-se, em Portugal, as Jornadas Europeias do Património, este ano sob o tema Património e Paisagem Urbana.


Tal como nas edições dos anos anteriores, o IGESPAR, enquanto coordenador nacional, convida todas as entidades públicas e privadas que de algum modo estejam relacionadas com o Património, a associarem-se a esta acção.


Para mais informações: www.igespar.pt

 

 

publicado por mhp às 12:36
link do post | comentar | favorito

A Câmara do Porto quer construir na zona histórica da cidade um Centro Lúdico e Cultural dedicado à epopeia dos Descobrimentos

A Câmara do Porto quer construir na zona histórica da cidade um Centro Lúdico e Cultural dedicado à epopeia dos Descobrimentos para promover a atração turística e vai analisar o assunto na reunião camarária de terça-feira.

O documento, a que a Lusa teve acesso, estipula a abertura de um concurso público para seleção do trabalho que “melhor enalteça a Epopeia Marítima Portuguesa e que melhor promova a atração turística da cidade”.

A autarquia pretende “candidatar a proposta vencedora a uma linha de financiamento e caso a mesma venha a ser apoiada, avançará para o procedimento de ajuste direto para a concretização dos trabalhos de conceção, com o autor da proposta vencedora do concurso”, explica-se na proposta.

A intenção do município é que o Centro Lúdico “distinga as personagens do período de expansão marítima com maior ligação histórica à cidade do Porto”.

Na proposta, o presidente da autarquia, Rui Rio, refere que a cidade “possui um rico património histórico e cultural, ilustrativo do contributo da cidade no desenvolvimento da Epopeia Marítima Portuguesa” e que esse período da história portuguesa “constitui um importante fator de atração como elemento cultural de elevado potencial turístico”.

Rio nota, ainda, que o município “tem vindo a fazer uma aposta crescente no sentido de criar âncoras sustentadas que promovam uma maior atração de turistas e o alargamento do respetivo período de permanência na cidade”, mostrando-se necessário “complementar a oferta cultural e turística do Porto com os valores dos momentos mais relevantes da História de Portugal, entre os quais se destaca a época dos Descobrimentos”.

publicado por mhp às 12:35
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 11 de Julho de 2011

Elevador de Santa Justa completa 109 anos

 

 

 

 

 

O elevador de Santa Justa comemorou  dia 10 de Julho, 109 anos.


O elevador de Santa Justa é o único ascensor vertical da cidade de Lisboa e, do alto dos seus 45 metros no Largo do Carmo, proporciona uma das paisagens mais impressionantes da capital, com vistas para a Baixa de Lisboa, Castelo de São Jorge ou o rio Tejo.


Nasceu como Elevador do Carmo, mas actualmente é conhecido como Elevador de Santa Justa. É Monumento Nacional desde 2002 e uma das estruturas mais conhecidas e visitadas de Lisboa.


O Elevador de Santa Justa, que hoje é propriedade da CARRIS, operadora dos transportes públicos colectivos de superfície na cidade de Lisboa, foi projetado pelo engenheiro francês Raul Mesnier du Ponsard, no final do século XIX, início do século XX.


Inaugurado a 10 de Julho de 1902, o elevador é o único transporte do género em Lisboa que presta um serviço público.

publicado por mhp às 09:47
link do post | comentar | favorito

Jornadas Europeias do Património 2011

Jornadas Europeias do Património 2011 – 23, 24 e 25 de Setembro de 2011 – Património e Paisagem Urbana

Nos dias 23, 24 e 25 de Setembro celebram-se, em Portugal, as Jornadas Europeias do Património, este ano sob o tema PATRIMÒNIO E PAISAGEM URBANA. Tal como nas edições dos anos anteriores, o IGESPAR, enquanto coordenador nacional, convida todas as entidades públicas e privadas que de algum modo estejam relacionadas com o Património, a associarem-se a esta acção. 

 

Contactos:

Carla Lopes – calopes@igespar.pt
Teresa Mourão – tmourao@igespar.pt
Deolinda Folgado – dfolgado@igespar.pt

publicado por mhp às 09:46
link do post | comentar | favorito
Domingo, 10 de Julho de 2011

ON.2 promove rede de cooperação dos espaços protegidos e classificados

O “ON.2 – O Novo Norte” (Programa Operacional Regional do Norte) promoveu a criação e dinamização de uma rede de cooperação composta por beneficiários com projectos apoiados no âmbito dos espaços protegidos e classificados, tendo em vista a comunicação, a partilha de informação, a troca de experiências e a cooperação entre os aderentes à Rede. São também objectivos da rede a identificação de constrangimentos comuns, às entidades beneficiárias, na execução física das candidaturas e a procura de soluções mais adaptadas, rápidas e económicas pelo carácter conjunto e/ou simultâneo que possam ter.


No contexto desta rede de cooperação, decorrem no mês de Julho duas reuniões de grupos de trabalho  – dia 5 de Julho, na Câmara Municipal de Caminha, e dia 19 de Julho na Associação para o Desenvolvimento Integrado de Picote, em Miranda do Douro –, onde serão discutidas actividades a desenvolver em conjunto pelos membros que serão integradas tanto no seminário anual promovido pela rede, subordinado ao tema das florestas, como no Ano Europeu da Água, que se assinala em 2012.


As reuniões terminam com visitas guiadas a projectos apoiados pelo ON.2 e que representam boas práticas de intervenção em espaços protegidos e classificados. São exemplos a Ecovia (Ca)Minho do Rio Minho, que liga Caminha e Vila Nova de Cerveira, o centro histórico de Caminha e a aldeia de Picote, incluindo uma visita ao miradouro da Fraga do Puio.

 

Para mais informações:
http://norteemrede.inescporto.pt/rede-informacao-regional/noticias-norte-em-rede/on.2-promove-rede-de-cooperacao-dos-espacos-protegidos-e-classificados

publicado por mhp às 14:56
link do post | comentar | favorito

Apresentação da Revista Património/Estudos nº 11 e dos Trabalhos de Arqueologia nº 51 dedicados ao “Concheiro de Toledo no contexto do Mesolítico Inicial do Litoral da Estremadura”

 

 

 

publicado por mhp às 14:49
link do post | comentar | favorito

Santana classificada pela UNESCO como Reserva Mundial da Biosfera

A Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO) classificou o concelho de Santana, na Madeira, como Reserva Mundial da Biosfera.


A deliberação foi tomada pelo Bureau do Conselho Internacional de Coordenação do Programa “O Homem e a Biosfera”, da UNESCO, mas só será divulgada no final da reunião anual do Comité do Património que decorre até quarta-feira, em Dresden, na Alemanha.


Com a classificação de Santana, na Madeira, Portugal passa a ter, assim, seis Reservas da Biosfera, três das quais no arquipélago dos Açores. São elas as ilhas do Corvo, Graciosa e Flores, além da Reserva Natural de Paul de Boquilobo e do Parque Internacional Luso-Galaico Gerês/Xurês.

publicado por mhp às 10:14
link do post | comentar | favorito

Lançamento do livro “Algarve – Arquitecturas e espaços recuperados”

No dia 5 de Julho foi lançado, no Museu Municipal de Portimão, pela CCDR Algarve o livro “Algarve – Arquitecturas e Espaços Recuperados” da autoria do arquitecto José Manuel Fernandes e da fotógrafa Ana Janeiro, centrado no estudo e divulgação das intervenções de recuperação e valorização do património edificado.


Nesta obra temos exemplos de obras de recuperação de equipamentos urbanos de prestígio, como teatros e pousadas, de mercados, de antigas fábricas e a diversas formas de arquitectura popular, realizadas por instituições do Estado, por Municípios, por empresas privadas e por privados.

publicado por mhp às 10:12
link do post | comentar | favorito

Produtos Artesanais – Documento que regula certificação está suspenso há seis anos

O vice-presidente do Instituto do Emprego e da Formação Profissional (IEFP), Alexandre Rosa, disse esperar que o novo Governo aprove o decreto-lei do sistema nacional de certificação dos produtos artesanais tradicionais, documento que começou a ser elaborado há seis anos.


A certificação destina-se a garantir a qualidade da produção artesanal, protegendo o nome e origem do produto.


Em entrevista, Alexandre Rosa explicou que o documento, que começou a ser elaborado há cerca de seis anos, esteve quase a ser aprovado e estava em «processo legislativo» quando se deu a alteração governativa.


«As cartas de artesão são uma certificação dos produtores e das Unidades Produtivas Artesanais mas, não são do produto», disse o responsável.
Alexandre Rosa adiantou que o projecto de diploma que foi visto com os parceiros da área ficou concluído cabendo agora ao novo Governo «decidir pegar no dossier».


No entender do vice-presidente do IEFP, a certificação dos produtos artesanais tradicionais é um elemento muito importante para que os consumidores saibam que o produto que vão adquirir é de qualidade.«Já há alguns produtos no País certificados de forma informal no sentido de que não há uma lei do Estado mas que há um conjunto de práticas, nomeadamente no Minho, que já se desenvolveram no sentido de experimentar e testar uma metodologia de certificação dos produtos artesanais como é o caso do lenço dos namorados, do figurado de Barcelos e dos bordados de Viana do Castelo», disse.


Recorde-se que desde a aprovação do estatuto do artesão em 2004 e até 31 de Maio deste ano foram emitidas 1.982 cartas de artesão e registadas 1.713 Unidades Produtivas Artesanais (UPA). Estes dados não incluem a Região Autónoma dos Açores cujo processo de reconhecimento está a cargo do Centro Regional de Apoio ao Artesanato.Os dados do IEFP indicam que é no Norte (362) e na região de Lisboa e Vale do Tejo (457) que se situam a maior parte de UPA.


No que diz respeito aos grupos de actividades, 24% correspondem às artes e Ofícios têxteis, 20% a artes e ofícios da Cerâmica, 10% à madeira e cortiça e 7% aos trabalhos em metal.

publicado por mhp às 10:10
link do post | comentar | favorito

Criado “Roteiro” para promover turismo mineiro em Portugal

 

 

 

 

 

As minas portuguesas estão a tornar-se num destino turístico para cada vez mais portugueses que querem conhecê-las e saber a sua história, tendo até já sido criado um “Roteiro das Minas”.~


“Cada vez mais as pessoas procuram este tipo de abordagem turística”, disse à Agência Lusa o subdiretor-geral da Direção Geral de Energia e Geologia (DGEG), Carlos Caxaria. Para dar resposta a essa procura e para promover o património mineiro, a DGEG criou há um ano o “Roteiro das Minas e Pontos de Interesse Mineiro e Geológico em Portugal”, que em breve terá uma versão em espanhol e em inglês.

 

Fonte: RTP

publicado por mhp às 10:07
link do post | comentar | favorito

FAUP lança Curso de Estudos Avançados em Património Arquitectónico

 

 

 

 

Entre os dias 15 de Junho e 15 de Julho de 2011, estão abertas as candidaturas ao Curso de Estudos Avançados em Património Arquitectónico (CEAPA), promovido pela Faculdade de Arquitectura da Universidade do Porto.


Mais informações em www.arq.up.pt

publicado por mhp às 09:49
link do post | comentar | favorito

Encontro Iberoamericano sobre Políticas, Gestão e Indústrias Culturais. Encontro e diálogos entre culturas.

 

 

 

 

 

Encuentro Iberoamericano en Políticas, Gestión e  Industrias Culturales. “Encuentro  y dialogos entre  culturas”.

6, 7, 8 octubre 2011 – Tandil – Argentina.

 

Para mais informações:

http://encuentroiberoamericanoargentina.blogspot.com/

publicado por mhp às 09:48
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 17 de Junho de 2011

Projecto “Às terças na sacristia do Mosteiro de Alcobaça”

O Projecto intitulado “Às Terças na Sacristia do Mosteiro de Alcobaça” visa a dar a conhecer a história do Mosteiro de Santa Maria de Alcobaça, bem como o património móvel e edificado que lhe está associado.Desta forma, se divulgarão os trabalhos de investigação desenvolvidos pelos Técnicos Superiores deste serviço do IGESPAR, IP.


As temáticas são variadas e abrangentes, incluindo áreas como a História, a Arte, a Arquitectura, a Conservação e Gestão de Colecções, e o Acervo da Casa – Museu Vieira Natividade.


A apresentação das conferências decorrerá, no espaço da Sacristia Nova, de acordo com a calendarização que se segue, estando o seu início marcado para as 16h30.

 

A entrada é livre.


Inscrições pelo telefone: 262 505 120.

 

Fonte: IGESPAR

publicado por mhp às 13:24
link do post | comentar | favorito

Exposição “Brinquedos Portugueses do séc. XX”, patente na Sala dos Azulejos do Museu Municipal de Esposende

 

 

Exposição “Brinquedos Portugueses do séc. XX”, patente na Sala dos Azulejos do Museu Municipal de Esposende até 31 de Julho. 

 

A exposição integra-se nas comemorações do centenário do edifício onde se instala o museu, o Teatro Club de Esposende, que em 1911 inaugurava uma relação da sociedade civil, então quase analfabeta e iletrada, com a Cultura e a Educação (popular e erudita) numa relação privilegiada com a Arte, Musica, Dança, Teatro e Cinema, e que passados 100 anos, entretanto convertido o uso do edifício para fins museológicos, lança agora o desafio para um olhar mais atento à realidade da Associação de Pais Professores e Amigos do Cidadão Deficiente Mental – APPACDM, a pretexto do brinquedo, da infância e dos valores sociais em torno da pessoa com deficiência intelectual, empenhando-se no apoio de actividades e iniciativas que visem o conhecimento sobre esta realidade, promovendo junto da sociedade civil novos valores para uma melhor e maior cidadania.


As visitas guiadas acontecem de Terça a Sexta, das 10.00h às 13.00h e das 14.00h às 17.30h. O museu pode ser visitado ao sábado, domingo e feriados locais 15 e 19 de Agosto, das 15.00h às 18.30h. Está encerrado às segundas e restantes feriados.

publicado por mhp às 13:22
link do post | comentar | favorito

“Casa Portuguesa” vai surgir em aldeia do concelho de Penela

Uma “casa portuguesa”, espaço que congregará produtos nacionais, vai ser inaugurada em setembro na aldeia de Ferraria de São João, no concelho de Penela, anunciou hoje a Câmara Municipal local.


A reconstrução, a partir de uma casa de pedra, começou em outubro de 2010, dando corpo a um espaço “onde se conjugam os elementos tradicionais de construção com as linhas simples da arquitetura contemporânea”.


A casa “será uma montra dos melhores produtos nacionais, desde materiais de construção, a mobiliário, decoração interior e exterior, instrumentos de lazer e obras de arte”, adianta uma nota da autarquia.


A finalidade da “Casa Portuguesa”, situada numa “Aldeia do Xisto”, é o aluguer temporário e atividades de promoção das artes rurais, de produtos portugueses e dos recursos naturais endógenos.

 

Fonte: Notícias do Centro

publicado por mhp às 12:58
link do post | comentar | favorito

Curso de Versão: "FILMMAKING, COMPUTER GRAPHICS AND MULTIMEDIA PERFORMANCE FOR CULTURAL HERITAGE", a ter lugar em Ravena, Itália, de 24 a 31 de Junho

Curso de verão "FILMMAKING, COMPUTER GRAPHICS AND MULTIMEDIA PERFORMANCE FOR CULTURAL HERITAGE", a ter lugar em Ravena, Itália, de 24 a 31 de Junho.

 

Todas as informações disponíveis em http://www.cbc.unibo.it/Beni+Culturali/Didattica/Summer+e+winter+school/SummerFilm.htm.

publicado por mhp às 12:50
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 3 de Junho de 2011

“Espólio artístico das Misericórdias é de carácter civil” – conclusão no âmbito do inventário realizado pela União das Misericórdias Portuguesas

O espólio artístico das Misericórdias portuguesas é maioritariamente civil. A conclusão surge no âmbito do inventário realizado pela União das Misericórdias Portuguesas (UMP). Apenas 35 por cento das peças são de carácter religioso, afirmou um dos responsáveis pelo Gabinete do Património Cultural da UMP, Miguel Loureiro. Este e outros números foram apresentados em Guimarães, na segunda edição do Dia do Património das Misericórdias, a 6 de Maio.


Até ao momento, afirmou Miguel Loureiro, cerca de 25 por cento das Misericórdias já foram inventariadas, mas o objectivo é levar o projecto a todas. Contudo, destacou, “o inventário não é algo que se esgota em si mesmo”. Sendo uma medida fundamenta, não é suficiente, visto que o património cultural deve ser divulgado, estudado e potenciado.


E em jeito de estudo, os números do inventário até agora realizado permite vislumbrar as principais características do espólio das Santas Casas. Apenas 35 por cento das peças têm a ver com arte sacra, relata aquele responsável, destacando também que pintura, mobiliário e escultura são os registos mais frequentes, cerca de 56 por cento do total de peças.


Outro dado interessante está relacionado com equipamento hospitalar. No Norte, ao fim do inventário de 28 Santas Casas, foram encontradas apenas 21 peças. No Alentejo, onde as Misericórdias começaram recentemente a ser inventariadas, já há conhecimento de mais de mil peças.

 

Fonte: União das Misericórdias Portuguesas

publicado por mhp às 20:16
link do post | comentar | favorito

IGESPAR prevê lançar concurso internacional para hotel no Mosteiro ainda em 2011

O presidente da Câmara Municipal de Alcobaça convocou uma conferência de imprensa, no dia 20 de Maio, para fazer um ponto da situação sobre o processo de instalação de um hotel de luxo no Mosteiro de Alcobaça. Paulo Inácio revelou que recebeu uma resposta por escrito do IGESPAR em que este garante estar previsto o lançamento do concurso internacional para as obras de adaptação do Claustro do Rachadouro a unidade hoteleira ainda no decorrer de 2011.


Neste momento, o IGESPAR aguarda que a Comissão Nacional da Unesco emita um parecer obrigatório sobre o projecto de arquitectura de adaptação do Claustro do Rachadouro a hotel, que deverá dispor de, pelo menos, 60 quartos.


(…)

 

Fonte: Tinta Fresca

publicado por mhp às 20:11
link do post | comentar | favorito

Ministros da Cultura acordam sobre marca “Património Europeu”

Os ministros da Cultura da União Europeia acordaram lançar a marca “Património Europeu”, com o objectivo de destacar sítios que celebrem e simbolizem a história, os valores e o desenvolvimento da União Europeia.


Complementando outras marcas já existentes, nomeadamente “Património Mundial da Humanidade”, da UNESCO, a nova designação deverá ser atribuída aos sítios europeus em 2013. O processo de selecção arranca com a designação voluntária de quatro sítios por parte dos Estados-Membros, cabendo a peritos independentes a responsabilidade de avaliar as candidaturas que devem obter a marca.


A partir de 2015, a selecção terá lugar de dois em dois anos e os Estados-Membros passam a poder designar um máximo de dois sítios de cada vez, sendo que o júri seleccionará um máximo de um sítio por país.

 

Fonte: Norte em Rede

publicado por mhp às 20:10
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 30 de Maio de 2011

Instituto Andaluz do Património Histórico apresenta “Rotas Culturais” uma iniciativa que promove a visualização do Património Cultural no Google Earth Móvel e GPS

O Instituto Andaluz do Património Histórico promve a iniciativa “Rotas Culturais”, disponibilizando o Património Cultural da região no Google Eartth Móvel e no GPS.

 

Temas:
Arquitectura Civil
Arquitectura Contemporânea
Arquitectura Defensiva
Arquitectura Religiosa
Arquitectura Vernácula
Espaços de Sociabilidade
Ofícios e Saberes
Património Industrial
Património Imaterial
Rituais Festivos
Achados Arqueológicos

 

Para saber mais:
www.iaph.es/rutas_culturales_andalucia


publicado por mhp às 23:17
link do post | comentar | favorito

“Espólio artístico das Misericórdias é de carácter civil” – conclusão no âmbito do inventário realizado pela União das Misericórdias Portuguesas

O espólio artístico das Misericórdias portuguesas é maioritariamente civil. A conclusão surge no âmbito do inventário realizado pela União das Misericórdias Portuguesas (UMP). Apenas 35 por cento das peças são de carácter religioso, afirmou um dos responsáveis pelo Gabinete do Património Cultural da UMP, Miguel Loureiro. Este e outros números foram apresentados em Guimarães, na segunda edição do Dia do Património das Misericórdias, a 6 de Maio.


Até ao momento, afirmou Miguel Loureiro, cerca de 25 por cento das Misericórdias já foram inventariadas, mas o objectivo é levar o projecto a todas. Contudo, destacou, “o inventário não é algo que se esgota em si mesmo”. Sendo uma medida fundamenta, não é suficiente, visto que o património cultural deve ser divulgado, estudado e potenciado.


E em jeito de estudo, os números do inventário até agora realizado permite vislumbrar as principais características do espólio das Santas Casas. Apenas 35 por cento das peças têm a ver com arte sacra, relata aquele responsável, destacando também que pintura, mobiliário e escultura são os registos mais frequentes, cerca de 56 por cento do total de peças.


Outro dado interessante está relacionado com equipamento hospitalar. No Norte, ao fim do inventário de 28 Santas Casas, foram encontradas apenas 21 peças. No Alentejo, onde as Misericórdias começaram recentemente a ser inventariadas, já há conhecimento de mais de mil peças.

 

Fonte: União das Misericórdias Portuguesas

publicado por mhp às 23:15
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 26 de Maio de 2011

Governo Regional dos Açores lança Roteiro Cultural sobre Antero de Quental

 

 

Na apresentação pública do Roteiro Cultural – Antero de Quental, realizada na sala de imprensa do Palácio da Conceição, a cargo de Luiz Fagundes Duarte, coordenador científico do projecto “Roteiros Culturais dos Açores – Personalidades”, Jorge Paulus Bruno sublinhou que a criação de produtos identificativos do património cultural açoriano, permite ao Governo Regional convidar locais e visitantes a fazerem parte da história destas ilhas, vivendo-a. Aquele responsável disse que a criação dos Roteiros Culturais dos Açores, em curso por iniciativa do executivo açoriano, representa um compromisso com as comunidades locais no processo de preservação e promoção de lugares e espaços, marcados por personalidades açorianas que construíram a nossa história, elevaram e projectaram os valores culturais da sua terra.


O Roteiro Cultural sobre o poeta, filósofo e pensador Antero de Quental é o primeiro de uma série de projectos idênticos que irão destacar outros vultos da vida açoriana e que levaram os Açores além fronteiras, como, por exemplo, Vitorino Nemésio, já em fase de elaboração, Manuel de Arriaga, Francisco de Lacerda, Dias de Melo, João Correia Rebelo e Ernesto do Canto.

 

Fonte: Correio do  Norte

 

 

publicado por mhp às 10:11
link do post | comentar | favorito

Visita orientada à fragata D. Fernando II e Glória

 

 

 

publicado por mhp às 10:07
link do post | comentar | favorito

Abertura do procedimento de classificação do Santuário do Senhor Jesus da Pedra

O Ministério da Cultura – Instituto de Gestão do Património Arquitectónico e Arqueológico, I. P.,

 

Procede à Abertura do procedimento de classificação do Santuário do Senhor Jesus da Pedra, freguesia de São Pedro de Óbidos, concelho de Óbidos, distrito de Leiria.

 

Anúncio n.º 6933/2011. D.R. n.º 99, Série II de 2011-05-23

publicado por mhp às 10:03
link do post | comentar | favorito

Estabelecimento da zona de protecção na Rua de Cedofeita e na Praça Carlos Alberto

O Ministério da Cultura – Gabinete do Secretário de Estado da Cultura,

 

Fixa a zona especial de protecção do conjunto de edificações na Rua de Cedofeita e topo Norte da Praça de Carlos Alberto, situado no concelho e distrito do Porto, classificado como imóvel de interesse público pelo Decreto n.º 45/93, publicado no Diário da República, 1.ª série-B, n.º 280, de 30 de Novembro de 1993.

 

Portaria n.º 559/2011. D.R. n.º 100, Série II de 2011-05-24

publicado por mhp às 09:55
link do post | comentar | favorito

Barreiro promove «Passeio pelo Património»

A partir de dia 23, e até 27 de Maio estão abertas as inscrições para o próximo Passeio pelo Património, que terá lugar a 29 de Maio com destino à exposição “Cinema em Portugal – os primeiros anos”, patente ao público no Museu da Ciência, em Lisboa. Esta exposição é o resultado de uma parceria entre a Comissão Nacional para as Comemorações do Centenário da República e a Cinemateca Portuguesa onde como o próprio nome indica haverá a oportunidade de conhecer esta Arte em Portugal, a evolução da técnica da tecnologia existente durante a I República, os primeiros filmes, os primeiros estúdios, as primeiras salas, bem como dos actores e actrizes.

 

As inscrições podem ser realizadas no Posto de Turismo, no Mercado Municipal 1º de Maio, Avenida Alfredo da Silva, terça-feira/sábado, 9h30/13h00 e 14h30/18h00, ou através do contacto 21 099 08 37

publicado por mhp às 09:52
link do post | comentar | favorito

Classificação de Imóveis no Distrito de Coimbra

O Ministério da Cultura – Gabinete do Secretário de Estado da Cultura,

Classifica a Capela de Nossa Senhora da Alegria e a Capela de São Pedro, situadas no concelho e distrito de Coimbra e a Casa da família do desembargador Taborda, situada no concelho de Tábua, distrito de Coimbra, como monumentos de interesse público e fixa as respectivas zonas especiais de protecção.

 

Portaria n.º 561/2011. D.R. n.º 101, Série II de 2011-05-25

publicado por mhp às 09:49
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 3 de Maio de 2011

Apresentação Pública do Plano Estratégico para a Conservação e Restauro

4 de Maio, 15h00 

 

O Plano Estratégico para a Conservação e Restauro preconiza a criação do Conselho Regulador da Conservação e Restauro e da  Rede Nacional de Conservação e Restauro (RENACOR). Este plano estruturante permitirá, por um lado, tornar mais transparente a actividade da Conservação e Restauro, definindo competências e estabelecendo critérios de adjudicação e creditação de empresas e indivíduos e, por outro, promoverá a optimização e articulação de recursos humanos especializados, pertencentes a diferentes organismos do Estado bem como o reforço destas infra-estruturas, contribuindo, decisivamente, para uma presença efectiva no território, capaz de garantir o papel do Estado na salvaguarda do Património.


O Plano Estratégico para a área da Conservação e Restauro, da responsabilidade do Ministério da Cultura, será apresentado no Museu Nacional de Arte Antiga, dia 4 de Maio, pelas 15h00, com as presenças, da Senhora Ministra da Cultura, Drª. Gabriela Canavilhas, do Senhor Secretário de Estado da Cultura, Dr. Elísio Summavielle e do Director do Instituto dos Museus e da Conservação, Prof. Dr. João Brigola. 

 

Contacto

Instituto dos Museus e da Conservação
Maria Forjaz | 21 3650872 | 91 3606160

publicado por mhp às 00:30
link do post | comentar | favorito

Ciclo de palestras sobre Património: “Sábados às cinco com…”

 

 

Alexandra Carvalho “Os SIG na gestão do Património Cultural e Natural”, no Centro Cultural de Vila Nova da Barquinha.

7 Maio | 17h

 

 

publicado por mhp às 00:28
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 25 de Abril de 2011

Seminário: "Redes de Museus" 20-21 de Maio em Vila Nova de Famalicão

 

 


A cidade de Vila Nova de Famalicão vai receber, nos próximos dias 20 e 21 de Maio, um seminário sobre redes de museus, que contará com a presença dos melhores especialistas nacionais do sector. O programa, que será divulgado oportunamente, está em fase de conclusão, sabendo-se, desde já, que o encontro, organizado pelo pelouro da Cultura da Câmara Municipal de Famalicão, terá lugar na Casa das Artes e contará a colaboração da Faculdade de Letras da Universidade do Porto.

 

Intitulado “Redes de Museus – Território. Identidade. Património”, o seminário contará com um painel diversificado de especialistas, com destaque para os responsáveis pela Rede Portuguesa de Museus, João Carlos Brigola e Clara Camacho. Destaque ainda para a presença do programador da Capital Europeia de Cultura de 2012 em Guimarães, João Serra, para além de vários académicos, técnicos de museologia e coordenadores científicos de museus.

 

Neste âmbito, os museus da rede museológica de Vila Nova de Famalicão, cujo funcionamento em rede está em fase de implementação, vão também ser objecto de debate, estando prevista a apresentação de um plano de acção para os próximos anos.

 

Os coordenadores dos museus de Vila Nova de Famalicão (Casa-Museu de Camilo, Museu do Surrealismo, Museu Bernardino Machado, todos pertencentes à rede portuguesa de museus, sem esquecer os museus da Indústria Têxtil da Bacia do Ave, os núcleos ferroviários de Lousado e Nine e os museus de Arte Sacra da Lapa e de Antas e o da Cerâmica de Bairro) falarão das suas unidades e dos seus projectos para integrar esta rede.

 

A par das experiências no terreno, os especialistas e técnicos da área, entre os quais Armando Coelho, director dos cursos de mestrado e doutoramento da Universidade do Porto, e o designer Francisco Providência, apresentarão os conhecimentos teóricos mais recentes da museografia contemporânea. O programa detalhado será apresentado oportunamente.



 

Seminário REDE DE MUSEUS
Casa das Artes - 20 e 21 Maio

Organização
Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, Pelouro da Cultura e Turismo
Universidade do Porto, Departamento de Ciências e Técnicas do Património da Faculdade de Letras  

Contactos
E-mail: geral@patrimoniodefamalicao.org
Telefone: 252 320 954


PROGRAMAÇÃO DO SEMINÁRIO

DIA 20 (SEXTA-FEIRA)


09h30 Sessão de abertura
Arq. Armindo Costa, Presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão
Prof. Doutor Armando Coelho, Director do Departamento de Ciências e Técnicas do Património, da Faculdade de Letras da Universidade do Porto
Arqª. Paula Silva, Directora Regional de Cultura do Norte 

10h00 O Castro das Eiras e a Rede de Castros do Noroeste Peninsular” 
Prof. Doutor Armando Coelho, Coordenador Científico do Gabinete de Arqueologia da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão 
Dr. Paulo Costa Pinto, Doutorando de Museologia, Membro da Comissão Coordenadora da Rede de Castros do Noroeste, Investigador do CITCEM

Intervalo

11h00 O Programa Museológico dos Núcleos da Fundação Museu Nacional Ferroviário: o caso de Lousado e Nine
Prof. Doutor Jorge Custódio, Director do Museu Nacional Ferroviário 

11h30 O Museu da Indústria Têxtil da Bacia do Ave: um museu para um território” 
Prof. Doutor José Manuel Lopes Cordeiro, Coordenador Científico do Museu da Industria Têxtil da Bacia do Ave.

12h00 O Museu da Guerra Colonial – Arquivo de Memória Histórica
Dr. José Manuel Lages, Director Científico do Museu da Guerra Colonial 

12h00“O Museu da Guerra Colonial e os Museus Militares
Drª Mariana Jacob, Mestranda em Museologia, Faculdade de Letras da Universidade do Porto


12h30 Debate

Intervalo para almoço

14h30 “O Centro de Estudos do Surrealismo e a Rede de Centros de Arte Contemporânea
Dr. António Gonçalves, Director Artístico da Fundação Cupertino de Miranda

15h00 “Museus de Arte Religiosa – para que servem?” 
Dr. A. Martins Vieira, Coordenador Científico dos Museus de Arte Sacra da Lapa e de Antas

15h00 “Museus de Arte Sacra e o Turismo Religioso.”
Dr. Varico Pereira, Licenciado e Mestre em Turismo, Universidade de Trás-os-Montes, Director-Técnico da Turel

15h30 O Museu de Cerâmica da Fundação Castro Alves – Escola / Oficina
Dr. Manuel Boaventura, Presidente do Conselho de Administração da Fundação Castro Alves
Manuela Granja, Administradora e Coordenadora do Museu de Cerâmica da Fundação Castro Alves

Intervalo
    
16h30 As Casas de Camilo e de Rosalia: embrião de uma associação europeia de casas de escritor?” 
Dr. José Manuel Oliveira, Coordenador Técnico do Centro de Estudos Camilianos

17h00 A importância que espaços e pessoas tiveram na criação de obras de Camilo Castelo Branco – bases para um Itinerário Camiliano
Drª Fátima Castro, Investigadora

17h30 O Museu Bernardino Machado e a sua Inter-nacionalização” 
Prof. Doutor Norberto Cunha, Coordenador Científico do Museu Bernardino Machado

18h00 Debate 


DIA 21 (SÁBADO)

09h30 Gestão Integrada do Património Cultural no Concelho de Vila Nova de Famalicão – O caso prático da Freguesia de Gondifelos
Dr. Nelson Pereira, Técnico Superior da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão 
Dr. Paulo Correia, Mestrando em História e Património - Faculdade de Letras da Universidade do Porto

10h00 Exposições e Comunicação em Museus” 
Arq. Inês Moreira, Prof. Universidade do Porto

10h30  Conservação e Museus
Dr. Carlos Mota, Conservador do Museu do Douro

Intervalo

11h15 Museografia e Designer
Dr. Francisco Providência, Designer

11h45 Debate

Intervalo para almoço

14h30 Instituto dos Museus e da Conservação IMC
Dr. João Carlos Brigola,  Presidente do IMC
Drª Isabel Victor, Directora do Departamento dos Museus do IMC

15h15 Redes de Museus: Aspectos organizativos” 
Drª Clara Camacho, Doutoranda em Museologia

15h45 “A Rede de Museus do Algarve” 
Dr. Jorge Queirós, Director do Departamento de Cultura da Câmara Municipal de Tavira

Intervalo

16h30 Museus de Famalicão – Rede Museológica Municipal
Dr. Artur Sá da Costa, Coordenador do Projecto - Rede Museológica Municipal 

16h45 “Um guia para a rede museológica municipal – O caso de Peniche
Prof. Doutor João Serra, Professor Coordenador do Instituto Politécnico de Leiria e Administrador (com o pelouro da Programação) de Guimarães 2012, Capital Europeia da Cultura 

17h15 Debate

18h00 Sessão de encerramento
Dr. Paulo Cunha, Vereador da Cultura e Turismo

 

 

publicado por mhp às 11:14
link do post | comentar | favorito

II Conferência Nacional sobre Segurança do Património

A Agência INOVA|CultDigest, promove em Lisboa, no dia 5 de Maio, a conferência:

 

SEGURANÇA DO PATRIMÓNIO: A FALSIFICAÇÃO E TRÁFEGO ILÍCITO DE OBRAS DE ARTE

 

Museu da Marioneta | 5 de Maio | Lisboa

 

Para mais informações: http://www.cultdigest.pt

publicado por mhp às 11:07
link do post | comentar | favorito

Turismo: Alentejo considera “urgente” alteração da gestão do património cultural

O presidente da Entidade Regional Turismo do Alentejo considera “urgente” a alteração do modelo de gestão do património cultural na região, sugerindo, entre outras medidas, que a gestão seja entregue a agentes e estruturas privadas.
(…)
Esta é uma das conclusões que o presidente da Turismo do Alentejo retirou do Congresso Internacional “Alentejo: Património do Tempo”, que decorreu este fim-de-semana em Portalegre. Para desenvolver uma acção “concertada” em redor do património cultural, a Turismo do Alentejo quer reunir os agentes que detenham património, entre os quais as autarquias, Estado, dioceses, paróquias, entre outros, no sentido de criar uma “estrutura” onde sejam discutidos os aspectos da fruição do património.
“Tem que haver abertura para que a gestão do património possa ser entregue a privados” defendeu.
Ceia da Silva deu como exemplo “significativo” e “positivo” o trabalho desenvolvido pelas Pousadas de Portugal há várias décadas, na recuperação de um vasto conjunto de imóveis, defendendo ainda que a entrega desse património a privados poderá ser a “forma de ocupação” de muitos jovens.

 

Fonte: JN de 19.05.2011
publicado por mhp às 11:06
link do post | comentar | favorito

MC e Misericórdias incentivam preservação das igrejas

O Ministério da Cultura e a União das Misericórdias Portuguesas assumiram hoje o compromisso de, em conjunto, ajudarem à formação de mil voluntários para preservação das igrejas que integram as 400 Misericórdias do país. A iniciativa, acordada através de um protocolo celebrado hoje pelas duas entidades, é, para a ministra da Cultura, Gabriela Canavilhas, uma ação “muito importante”.
(…)
“O trabalho do Ministério da Cultura só é eficaz quando é feito com as instituições, e esta particularmente com as Misericórdias, é tão nobre, porque tem sabido preservar e partilhar este património com os cidadãos”, afirmou Gabriela Canavilhas.
A ministra sublinhou ainda que em 2010 foram contabilizados 152 voluntários distribuídos pelos equipamentos culturais a trabalhar a favor do património e considerou que a atual situação política impede a concretização de outros projetos culturais.
(…)
“Viver o Património das Misericórdias” é um projeto desenvolvido no âmbito do Ano Europeu do Voluntariado e que visa a mobilização de voluntários, num contributo à abertura ao público das Igrejas das Misericórdias, manutenção do património edificado e realização

 

Fonte: LUSA

 

publicado por mhp às 11:02
link do post | comentar | favorito

Debate: “Políticas de Património Cultural. Balanço recente. Perspectiva histórica”

 

 

 

publicado por mhp às 10:59
link do post | comentar | favorito

III Seminário Internacional de Turismo de Saúde e Bem-Estar no Porto

 

 

 

publicado por mhp às 10:57
link do post | comentar | favorito

Congresso “O Porto Romântico”

 

 

 Dias 29 e 30 de Abril, campus Foz – Universidade Católica Portuguesa

 

Organizado pelo Centro de Investigação em Ciência e Tecnologia das Artes (CITAR) da Escola das Artes da UCP. 

 

O Porto do Romantismo viveu um dos mais efervescentes períodos da sua História, com profundas alterações a nível económico, das mentalidades e da vida pública e privada. Este congresso pretende analisar, numa perspectiva global, a vida da urbe portuense e do seu termo entre cerca de 1830/1840 e os primeiros tempos do século XX, abarcando as várias expressões de um tardo-romantismo.


O congresso, com a duração de dois dias, organiza-se em torno de quatro grandes secções:Estudos Políticos e Institucionais / Estudos Histórico-Artísticos / Estudos Culturais e Musicais / Estudos Económicos e Sociais, contando com a participação de alguns dos maiores especialistas deste período, nos seus vários domínios, incluindo dois convidados estrangeiros, que focarão aspectos da vida do Romantismo em cidades como Cádiz e São Paulo.

 

Para consultar programa do congresso: http://www.porto.ucp.pt/site/custom/template/ucptplpag.asp?SSPAGEID=284&lang=1&artigoID=2922 

 

Contacto: pfontes@porto.ucp.pt

 

 

publicado por mhp às 10:55
link do post | comentar | favorito

V Caminhada pela História

 

 

A Câmara Municipal de Belmonte organiza, no dia 1 de Maio de 2011, a V Caminhada pela História, com a qual pretende sensibilizar todos os participantes para o património do Concelho, aliando a História à prática de desporto.


Este ano, a Caminhada irá decorrer na freguesia de Caria, num percurso com cerca de 14Km, no qual se pretende visitar vários monumentos e sítios históricos de diferentes épocas cronológicas – Casa da Torre, Igreja Matriz, Casa da Roda, Casa Etnográfica, entre outros.
A Caminhada terá início na Casa da Torre às 9h30.

 

Inscrições gratuitas até dia 27 de Abril de 2011 no Gabinete de Arqueologia e Património da Câmara Municipal de Belmonte ou pelo telf: 275910010, fax: 275910019, email:cmbelmonte@mail.telepac.pt.

 

 

publicado por mhp às 10:53
link do post | comentar | favorito
Sábado, 9 de Abril de 2011

Breves Notícias

Conferência InterRegional debate preservação do artesanato e património cultural europeu

 

O Município de Alcobaça recebe, nos dias 6 e 7 de Abril, a 2.ª Conferência InterRegional do Projecto de Cooperação do Fundo de Desenvolvimento Europeu, apresentando o programa CeRamICa Plus, composto por um Ciclo de Conferências e pela Exposição “Cerâmica em Alcobaça: 1875 até ao Presente”, que estará patente ao público até 6 de Maio, na Galeria de Exposições temporárias do Mosteiro de Alcobaça. O grande objectivo desta conferência passa pela preservação do artesanato e do património cultural Europeu. O debate público foca-se em temáticas como as melhores práticas nos campos da cooperação, clustering, design, marketing e inovação, bem como da educação e da formação.

 

 

Monumentos do IGESPAR comemoram Dia Internacional dos Monumentos e Sítios

 

O IGESPAR promove um conjunto de actividades a decorrer nos seus monumentos, no âmbito das comemorações do Dia Internacional dos Monumentos e Sítios.

Consulte o programa em :http://www.igespar.pt/pt/news/9/1976/

 

 

Ministério da Cultura nega redução de entradas gratuitas em museus e palácios ao domingo

 

A redução das entradas gratuitas nos museus e nos palácios a um domingo por mês não passa de uma proposta do Instituto dos Museus e da Conservação (IMC) que nunca foi discutida pela ministra da Cultura.

 

“O Ministério da Cultura refuta qualquer intenção de alterar a política de entradas livres aos visitantes dos museus portugueses”, garantiu hoje o ministério de Gabriela Canavilhas num comunicado enviado ao fim da tarde para a Lusa.


Canavilhas refutou, assim, as declarações feitas esta terça-feira pelo director do IMC, João Brigola, que dizia estar a ser discutida a possibilidade de alterar o actual esquema de gratuitidade nos 34 museus e palácios que tutela – actualmente a entrada aos domingos é livre – já a partir de Junho.


Foi num encontro no Palácio Nacional de Queluz, em que foram apresentadas as estatísticas de visitantes de museus e palácios, que Brigola defendeu a limitação das entradas grátis a um domingo por mês e a alteração do plano de descontos de que usufruem alguns profissionais.


“Na situação em que estamos, o país não se pode dar ao luxo de ter níveis tão elevados de gratuitidade”, disse Brigola na terça-feira, sublinhando que 61 por cento dos visitantes de museus e palácios não pagaram entrada em 2010.


Hoje, o director do IMC voltou a afirmar ao PÚBLICO por telefone a “necessidade absoluta” de aumentar as receitas e classificou o comunicado do Ministério da Cultura (MC) como um “esclarecimento”: “Não é, de todo, um desmentido. Eu nunca disse que a decisão estava tomada, disse apenas que a diminuição estava a ser debatida.”


No comunicado, no entanto, é dito que “o assunto nunca foi discutido” com Canavilhas. Brigola acrescenta: “O debate tem acontecido no âmbito da secretaria de Estado, a tutela directa do instituto de museus. A ministra da Cultura não participou dele.”

 

Fonte: Público, 06/04/2011

 

 

 

publicado por mhp às 09:00
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 7 de Abril de 2011

Universidade da Beira Interior integra projecto de levantamento do património

A Beira Interior vai ter um levantamento rigoroso do património existente em 23 concelhos, com vista à sua promoção e requalificação, anunciou  António Pedro Pita, diretor regional de Cultura do Centro.


Aquele responsável falava na Covilhã na assinatura de um protocolo entre as autarquias, a direção regional e a Universidade da Beira Interior para realização do Plano Estratégico para o Património da Beira Interior.


O plano servirá para “passar à ação, porque a identificação do património e das carências está feita, mas não há uma estratégia global de intervenção: passámos tempo demais com intervenções casuísticas”, realçou.

publicado por mhp às 19:39
link do post | comentar | favorito

Comboios em Linha: Revista de História, Património e Museologia Ferroviária

Comboios em Linha: Revista de História, Património e Museologia Ferroviária.

 

A Fundação Museu Nacional Ferroviária lançou no dia 31 de Março de 2011, a “Comboios em Linha” – Revista de História, Património e Museologia Ferroviária.

 

Disponível a partir de hoje, a revista Comboios em Linha é uma publicação semestral, de âmbito cultural, relacionada com os caminhos-de-ferro, a sua história e a museologia ferroviária de nova geração, completando-se desta forma o universo do plano editorial na área da ferrovia e contribuindo assim para a sua melhor divulgação a um nível nacional e internacional.

 

Comboios em Linha está à venda nas Lojas do Museu Nacional Ferroviário de Arco de Baúlhe, Entroncamento, Lousado e Macinhata do Vouga, assim como na Livraria do El Corte Inglês, na Livraria TABAK do Centro Comercial das Telheiras e na Loja do Instituto dos Museus e Conservação na Praça dos Restauradores.

 
publicado por mhp às 19:26
link do post | comentar | favorito

Google Street View permite ver monumentos históricos em detalhe

A "Google Street View" anunciou, esta quarta-feira, o lançamento de uma iniciativa que mostra em detalhe vários monumentos históricos.

 

Numa primeira fase, o novo recurso da "Google Maps" apenas permite ao utilizador visitar monumentos de Itália e da França e conhecer de perto locais emblemáticos como o Coliseu de Roma ou dar um passeio virtual pelos jardins do Palácio de Fontainebleu.

 

Recentemente, a aplicação "Google Street View" lançou uma actualização do sistema que permitiu aos seus utilizadores desfrutar de novas paisagens naturais obtidas através de veículos alternativos, como bicicletas ou trenós. Depois desta novidade, a Google pretende, agora, divulgar o património histórico mundial.

 

O projecto começou apenas com alguns lugares destacados de Itália e da França mas no futuro pretende incluir outros locais, tendo sempre como referência os espaços nomeados como património da UNESCO.

 

Roma é uma das cidades com maior destaque na nova aplicação lançada pela Google. Se anteriormente o serviço apenas permitia a observação do exterior do Coliseu romano, o "Street View" oferece agora a possibilidade de conhecer o próprio monumento e de ver as diferentes perspectivas do seu interior.

 

Em Florença, outra cidade italiana contemplada, é possível ver em detalhe a fachada da Catedral de Santa Maria das Flores.

 

Já em França, a nova aplicação permite fazer uma visita virtual aos jardins do Palácio de Fontainebleau, conhecer as suas estátuas e fontes bem como observar de perto o tipo de construção do edifício.

 

A nova característica do "Google Street View" amplia os horizontes do serviço, que pode ser utilizado para fins educativos e para investigação do património artístico e histórico.

 

Fonte: Jornal de Noticias de 30.03.2011

publicado por mhp às 19:22
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 5 de Abril de 2011

1.º Congresso de História e Património da Alta Estremadura

O Centro do Património da Estremadura (CEPAE) e a Câmara Municipal de Ourém vão coordenar a organização do 1.º Congresso de História e Património da Alta Estremadura. A área geográfica abrangida pelas comunicações é o Distrito de Leiria e o Concelho de Ourém.


Em termos temáticos, comporta as seguintes secções:
     * Arqueologia

     * História

     * História da Arte

     * Património Cultural

     * Património Natural 

 

Comunicações: A submissão de propostas de comunicação é gratuita e deve ser feita para o e-mail congressoaltaestremadura@gmail.com até 31 de Julho de 2011, contendo os seguintes dados:

     * Nome | Morada | Telef./Telem. | E-mail | Habilitações académicas | Profissão | Instituição

     * Título da comunicação

     * Resumo da comunicação (até 300 palavras)

 

 Para mais informações: http://www.alta-estremadura.net/

publicado por mhp às 19:05
link do post | comentar | favorito

Conferência “Museologia, Imagens e Património: compreensão, conservação e partilha”

O Departamento de Ciências Sociais tem o prazer de vos convidar para a conferência “Museologia, Imagens e Património: compreensão, conservação e partilha” pelo Dr. José Pessoa a realizar, sexta-feira dia 8 de Abril às 11.00 h no Auditório da ESEB.

publicado por mhp às 19:03
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 4 de Abril de 2011

Património em Construção. Contextos para a sua preservação.

Em 2011 cumprem-se 100 anos sobre a publicação da Lei de Reorganização dos Serviços Artísticos e Arqueológicos da 1ª República (Maio de 1911). Este diploma constitui uma referência incontornável na definição do enquadramento do conceito de património, que vai influenciar toda a
prática de preservação em Portugal. Passam, também, no ano em curso os 80 anos da Carta de Atenas (Outubro de 1931), um marco histórico na produção de documentos orientadores de cariz internacional, que irá incentivar a produção de novas cartas e outros documentos internacionais que, em larga medida, definem e sustentam as actuais práticas de preservação do património. O simpósio pretende reflectir sobre estes acontecimentos pioneiros, enquadrando-os nos seus períodos e contextos históricos, como forma de melhor entender a preservação e salvaguarda do património nos dias de hoje, perante novos desafios e exigências. Para além dos contextos históricos, importa analisar as práticas concretas de intervenção, em todas as suas vertentes, desde os conceitos que as enformam, até às justificações e suportes técnicos, científicos e operacionais que as suportam.

 

Ver Programa em: http://www.igespar.pt/media/docs/2011/03/04/patrimonio_1911_folheto.pdf

publicado por mhp às 23:37
link do post | comentar | favorito
Domingo, 3 de Abril de 2011

I Fórum Nacional das ONG’s do Património

I Fórum Nacional das ONG’s do Património: uma estratégia para o século XXI.

 

9 3 10 de Abril | Óbidos

 

Para mais informações: http://www.ahp-aldeiashistoricasdeportugal.com/i-forum-nacional-das-ongs-do-patrimonio

publicado por mhp às 11:17
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 30 de Março de 2011

Prémios Museums & Heritage 2010: lista de nomeados

Categoria: Campanha de Marketing

 

Museum of London: Galleries of modern London
People’s History Museum: Re-branding of the People’s History Museum
Historic Royal Palaces: Enchanted Palace, Kensington Palace
The British Library: Evolving English: One language, many voices
Tyne & Wear Museums: The Late Shows
SS Great Britain: 40th Homecoming Anniversary/Lets Celebrate

 

 

Categoria: Exposição permanente

 

People’s History Museum: The New Main Galleries – Peoples History Museum
Imperial War Museum: The Lord Ashcroft Gallery: Extraordinary Heroes
The Bowes Museum: Fashion & Textile Gallery
Museum of London: Galleries of Modern London
Scott Polar Research Institute: The Polar Museum: Promoting Britain’s Polar Heritage
Event Communications: The Robert Burns Birthplace Museum

 

 

Categoria: Exposição Temporária

 

Drinkall Dean LLP: Diaghilev & The Golden Age of The Ballets:
Russes 1902 – 1929
National Museums Liverpool: Plantastic!
Beck Interiors Ltd: 1001 Inventions
Imperial War Museum North: Shaped by War, Photographs by Don McCullin
The British Library: Evolving English: One language, many voices

 

 

Categoria: Actividades Educativas

 

LAARC: Visitor Inclusion Project
Dulwich Picture Gallery: Good Times: Art for Older People
The British Museum: Young Explorers
Museums Galleries Scotland: Remembering Scotland At War
Barleylands Farm Museum: Barleylands Education Programme
Tate Gallery: The Tate Movie Project

 

 

Categoria: Projecto com orçamento reduzido

 

Wigan Leisure & Culture Trust: The Museum of Wigan Life
Coventry Transport Museum: Ghost Town?
National Maritime Museum Cornwall: 150 years of the docks
Discover Children’s Story Centre: Facing Forward
South London Art Gallery: The Expansion of the South London Gallery

 

 

Categoria: Inovação

 

Wallace Collection: Bringing Music back into the Galleries
GR/DD: The Carbon Cycle’ For the Science Museum
Science Museum: Antenna Science News
Natural History Museum: Who do you think you really are?
Historic Royal Palaces: Henry VIII’s Tapestries Revealed
Acoustiguide: Monet 1840-1926 APP

 

 

Categoria: Troféu Winstan Bon

 

Historic Royal Palaces: The Enchanted Palace, Kensington Palace
Coventry Transport Museum: Conferencing
Chelmsford Borough Council: Chelmsford Museum & The Essex Regiment Musuem
Glasgow School of Art Enterprises Ltd: The Glasgow School of

 

 

Categoria: Prémio Clássico

 

Shropshire Museum Service: Acton Scott Historic Working Farm
Lakeland Arts Trust: Blackwell, The Arts & Crafts House
National Museums Liverpool: Meryside Maritime Museum
Mostyn: Mostyn Gallery Expansion
Kilmartin House Trust: Kilmartin House Museum
Science Museum: Wellcome Wing Redevelopment

 

 

Categoria: Prémio Internacional

 

BRC Imagination Arts: Exloration Space: Explorers Wanted
Studio Adrien Gardere: The Museum of Islamic Art – Cairo – Egypt
Martello Media Ltd: Glasnevin Museum, Dublin
Beck Interiors Ltd: National Charter Monument Bahrain

 

 

Categoria: Restauro e Conservação

 

Grapevine PR: Farnham Castle: Keep Restoration
Coniston Ltd & Leighton House Museum: Closer to Home – Leighton House
Feilden Clegg Bradley Studios: Valence House
Camlin Lonsdale Landscape Architects: Bury Mount and the Watermeadows
Westminster Abbey: Conservation of Westminster Cosmati Pavement

 

Os vencedores serão conhecidos no próximo dia 11 de Maio.

 

Para mais informações: http://www.museumsandheritage.com/awards

publicado por mhp às 19:11
link do post | comentar | favorito

Cidades europeias "de cultura e património" reúnem em Tavira

 

 

A Alliance des Villes Europeénes de Culture (AVEC), associação constituída por várias cidades “de cultura e património”, realiza, dias 1 e 2 de abril, a sua assembleia geral, na Pousada do Convento de Nossa Senhora da Graça, em Tavira.

A associação organiza, igualmente, a 31 de março e 1 de abril, no período da manhã, um ateliê dedicado a questões de financiamentos e programas europeus.

Em 1997, as cidades Pecs (Hungria), Tours (França), Olomuc (República Checa), Toledo (Espanha) e Cosenza (Itália) fundaram esta associação. A estas juntaram-se dezenas de outras cidades, algumas classificadas como património mundial pela UNESCO. Actualmente, esta rede europeia é constituída por 36 cidades de cultura e património. Fazem parte da AVEC cinco cidades e vilas portuguesas, como é o caso de Évora, que preside à associação, Santarém, Tavira, Mértola e Idanha-a-Nova.
 
Para mais informações:  http://www.avecnet.net/

 

 

publicado por mhp às 19:06
link do post | comentar | favorito
Sábado, 26 de Março de 2011

“Anuário da Conservação do Património 2011″

 

 

O Anuário da Conservação do Património 2011, editado pelo GECoRPA em parceria com o Canto Redondo – Edição e Produção, terá como enfoque principal as “Boas Práticas de Conservação e Restauro do Património Arquitectónico” e incluirá as empresas e organizações públicas e privadas que, a nível regional e nacional, actuam nas seguintes áreas: projecto, fiscalização e consultoria; levantamento, inspecções e ensaios; conservação e restauro; serviços; produtos; equipamentos e salvaguarda do Património.


O Anuário, com data de publicação prevista para Junho de 2011, será composto por duas partes: um dossiê com artigos técnicos e estudos de caso sobre o tema, previamente avaliados por uma comissão de arbitragem científica constituída para o efeito; e uma segunda parte, com listagens detalhadas das empresas e entidades que actuam no sector da reabilitação do edificado e da conservação e restauro do Património Arquitectónico.

 

O prazo de entrega para os artigos é 25 de Abril de 2011. As propostas devem ser enviadas para conservacao@anuariodopatrimonio.com.

 

Para mais informações: http://www.anuariodopatrimonio.com/

 

 

 

 

publicado por mhp às 11:34
link do post | comentar | favorito

Encontro de História Local “Memórias do Território 2011

 

 

Memórias do Território 2011 (Museu das Terras de Basto, 18 e 19 de Maio)


Com o título Memórias do Território 201,1 vai realizar-se no Museu das Terras de Basto (Núcleo Ferroviário de Arco de Baúlhe) um primeiro Encontro de História Local no qual se pretende dar a conhecer o território em que se insere o Município de Cabeceiras de Basto.


O ciclo de conferências Memórias do Território desdobra-se em dois dias, 19 e 20 de Maio, sendo o primeiro dia de conferências (cinco no total) e o segundo de visita ao património de Cabeceiras de Basto.

 

A inscrição é gratuita


Enviar inscrições para email: museu.cabeceiras@mail.telepac.pt

 

Para mais informações: http://museuterrasbasto.wordpress.com/

 

 

publicado por mhp às 11:31
link do post | comentar | favorito

Instituto Andaluz do Património Histórico disponibiliza online recomendações técnicas para a documentação gráfica do Património Cultural

O Instituto Andaluz do Património Histório disponibiliza online um conjunto de recomendações técnicas para a documentação gráfica do Património Cultural.

 

Para mais informações:
www.juntadeandalucia.es/cultura/iaph/nav/navegacion.jsp?seccion=SERVICIOS&entrada=/portal/Servicios/BibliotecaFototeca/Fototeca/Documentacion/

publicado por mhp às 11:29
link do post | comentar | favorito

Conferência: "Segurança do Património - A Falsificação e Trafico Ilícito de Obras de Arte"

A Agência INOVA|CultDigest, promove em Lisboa, no dia 5 de Maio, a conferência SEGURANÇA DO PATRIMÓNIO: A FALSIFICAÇÃO E TRÁFEGO ILÍCITO DE OBRAS DE ARTE.

 

A sessão terá lugar no Museu da Marioneta, em Lisboa.

 

Para mais informações: cultdigest@cultdigest.pt ou www.cultdigest.pt

 
publicado por mhp às 10:37
link do post | comentar | favorito

Inventário do Património: Lançamento de Novas Publicações do Instituto dos Museus e da Conservação (IMC)

 

 

Dando continuidade à publicação sistemática de cadernos de Normas de Inventário, iniciada em 1999, o IMC acaba de lançar três novos títulos desta coleção: Ciência e Técnica (Normas Gerais)Ourivesaria e Instrumentos Musicais.


O volume dedicado à Ciência e Técnica resulta de uma parceria estabelecida entre o IMC e o Instituto de Investigação Científica Tropical, assumindo-se como o primeiro normativo e difusor de boas práticas na área do inventário e da documentação de coleções museológicas externas à realidade dos museus e palácios nacionais do Ministério da Cultura. Esta abertura a diferentes áreas disciplinares tem igualmente correspondência na recente versão 3.0 doPrograma MATRIZ, ampliado para as coleções científico-tecnológicas e de História Natural.


Ourivesaria e Instrumentos Musicais são mais dois títulos específicos para inventariação de coleções artísticas, o primeiro elaborado conjuntamente pelo Palácio Nacional da Ajuda-Museu e pelo Museu Nacional de Machado de Castro, com a colaboração do gemólogo Rui Galopim de Carvalho, e o segundo da responsabilidade do Museu da Música.


Estas publicações poderão ser encontradas à venda nas lojas dos museus e palácios nacionais, bem como na Loja dos Museus, sita na Praça dos Restauradores, em Lisboa.

 

 

publicado por mhp às 10:35
link do post | comentar | favorito

Seminário MSML, Percurso de um Fundo Monástico – Do Mosteiro de Lorvão ao Ciberespaço

 

 

Seminário MSML, Percurso de um Fundo Monástico – Do Mosteiro de Lorvão ao Ciberespaço, uma organização do IEM/GI Imagem e Texto Medievais que terá lugar no próximo dia 31 de Março de 2011, no  Arquivo da Universidade de Coimbra e no Mosteiro de Lorvão. 


Entrada: Livre – Inscrição obrigatória (Transporte Coimbra-Lorvão/Lorvão Coimbra incluído)


Nota: Para participar, é necessário o preenchimento do formulário de inscrição (disponível em baixo), e o seu envio, até ao dia 25 de Março, para o seguinte endereço de e-mail: med@fcsh.unl.pt.


Informaçõeshttp://iem.fcsh.unl.pt/organizar/seminarios/lorvao e inscrições:http://seminariomsml2011.wufoo.com/forms/seminario/

 

 

 

publicado por mhp às 10:33
link do post | comentar | favorito

Aquisição pelo Estado de parte dos bens imobiliários do Mosteiro de Rendufe em mãos privadas, Amares

 

 

Num processo já longo demais, com graves, senão irremediáveis, consequências para a preservação do património histórico do País, a recuperação do Mosteiro de Rendufe, localizado em Rendufe, Amares, tinha como uma das suas vertentes a aquisição pelo Estado de parte dos bens imobiliários do Mosteiro de Rendufe, que eram propriedade privada.


A questão esteve definida anos atrás, com um acordo celebrado entre o proprietário e o Estado, acordo que o Estado não cumpriu, o que conduziu o problema a instâncias judiciais.


Ao abrigo das disposições constitucionais e regimentais aplicáveis, solicito ao Governo que, por intermédio da Ministro das Finanças me sejam prestados os seguintes esclarecimentos:


1. Qual o ponto da situação sobre a aquisição pelo Estado dos referidos bens imobiliários?
2. Está em consideração pelo Ministério da Cultura o reinício do Projecto de recuperação do Mosteiro em 2012? (Recordo que o Mosteiro teve um Projecto de Recuperação aprovado, com a participação de fundos comunitários, e que por motivos ainda hoje desconhecidos, não foi concretizado). Vai o Projecto ser inscrito no Plano de Investimentos do Ministério da Cultura do próximo Orçamento do Estado?

 

Fonte: PCP, 22/03/2011

 

 

 

publicado por mhp às 10:28
link do post | comentar | favorito

Premios SOS Azulejo 2010 – abertura de candidaturas

As Entidades Parceiras do Projecto ‘SOS Azulejo’ instituíram Prémios de Protecção e Valorização do Património Azulejar português (e/ou de origem/tradição portuguesa) designados ‘Prémios ‘SOS Azulejo’’, cuja atribuição é anual e se rege pelo REGULAMENTO que pode consultar AQUI.

 

Os Prémios SOS Azulejo têm por objectivos:

 

- Reconhecer, valorizar, dar visibilidade e fomentar acções de protecção e valorização do património azulejar português e/ou de origem/tradição portuguesa;
- Contribuir directa e indirectamente para a segurança, a conservação e o restauro certificados, o estudo, o usufruto e a divulgação adequados do património azulejar português e/ou de origem/tradição portuguesa;
- Reforçar e incentivar a ligação e o orgulho das populações e das instituições em território português pelo seu património azulejar e/ou, noutros países, pelo seu património azulejar de origem/tradição portuguesa;

- Encorajar e apoiar projectos, estudos e acções de qualidade que aproveitem, valorizem e dinamizem o potencial do património azulejar português.

 

Os Prémios ‘SOS Azulejo’ 2010 dirigem-se a um largo espectro de sectores de actividades e destinam-se a galardoar os melhores trabalhos, projectos, estudos, contributos, obras e acções de protecção e valorização do património azulejar português e/ou de origem/tradição portuguesa, a título individual, institucional ou colectivo desenvolvidos até 2010 (inclusive).

 

Envio de Candidaturas até 30 de Abril de 2011 (marca de correio), seguindo as normas do REGULAMENTO respectivo. Os prémios são simbólicos, traduzindo-se na entrega de Diplomas.

publicado por mhp às 10:26
link do post | comentar | favorito

Conferência internacional: TICCIH 2011 “Paisaje y Patrimonio Cultural del vino y de otras bebidas psicotrópicas”

 

 

Entre os dias 12 e 15 de Abril, decorrerá a Conferência internacional: TICCIH 2011 “Paisaje y Patrimonio Cultural del vino y de otras bebidas psicotrópicas”, na cidade de Valência, Espanha.

 

Para mais informações consultar o seguinte site: http://www.ivcr.es/ivcr.htm

 

 

 

publicado por mhp às 10:20
link do post | comentar | favorito

Visitas “Estaleiro-Aberto” GECoRPA : Palácio da Bolsa, Porto e Igreja românica de S. Martinho de Balugães

O GECoRPA organiza duas visitas “Estaleiro-Aberto”, destinadas a possibilitar um conhecimento pormenorizado de obras de conservação e restauro em curso em edifícios ou monumentos do nosso país:

 

Empreitada de Reabilitação do Palácio da Bolsa, Porto – 2.ª Fase - Igreja românica de S. Martinho de Balugães


À semelhança das anteriores, estas visitas apostam numa forte componente técnica, que estará a cargo dos responsáveis pelas intervenções de conservação e restauro visitadas. Há possibilidade de observar in loco, as diferentes características da obra. Será distribuída aos participantes documentação apropriada sobre o que será visitado.

 

Mais informação e ficha de inscrição no folheto anexo. As visitas têm inscrições limitadas e será tomada em conta a ordem de chegada das inscrições.

 

GECoRPA
Tel.: 213 542 336
Fax: 213 157 996

www.gecorpa.pt

info@gecorpa.pt

 
publicado por mhp às 10:17
link do post | comentar | favorito
Sábado, 19 de Março de 2011

Rota Europeia dos Cemitérios criada pelo Conselho da Europa

A Rota dos Cemitérios constitui uma iniciativa do Conselho Europeu – Programa de Circuitos Culturais, e engloba 54 cemitérios, espalhados por 18 países, incluindo Portugal, na cidade do Porto.


Esta iniciativa foi promovida por Maria Luisa de Yzaguirre, presidente da Associação de Cemitérios Significativos da Europa (ASCE).


Alguns dos cemitérios europeus são pólos turísticos muito atractivos, inclusive pelos famosos que lá estão sepultados. Por exemplo, em Paris, no Cemitério Père Lachaise, estão sepultados Edith Piaph, Oscar Wilde e Marcel Proust.

 

Para mais informações:
http://www.culture-routes.lu/php/fo_index.php?lng=en&dest=bd_pa_det&rub=89

publicado por mhp às 01:12
link do post | comentar | favorito

Moçambique vai acolher um Centro de Gestão do Património Cultural dos PALOP

Moçambique vai acolher, com o apoio da UNESCO, a sede do Centro de Gestão do Património Cultural dos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (CGPCP), um centro destinado à formação de quadros na área de promoção e gestão do património mundial. A troca de informação e de experiências na área da investigação e conservação, assim como a transferência de conhecimentos na área das tecnologias para estes campos de intervenção patrimonial, são outros dos propósitos deste centro.


Este centro pretende ser uma referência na preservação, gestão e promoção do património cultural, de modo que Moçambique, Angola, Cabo-Verde, Guiné-Bissau e São Tomé e Príncipe possam concorrer, em termos de assinatura de bens na Lista do Património Mundial, com os países africanos de expressão inglesa e francesa.


Esta instituição irá funcionar no Instituto Nacional do Património Cultural sobe a alçada do Ministério da Cultura.


Fonte: Notícias Sapo MZ

publicado por mhp às 01:10
link do post | comentar | favorito

XIV Seminário Internacional de Arte Pré-Histórica

Nos dias 12 e 13 de Abril, irá ter lugar o  XIV Seminário Internacional de Arte Pré-Histórica, com o tema “Paisagem na Arte Rupestre”, no Museu de Arte Pré-Histórica de Mação.

 

Contacto: Museu de Arte Pré-Histórica de Mação. Tel.: 241 571 477

publicado por mhp às 00:56
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 14 de Março de 2011

Criação do Côa Parque - Fundação para a Salvaguarda e Valorização do Vale do Côa

Foi publicado, em Diário da República (Decreto-Lei nº 35/2011 de 8 de Março), o diploma que institui o Côa Parque – Fundação para a Salvaguarda e Valorização do Vale do Côa.

 

Vale do Côa

Vale do Côa

 

Integrando, como membros fundadores, o IGESPAR, IP, a Entidade Regional de Turismo do Douro, a Administração da Região Hidrográfica do Norte, IP, o município do Vale do Côa e a Associação de Municípios do Vale do Côa, esta fundação pública com regime de direito privado tem como fim a salvaguarda, conservação, investigação, divulgação e valorização da arte rupestre e demais património arqueológico, paisagístico e cultural do vale do rio Côa, o maior conjunto de arte paleolítica ao ar livre conhecido no mundo. Classificado, em 1997, como Monumento Nacional, foi, em 1998, inscrito na lista do Património Mundial da UNESCO.

publicado por mhp às 18:15
link do post | comentar | favorito
Sábado, 12 de Março de 2011

Lisboa quer classificar imóveis do século XX

«Um antigo armazém de vinhos, o edifício do Atlético Clube de Portugal, a Casa dos Açores e dois prédios de habitação perfazem a nova lista de imóveis que a Câmara de Lisboa quer classificar como “de interesse municipal”. Segundo as propostas da vereadora da Cultura agendadas para a reunião do executivo, que hoje se realiza, importa “dar maior atenção ao património arquitectónico do século XX”, de que os cinco imóveis são exemplo, como recomendado pelo Conselho da Europa.


É também referido que, neste tipo de classificação de âmbito municipal, foi dada prevalência ao período entre o início do século XX até ao Estado Novo por a maioria das construções da época estarem “em áreas de maior apetência para a intervenção imobiliária” e “onde se verifica uma maior destruição”. É o caso do edifício habitacional com os números 27 a 27E da Avenida Defensores de Chaves (São Jorge de Arroios), projectado em 1937 pelo arquitecto Cassiano Branco.


Projectado em 1914 por Miguel Nogueira Júnior, o prédio da esquina da Avenida Luís Bívar (2 a 6) com a Rua Tomás Ribeiro (58 e 60), em São Sebastião da Pedreira, é o outro edifício de habitação colectiva da lista, pela sua “elaborada expressão formal” e “qualidade de integração urbana”, segundo refere a Lusa.


Outrora uma grande residência unifamiliar, a Casa dos Açores, desenhada por Miguel Nogueira na freguesia da Lapa, foi edificada em 1922 e reflete um período de um grande eclectismo, com apontamentos da “casa portuguesa” à tradição beaux arts. Também em processo de classificação estão o edifício Abel Pereira da Fonseca, antigo armazém de vinhos construído entre 1916 e 1917 em Marvila, com desenho de Manuel Norte Júnior e ainda hoje uma “referência do património industrial da cidade”, e o edifício do Atlético Clube, nos Prazeres, concebido para a Casa do Povo d”Alcântara e construído entre 1904 e 1907.


Na reunião será também votada a transferência de cerca de 860 mil euros para os Serviços Sociais da câmara, a primeira atribuição de verbas depois de o Tribunal de Contas ter indicado no final de 2009 a suspensão de transferências das autarquias para este tipo de serviços.»

 

Fonte: Público, 9/03/2011

publicado por mhp às 15:06
link do post | comentar | favorito

II Encontro CITCEM "O Mar - Patrimónios, Usos e Representações"

II Encontro CITCEM 
O MAR - patrimónios, usos e representações 
20 - 22 de Outubro 2011
 

O CITCEM - Centro de Investigação Transdisciplinar «Cultura, Espaço e Memória» (FLUP/UM) organiza um encontro pluridisciplinar intitulado «O Mar - patrimónios, usos e representações» que decorrerá nos dias 20, 21 e 22 de Outubro de 2011 na Faculdade de Letras da Universidade do Porto. 

Call for papers/envio de propostas até 30 de Abril 2011 / e-mail: citcem@letras.up.pt 

Para mais informações, pf. consultar documento em anexo. 

II CITCEM Conference 
Heritage, Uses and Representations of the Sea 
20 - 22 de October 2011
 

The Transdisciplinary Research Centre «Culture, Space and Memory» (Faculty of Arts and Humanities of the University of Porto / University of Minho) will be organizing an interdisciplinary meeting on «Heritage, uses and representations of the Sea», to be held on the 20th, 21st and 22nd October 2011 at the Faculty of Arts and Humanities of the University of Porto. 

Call for papers/ send proposals by April 30, 2011 / e-mail: citcem@letras.up.pt 

For further information please see the attached document.

publicado por mhp às 14:41
link do post | comentar | favorito

Congresso internacional "Casa Nobre: Um Património para o Futuro"

                                                                                               

 

A terceira edição do Congresso Internacional "Casa Nobre: Um Património para o Futuro" ocorrerá nos dias 2, 3 e 4 de Dezembro de 2011.

 

Relembro que a data limite para apresentação de papers é o dia 14 de Abril.

 

Para mais informações consultar o seguinte site: http://sites.google.com/site/casanobrecongresso/

publicado por mhp às 00:03
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 11 de Março de 2011

Congresso internacional "Rota das Catedrais"

                                                                                                  

 

Nos dias 7, 8 e 9 de Abril irá decorrer no Museu municipal de Faro o congresso internacional "Rota das Catedrais".

 

Podem consultar toda a informação respeitante a este congresso no seguinte site: http://www.congressocatedrais.com/page1.php

 

Deixo em seguida uma pequena apresentação da "Rota das Catedrais":

 

"Múltiplas vezes, a historiografia tem registado que as catedrais, sobretudo as que se desenvolvem no período medieval, abriam os seus pórticos para ensinar, para divulgar a ciência dos doutores que se produzia dentro dos seus muros. Tal visão assenta quer no entendimento etimológico dos vocábulos “catedral” ou “sé” (lugar da cátedra ou sede), quer na praxis do magistério confiado aos bispos, ao longo dos tempos.
Não foi necessário decorrerem muitos séculos para que essas mesmas catedrais se tornassem, elas mesmas, no objecto estudado, não só pela própria arte, que nelas viu motivo de revivalismo, como também por outras disciplinas do saber, preocupadas com os que construíram as sedes episcopais, com as motivações dos que nelas viveram e como nelas se desenhou e continua a desenhar o quotidiano ou o romper do ritmo normal dos dias, quando estes edifícios se vestem de festa.
Ao tomar as catedrais como objecto de estudo, importa ler as fontes, perceber a lógica territorial que subjaz a estes imóveis, as configurações artísticas de que se revestem estes edifícios que, mais do que integrarem a paisagem construída das cidades, são peças umbilicalmente ligadas à paisagem urbana, porquanto esta os considerou como primordial elemento de organização. Ao tomar as catedrais como objecto de estudo, importa também assumir a consciência da importância da gestão e da conservação do património catedralício, material e imaterial, da animação cultural destes edifícios e da programação a propor à comunidade, a fim de que se possam projectar as suas potencialidades e os seus desafios no contexto de uma urbanidade contemporânea.
Na esteira do que é o entendimento do Ministério da Cultura e da Conferência Episcopal Portuguesa, que lêem as catedrais como «tecido nevrálgico de memória e de identidade» (Acordo de Cooperação Rota das Catedrais), o projecto Rota das Catedrais olha para estas edificações como um «todo coerente e identitário» que urge ser vivido a partir de uma consciência potenciada pelo estudo histórico e pela contemplação estética que fará acontecer o encontro entre os objectivos religiosos, culturais e turísticos e que fará intervir nos espaços através da reabilitação patrimonial em ordem a «devolver os monumentos à comunidade», a «envolver a comunidade na protecção e valorização dos monumentos» e a promover a «estima colectiva» por este património.
Olhar para as catedrais como «um património profundamente identitário, plural e multifacetado» é o objectivo primeiro deste Congresso Internacional."

 

publicado por mhp às 23:44
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 8 de Março de 2011

Casa de Chá e Piscina das Marés de Siza Vieira classificadas como Monumentos Nacionais

            Casa de Chá da Boa Nova

 

A Casa de Chá da Boa Nova e as Piscinas das Marés, ambas em Leça da Palmeira, Matosinhos, e projectadas por Álvaro Siza Vieira, são dois dos oito novos monumentos ontem classificados como nacionais pelo Conselho de Ministros.


A lista dos monumentosclassificados inclui também a Casa do Passal (Carregal do Sal), o sítio arqueológico pré-histórico Concheiros de Muge (Salvaterra de Magos), a Igreja do Carmo (Coimbra), o Terreiro da Batalha do Ameixial (Estremoz), o antigo Convento dos Eremitas de S. Paulo da Serra de Ossa ou de Jesus Cristo (Redondo) e o Sistema de Abastecimento de Águas à cidade de Braga do Século XVIII, designado por Sete Fontes.

 

publicado por mhp às 02:09
link do post | comentar | favorito

Curso de Restauro Urbano Integrado

O curso de Restauro Urbano Integrado realizar-se-á novamente em 2011, em Lisboa e no Porto, estando já abertas as inscrições. Todas as informações adicionais podem ser encontradas através das ligações mencionadas em seguida.

 
CURSO DE RESTAURO URBANO INTEGRADO - PORTO
Datas: 14, 21 e 28 de Maio de 2011
Local: Faculdade de Letras da Universidade do Porto
Organização: AEFLUP
Ficha de inscrição disponível em http://www.queirozportela.com/fichaRU.pdf
 
CURSO DE RESTAURO URBANO INTEGRADO - LISBOA
Datas: 2, 9 e 16 de Abril de 2011
Local: IADE Chiado Center (Palácio Quintela / Farrobo, Rua do Alecrim, n.º 70)
Organização: ARQCOOP
publicado por mhp às 02:07
link do post | comentar | favorito
Domingo, 6 de Março de 2011

Passeio Temático “Moinhos de maré do Ocidente Europeu

Encontram-se abertas as inscrições para o Passeio Temático “Moinhos de Maré do Ocidente Europeu”, no âmbito da programação de iniciativas associadas ao Moinho de Maré de Corroios e que prevê a visita a alguns dos moinhos de maré do Algarve e da Andaluzia.


A iniciativa terá lugar nos dias 30 de Abril e 1 de Maio de 2011, sob coordenação do Ecomuseu Municipal do Seixal, e as inscrições deverão realizar-se junto do Serviço Educativo do Ecomuseu através do telefone 21 0976112.

 

Para mais informações:
claudia.silveira@cm-seixal.pt

publicado por mhp às 12:10
link do post | comentar | favorito

Município vai requalificar a Torre do Relógio de Monsaraz

As obras de requalificação da Torre do Relógio, monumento construído em finais do século XVII ou início do século XVIII na vila medieval de Monsaraz, vão ser apresentadas ao público no dia 5 de Março, pelas 15h, na Igreja de Santiago. A sessão de esclarecimento e informação técnica da obra vai ser promovida pelo Município de Reguengos de Monsaraz e pela empresa que vai desenvolver os trabalhos, a Monumenta – Conservação e Restauro do Património Arquitectónico, Lda. A empreitada de “Recuperação de Imóveis em Monsaraz – Torre do Relógio”, no valor de quase 89 mil euros, foi candidatada ao “Eixo 2 – Desenvolvimento Urbano – Redes Urbanas para a Competitividade e a Inovação” e será comparticipada em 80 por cento pelos fundos comunitários. O prazo de execução da obra é de três meses.

publicado por mhp às 12:01
link do post | comentar | favorito

...

publicado por mhp às 11:58
link do post | comentar | favorito

A Arquitectura Rural Vernácula do Antigo Regime do Baixo Guadiana

 

Em Tavira, no dia 6 de Março, domingo, pelas 09h30, realiza-se o passeio Cidade e Mundos Rurais “A Arquitectura Rural Vernácula do Antigo Regime no Baixo Guadiana”, na freguesia da Luz de Tavira, sob a orientação do arquitecto João Vieira Caldas.

 

Para mais informações:
www.cm-tavira.pt

 

publicado por mhp às 11:51
link do post | comentar | favorito
Sábado, 26 de Fevereiro de 2011

Conferência: "A Obra Patrimonial da 1ª República (1910-1932). A Questão da Protecção do Património Artístico"

No próximo Domingo, dia 27 de Fevereiro, tem lugar o encerramento da Exposição “O Museu José Malhoa. As Caldas e a República”, produzida no âmbito do protocolo estabelecido entre a Comissão Nacional para as Comemorações do Centenário da República e o Instituto dos Museus e da Conservação. 

 

Assinalando este momento, terá lugar a seguinte conferência:
A Obra Patrimonial da 1ª República (1910-1932). A Questão da Protecção do Património Artístico.

Professor Doutor Jorge Custódio 

 

Domingo, 27 de Fevereiro de 2010, pelas 15:30 horas

 

publicado por mhp às 11:47
link do post | comentar | favorito

Despacho de abertura de procedimento de classificação da Ponte da Arrábida

Foi publicado no Diário da República, 2.ª Série, n.º 33, de 16 de Fevereiro, o Anúncio n.º 1960/2011, de 8 de Fevereiro, relativo ao despacho de abertura do procedimento de classificação da Ponte da Arrábida, freguesias de Lordelo do Ouro e São Pedro da Afurada, concelhos do Porto e Vila Nova de Gaia, distrito do Porto.

 

 

Podem consultar a planta que fixa a zona de protecção no seuinte link:

Ver planta

 

publicado por mhp às 11:41
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 23 de Fevereiro de 2011

Seminário: Cuidar das Casas. A manutenção do Património corrente"

O Núcleo do Porto do ICOMOS Portugal e a Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto estão a organizar um seminário que ocorrerá no dia 25 de Fevereiro na Biblioteca Almeida Garret, no Porto, sob o tema "Cuidar das casas. A manutenção do património corrente".

 

Sendo muitas vezes esquecido, este património menor ou corrente é aquele em que habitamos e que conforma a imagem das nossas cidades. O cuidado e a preservação informada e consciente deste património constituem um contributo importante para uma sustentabilidade urbana mais desejável, bem como para a promoção de processos de coesão social.

 

Podem consultar o site do seminário em: http://ncrep.fe.up.pt/ICOMOS_cuidardascasas/

publicado por mhp às 15:49
link do post | comentar | favorito
Domingo, 20 de Fevereiro de 2011

IX Jornadas do ICOM Portugal

Já se encontra disponível, na página do ICOM-Portugal, informação sobre as IX Jornadas, que se realizarão no dia 28 de Março, no Museu das Comunicações, em Lisboa. As IX Jornadas são dedicadas ao tema ‘Museus e Memória’, que é também o tema do Dia Internacional dos Museus deste ano, e contam com a presença de Joaquim Paes de Brito,Dóris SantosMaria José SantosJosé Alberto RibeiroJack Lomaan.


As inscrições também já estão abertas e fazem-se, como habitulmente, através do emailinfo@icom-portugal.org.

 

Para mais informações:
http://www.icom-portugal.org/

 

publicado por mhp às 11:09
link do post | comentar | favorito
Sábado, 12 de Fevereiro de 2011

Encontros com o Património "Os dias das Conservas - Museu de Portimão"

12 de Fevereiro de 2011
entre as 12h00 e as 13h00, com reemissão entre a 1h00 e as 2h00


Programa da TSF
Encontros com o Património, em parceria com o IGESPAR, I.P.

«Os dias das conservas – Museu de Portimão»


O Museu Municipal de Portimão inaugurou a 17 de Maio de 2008 e foi eleito o “Museu do Ano do Conselho da Europa”, de 2010. Fruto de um trabalho de 27 anos, o Museu instalou-se numa antiga unidade industrial conserveira – a Fábrica Feu Hermanos, edifício de final do séc. XIX, restaurado e reabilitado para integrar o programa museológico. Dos três percursos que se encontram patentes, destacamos “A vida industrial e o desafio do mar”, em torno do qual se abordarão temas como: a actividade da pesca e sua relação com a indústria conserveira, os centros industriais do Algarve, o património industrial, seu valor e reconversão. Estas são algumas das questões a explorar pelo jornalista Manuel Vilas–Boas que conversa com os Drs. José Gameiro e António Feu, a Doutora Maria João Raminhos e o Professor António Rosa Mendes.

publicado por mhp às 11:14
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 11 de Fevereiro de 2011

Coimbra: Torre da Universidade abre para visitas

A Torre da Universidade de Coimbra vai abrir segunda-feira para visitas regulares, após uma reabilitação orçada em 333 mil euros financiada por antigos estudantes e pelo Banco Santander Totta.


Edificada entre 1728 e 1733, constitui uma nova atração para os cerca de 200 mil visitantes que anualmente cumprem o roteiro turístico da universidade, mas apenas para aqueles que ousarem galgar 180 degraus para desfrutar de uma vista única sobre a cidade, do alto dos seus 34 metros.


Para assinalar a reabertura deste ex-líbris de Coimbra, vai decorrer no próximo domingo, na Sala do Senado, uma cerimónia em que se abordará o contexto histórico do edifício, bem como a intervenção de restauro e conservação realizada em 2010.

publicado por mhp às 23:24
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 10 de Fevereiro de 2011

Descoberta em Beja uma das maiores necrópoles islâmicas de Portugal

"Esta necrópole é, certamente, uma das maiores encontradas no país", garantiu à Agência Lusa Raquel Santos, que coordena a equipa da Neoépica, empresa que está a efectuar a arqueologia preventiva associada às obras.

 

Os trabalhos decorrem desde Novembro de 2009 e a necrópole tem estado a ser escavada pelos arqueólogos, no âmbito das obras de modernização da Escola Secundária Diogo de Gouveia (Liceu de Beja), a cargo da Parque Escolar.

 

"A escavação acompanhou a obra em si e temos várias áreas intervencionadas, quer no exterior, quer no interior do edifício da escola. Os vestígios da necrópole islâmica são os que saltam mais à vista", realçou Raquel Santos.

 

Até ao momento, disse, os arqueólogos já encontraram esqueletos correspondentes a "250 indivíduos, de ambos os sexos, maioritariamente adultos, mas também crianças e jovens".

 

"A maior parte é do período islâmico, em que os indivíduos eram enterrados de lado, mas há alguns enterramentos cristãos, em que os mortos foram deitados de costas", acrescentou.

 

Segundo Raquel Santos, os trabalhos arqueológicos na necrópole, cujos limites "não estão totalmente definidos", uma vez que "só está a ser escavada a área afectada pelas obras", compreendem o levantamento dos 250 enterramentos.

 

A coordenadora acrescentou a que a necrópole deverá conter "ainda mais" enterramentos, mas essa área não vai ser intervencionada.

O local onde se encontra a necrópole islâmica será "novamente tapado", para que as obras possam avançar, revelou também Raquel Santos, referindo que, além destes vestígios, foram encontradas mais estruturas arqueológicas no espaço da escola.

 

Vários silos, com "dois ou três metros de profundidade" e que serviam para guardar alimentos, assim como estruturas muros e, eventualmente, de habitações são outros dos vestígios, alguns deles de "épocas mais modernas", mas cujo período cronológico exacto ainda não foi estabelecido, explicou a responsável.

 

publicado por mhp às 17:59
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 9 de Fevereiro de 2011

Novos imóveis classificados como Monumentos de Interesse Público

Ministério da Cultura – Gabinete do Secretário de Estado da Cultura,

 

Classifica a Igreja de Nossa Senhora da Conceição, sita na freguesia de Lavos, concelho da Figueira da Foz, distrito de Coimbra, o Convento de Almiara, sito na freguesia de Verride, concelho de Montemor-o-Velho, distrito de Coimbra, e a Igreja de S. Cristóvão, sita na freguesia de Louredo, concelho de Paredes, distrito do Porto, como monumentos de interesse público e fixa as respectivas zonas especiais de protecção.

 

Portaria n.º 338/2011. D.R. n.º 27, Série II de 2011-02-08


http://dre.pt/pdf2sdip/2011/02/027000000/0708707089.pdf

publicado por mhp às 21:55
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 8 de Fevereiro de 2011

I Congresso Internacional do Românico

Informação fornecida pela Sónia Couto

 

English
Castellano


Um território materializa a lembrança de um acontecimento. As suas marcas identitárias, expressas em criações e formas de apropriação do espaço pelo Homem, são reveladoras dos valores, modos de vida e experiências das comunidades que o construíram, habitaram e vivenciaram.

Vestígio de uma memória coletiva e de uma identidade, o Património afirma-se como um recurso insubstituível e propulsor de dinâmicas locais, regionais e nacionais. A sua proteção, valorização e uso, seja com objetivos sociais, científicos ou didáticos, perfilam-se como paradigma central das estratégias de desenvolvimento do território. 

O Património de matriz românica representa um exemplo magistral de identidade cultural e territorial. Modelo artístico associado à génese da Europa, o Românico assume significado maior no território do Tâmega e Sousa ao estar intimamente ligado às gentes e famílias que protagonizaram a fundação da Nacionalidade portuguesa.

A conservação e promoção deste importante legado patrimonial tem norteado a atuação da Rota do Românico, procurando esta, numa missão mais ampla, constituir-se como fator de coesão social e alavanca do desenvolvimento integrado do Tâmega e Sousa. Um desenvolvimento que não se pode dissociar do reforço da atratividade turística da região, assente na dinamização de um produto, a Rota do Românico, capaz de assumir um papel de excelência no âmbito do touringcultural e paisagístico.    

Ao considerar fundamental a investigação, o debate e a disseminação de conhecimento, a Rota do Românico pretende que este I Congresso Internacional do Românico constitua um momento de alargada discussão e reflexão, de caráter multidisciplinar, dedicado ao Património e ao seu papel no desenvolvimento e promoção dos territórios. 




 

publicado por mhp às 22:33
link do post | comentar | favorito
Sábado, 5 de Fevereiro de 2011

Dia Mundial dos Monumentos e Sítios 2011 - 18 Abril - Tema: Água: Cultura e Património

O Dia Internacional dos Monumentos e Sítios foi criado pelo ICOMOS a 18 de Abril de 1982 e aprovado pela UNESCO no ano seguinte. Esta comemoração tem como objectivo sensibilizar o público para a diversidade e vulnerabilidade do património, bem como para o esforço envolvido na sua protecção e conservação.


Os temas anualmente sugeridos pelo ICOMOS pretendem promover o estabelecimento de uma ligação efectiva entre as realidades locais, regionais, nacionais e internacionais. Assim, através desta data comemorativa, pretende‐se celebrar o património nacional, mas, também, a solidariedade internacional em torno da salvaguarda e da valorização do património de todo o mundo.


Este ano, o tema para o Dia Internacional dos Monumentos e Sítios é Água: cultura e património. A água constitui um bem essencial à vida e tem influenciado, de forma decisiva, a actividade humana. Indispensável como meio de subsistência, fonte de energia e matériaprima, tem sido um recurso utilizado para os mais variados fins – circulação e transporte, agricultura, indústria, aplicações terapêuticas, higiene, recreação e lazer, entre outros ‐, condicionando a evolução das sociedades, a sua distribuição geográfica, e influenciando os ambientes naturais, culturas e paisagens.

 

Cartaz

publicado por mhp às 11:23
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 4 de Fevereiro de 2011

III Congresso Internacional "A Casa Nobre: um património para o futuro"

O Município de Arcos de Valdevez está empenhado na realização do III Congresso Internacional subordinado à temática A Casa Nobre: Um Património para o Futuro, a realizar em Arcos de Valdevez dias 2, 3 e 4 de Dezembro de 2011.


A estrutura do Congresso parte de quatro áreas de abordagem:


Memória Histórica


Arquivos e Documentação Familiares


Património


Turismo e Desenvolvimento Regional

 

Para mais informações:
http://sites.google.com/site/casanobrecongresso/

publicado por mhp às 10:34
link do post | comentar | favorito

Curso Livre sobre Património Religioso e Arte Sacra

A partir do próximo dia 5 de Fevereiro, irá ter lugar o curso livre sobre Património Religioso e Arte Sacra,  organizado pela Academia Eça de Queirós no Solar Condes de Resende, em Gaia, ministrado por categorizados professores e investigadores universitários.

 

O público interessado pode assistir a cada uma ou a todas as conferências, mediante inscrição prévia. queirosiana@gmail.com

 

05 de Fevereiro | O Património das confissões não católicas. Prof. Dr. António Manuel Silva

 

12 de Fevereiro | Arquivos e Património bibliográfico religioso. Prof. Dr. Nuno Resende

 

19 de Fevereiro | Instituições religiosas da diocese do Porto.  Prof. Doutor Adélio Abreu

 

05 de Março | Arte centelha do divino e encerramento do curso. Prof. Doutor Arlindo Cunha

publicado por mhp às 10:32
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 1 de Fevereiro de 2011

Breves Notícias

Sé de Braga entra na "Rota das Catedrais"

A Sé de Braga vai beneficiar este ano de um conjunto de obras de reabilitação, no âmbito do projecto «Rota das Catedrais», uma parceria entre a Igreja Católica e o Estado que prevê a conservação deste tipo de monumentos religiosos, a nível nacional. O protocolo que regula esta matéria foi assinado  entre o Cabido da Sé de Braga e a Direcção Regional de Cultura do Norte, contando com as presenças de D. Jorge Ortiga, arcebispo primaz da Diocese bracarense e do Secretário de Estado da Cultura, Elísio Summaville.

 

Metade dos Museus Guarda Documentos de Património Imaterial

Metade dos museus do país possui no seu acervo fundos documentais na área do património imaterial, como fotografias, filmes e som, revelam os dados preliminares de um inquérito nacional realizado pelo Instituto dos Museus e da Conservação (IMC).
Estes dados prévios sobre o Inquérito ao Património Cultural Imaterial foram hoje apresentados num encontro sobre o tema que está a decorrer no Museu Nacional de Etnologia, em Lisboa, dirigido aos profissionais do sector. De acordo com Paulo Ferreira da Costa, director do Departamento de Património Imaterial do IMC, as respostas ao inquérito nacional estão a ser inseridas numa base de dados para tratamento estatístico, e o relatório final será publicado no último trimestre deste ano.
Ao inquérito responderam 459 instituições, incluindo 139 museus, centros de investigação, direções regionais de Cultura, também das regiões autónomas, 308 municípios, centros de investigação e associações de defesa do património. De acordo com Paulo Ferreira da Costa, os dados prévios indicam que “53 por cento dos museus do país actuam no setor do Património Cultural Imaterial e 48 por cento possuem fundos documentais nesta área”. (…)
Uma das iniciativas é a digitalização do material a inserir no software Matriz, uma grande base de dados que tem vindo a ser atualizada desde 1994 para receber todos os dados do património móvel e imóvel, sítios e espaços culturais e naturais, vários fundos documentais, desde o vídeo, som e fotografia. (…)

publicado por mhp às 19:10
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 31 de Janeiro de 2011

Publicação de todas as Cartas, Recomendações e Convenções sobre o Património Cultural

Foi introduzido na lista de links do lado direito do ecrã todas as Cartas, Recomendações e Convenções sobre o Património Cultural. Para acederem a elas basta dar um clique em cima da respectiva legislação que se quer consultar.

publicado por mhp às 20:39
link do post | comentar | favorito

Novas classificações de imóveis publicadas em Diário da República

Foram publicados no Diário da República os seguintes diplomas de classificação de bens imóveis e de fixação de zonas especiais de protecção (ZEP), a saber:

No DR, 2ª Série, n.º 12, de 18 de Janeiro

Portaria n.º 226/2011, que classificou como monumento de interesse público (MIP) os seguintes bens, e fixou as respectivas zonas especiais de protecção (ZEP):

a) A Igreja de Santa Marinha, Paroquial de Vila Marim, freguesia de Vila Marim, concelho e distrito de Vila Real;

b) O Liceu Alexandre Herculano, no Porto, freguesia do Bonfim, concelho e distrito do Porto;

c) A Escola Secundária Clara de Resende, na freguesia de Ramalde, concelho e distrito do Porto.

 

Portaria n.º 225/2011, que fixou a zona especial de protecção (ZEP) da Igreja Matriz de Barcos, em Barcos, freguesia de Barcos, concelho de Tabuaço, distrito de Viseu, classificada como monumento nacional (MN) pelo Decreto n.º 8175, de 2 de Junho de 1922.

 

Portaria n.º 224/2011, que classificou como monumento de interesse público (MIP) os seguintes bens, e fixou as respectivas zonas especiais de protecção (ZEP):

a) O Edifício do Hotel Astória, sito na Avenida de Emídio Navarro, 21, e na Rua da Sota, em Coimbra, freguesia de São Bartolomeu, concelho e distrito de Coimbra;

b) O Corpo Principal da Antiga Cadeia Penitenciária de Coimbra, em Coimbra, freguesia da Sé Nova, concelho e distrito de Coimbra;

c) A Capela de São Gonçalo, também conhecida como Capela de São Gonçalinho, na freguesia de Vera Cruz, concelho e distrito de Aveiro.

No DR, 2ª Série, nº 11, de 17 de Janeiro

Portaria n.º 223/2011, que fixou a zona especial de protecção (ZEP) do Mosteiro de Celas (Mosteiro de Santa Maria de Celas), localizado no Largo de Celas, freguesia de Santo António dos Olivais, concelho e distrito de Coimbra, classificado como monumento nacional (MN) pelo Decreto de 16 de Junho de 1910, publicado no DG, n.º 136, de 23 de Junho de 1910.

publicado por mhp às 17:30
link do post | comentar | favorito

Tese de Mestrado: "As Caldas de Canaveses - da cura ao lazer: 1900-1940"

Tese de Mestrado em História e Património (FLUP - 2009) intitulada "As Caldas de Canaveses - da cura ao lazer : 1900-1940" de Maria Adelina Silva.

 

Deixo-vos em seguida o link da tese:

 

Link:

http://aleph.letras.up.pt/exlibris/aleph/a18_1/apache_media/TNPEIGVT13IGV22FHH1MNKSBT61IDJ.pdf

 

 

publicado por mhp às 16:09
link do post | comentar | favorito

Tese de Mestrado: "O património como fonte de desenvolvimento sustentável nas zonas rurais do interior norte de Portugal : o caso do concelho de Vieira do Minho nas últimas três décadas"

Tese de Mestrado em História e Património (FLUP - 2009) intitulada "O património como fonte de desenvolvimento sustentável nas zonas rurais do interior norte de Portugal : o caso do concelho de Vieira do Minho nas últimas três décadas" de Susana Maria Machado Teles

 

Deixo-vos em seguida o link e um resumo da tese redigido pela autora.

 

Link:

http://aleph.letras.up.pt/exlibris/aleph/a18_1/apache_media/EM4KFN6PST3G38X377CQ9NM46UBI8F.pdf

 

Resumo:

"A sociedade portuguesa viveu, nas últimas décadas, um fenómeno social com reflexos negativos bem acentuados para as zonas rurais do interior, espaços em  que a população se encontra em regressão, consequência de um êxodo rural que tem causado o despovoamento de alguns territórios, a diminuição da ocupação agrícola e o abandono de pequenas aglomerações rurais. Desde então, muitas têm sido as estratégias de desenvolvimento implementadas para inverter ou atenuar esse processo de declínio socioeconómico. Na maioria dos casos, elas têm procurado dotar os espaços com infra-estruturas que promovam a qualidade de vida e criem dinamismo económico nas localidades. Entre estas destacam-se as estratégias que promovem o Património local, considerando-o como um dos elementos com elevado potencial para estimular o desenvolvimento. Assim, o Património tem sido eleito, quer pela União Europeia, quer pelos poderes nacionais e locais, como uma área privilegiada de intervenção. Esta dimensão está bem patente no número crescente de medidas delineadas nos Quadros Comunitários de Apoio e, consequentemente, no número de projectos de requalificação e promoção do Património implementados pelos actores locais com o objectivo de dinamizar económica e socialmente essas localidades. Este estudo, desenvolvido no âmbito do Mestrado em História e Património – Ramo de Mediação Patrimonial, pretende apresentar reflexões teóricas e dados empíricos sobre a problemática da ruralidade em Portugal e sobre o contributo do Património local ao serviço de uma política de desenvolvimento sustentável. Para a sua realização elegemos, como estudo de caso, o concelho de Vieira do Minho e confrontámos aquelas que têm sido as políticas nacionais delineadas com a actuação que tem sido levada a cabo pelos actores locais, na aplicação dos financiamento comunitários ao serviço da promoção do Património local em prol do desenvolvimento socioeconómico do Concelho".

publicado por mhp às 15:56
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 24 de Janeiro de 2011

Arte Sacra

Deixo em seguida o link de um site muito importante para quem está a trabalhar a temática da arte sacra:

 

http://www.bensculturais.com/

publicado por mhp às 19:17
link do post | comentar | favorito

"O culto da Arte" de Ramalho Ortigão

"O culto da Arte", escrito por Ramalho Ortigão no final do século XIX, é um excelente livro para se entender o conceito de património, monumentos, museus nesse período. De uma escrita fluida, critica e problematizante, é de leitura obrigatória para quem se debruça sobre as temáticas patrimoniais, e não só.

 

Podem fazer o download na Biblioteca Digital da Biblioteca Nacional, através do seguinte link: http://purl.pt/207

publicado por mhp às 18:31
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 21 de Janeiro de 2011

PportodosMuseus

O sítio que vos indico em baixo é de subscrição obrigatória. Ao subscreverem-no todos os dias receberão informações sobre diversas àreas ligadas à Cultura, especialmente à área patrimonial.

 

Deixo-vos o link e um resumo do sítio.

 

http://www.pportodosmuseus.pt/

 

 

O PportodosMuseus surgiu em Janeiro de 2007, registando, até agora, cerca de 5 700 posts e mais de 400 mil acessos para além dos acessos não contabilizados via feeds, nomeadamente dos mais de 1 000  subscritores registados. Está presente nas principais redes sociais como o Facebook, Twitter, etc..

Desenvolveu-se enquanto uma plataforma de difusão de informação no âmbito do Património Cultural, dispondo de numerosos colaboradores que nos fazem chegar muita da informação disponibilizada.

Fruto de uma acção sistemática de registo de informação, mantemos uma base de dados de contactos ( cerca de 17 000 ) de carácter individual e institucional no sector da cultura e das indústrias criativas: museus, instituições de ensino. arquivos, bibliotecas, artes performativas, empresas com actividade neste sector, arqueologia, eventos e turismo, associações, autarquias, associações de desenvolvimento, etc. etc..

Neste contexto, o PportodosMuseus tem por objectivos:

- contribuir para a divulgação do Património Cultural;

- contribuir para a divulgação de iniciativas, nacionais e internacionais, no domínio do Património Cultural;

- constituir uma veículo privilegiado de comunicação entre as empresas promotoras de serviços no domínio da Cultura e os diferentes agentes culturais .

publicado por mhp às 17:19
link do post | comentar | favorito

.Informações sobre o MHP

.pesquisar

 

.Abril 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.links

.arquivos

. Abril 2012

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

.posts recentes

. Jornadas Europeias do Pat...

. A Câmara do Porto quer co...

. Elevador de Santa Justa c...

. Jornadas Europeias do Pat...

. ON.2 promove rede de coop...

. Apresentação da Revista P...

. Santana classificada pela...

. Lançamento do livro “Alga...

. Produtos Artesanais – Doc...

. Criado “Roteiro” para pro...

. FAUP lança Curso de Estud...

. Encontro Iberoamericano s...

. Projecto “Às terças na sa...

. Exposição “Brinquedos Por...

. “Casa Portuguesa” vai sur...

. Curso de Versão: "FILMMAK...

. “Espólio artístico das Mi...

. IGESPAR prevê lançar conc...

. Ministros da Cultura acor...

. Instituto Andaluz do Patr...

. “Espólio artístico das Mi...

. Governo Regional dos Açor...

. Visita orientada à fragat...

. Abertura do procedimento ...

. Estabelecimento da zona d...

. Barreiro promove «Passeio...

. Classificação de Imóveis ...

. Apresentação Pública do P...

. Ciclo de palestras sobre ...

. Seminário: "Redes de Muse...

. II Conferência Nacional s...

. Turismo: Alentejo conside...

. MC e Misericórdias incent...

. Debate: “Políticas de Pat...

. III Seminário Internacion...

. Congresso “O Porto Românt...

. V Caminhada pela História...

. Breves Notícias

. Universidade da Beira Int...

. Comboios em Linha: Revist...

. Google Street View permit...

. 1.º Congresso de História...

. Conferência “Museologia, ...

. Património em Construção....

. I Fórum Nacional das ONG’...

. Prémios Museums & Heritag...

. Cidades europeias "de cul...

. “Anuário da Conservação d...

. Encontro de História Loca...

. Instituto Andaluz do Patr...

.Últimos Comentários

Bom dia,O link está com um problema, que não permi...
Joana,O novo site ainda está em construção, mas o ...
Boa noiteGostaria de saber qual o novo endereço do...
Boa entrada, Paulo. Esta iniciativa seria um óptim...

.tags

. todas as tags