Segunda-feira, 25 de Abril de 2011

Seminário: "Redes de Museus" 20-21 de Maio em Vila Nova de Famalicão

 

 


A cidade de Vila Nova de Famalicão vai receber, nos próximos dias 20 e 21 de Maio, um seminário sobre redes de museus, que contará com a presença dos melhores especialistas nacionais do sector. O programa, que será divulgado oportunamente, está em fase de conclusão, sabendo-se, desde já, que o encontro, organizado pelo pelouro da Cultura da Câmara Municipal de Famalicão, terá lugar na Casa das Artes e contará a colaboração da Faculdade de Letras da Universidade do Porto.

 

Intitulado “Redes de Museus – Território. Identidade. Património”, o seminário contará com um painel diversificado de especialistas, com destaque para os responsáveis pela Rede Portuguesa de Museus, João Carlos Brigola e Clara Camacho. Destaque ainda para a presença do programador da Capital Europeia de Cultura de 2012 em Guimarães, João Serra, para além de vários académicos, técnicos de museologia e coordenadores científicos de museus.

 

Neste âmbito, os museus da rede museológica de Vila Nova de Famalicão, cujo funcionamento em rede está em fase de implementação, vão também ser objecto de debate, estando prevista a apresentação de um plano de acção para os próximos anos.

 

Os coordenadores dos museus de Vila Nova de Famalicão (Casa-Museu de Camilo, Museu do Surrealismo, Museu Bernardino Machado, todos pertencentes à rede portuguesa de museus, sem esquecer os museus da Indústria Têxtil da Bacia do Ave, os núcleos ferroviários de Lousado e Nine e os museus de Arte Sacra da Lapa e de Antas e o da Cerâmica de Bairro) falarão das suas unidades e dos seus projectos para integrar esta rede.

 

A par das experiências no terreno, os especialistas e técnicos da área, entre os quais Armando Coelho, director dos cursos de mestrado e doutoramento da Universidade do Porto, e o designer Francisco Providência, apresentarão os conhecimentos teóricos mais recentes da museografia contemporânea. O programa detalhado será apresentado oportunamente.



 

Seminário REDE DE MUSEUS
Casa das Artes - 20 e 21 Maio

Organização
Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, Pelouro da Cultura e Turismo
Universidade do Porto, Departamento de Ciências e Técnicas do Património da Faculdade de Letras  

Contactos
E-mail: geral@patrimoniodefamalicao.org
Telefone: 252 320 954


PROGRAMAÇÃO DO SEMINÁRIO

DIA 20 (SEXTA-FEIRA)


09h30 Sessão de abertura
Arq. Armindo Costa, Presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão
Prof. Doutor Armando Coelho, Director do Departamento de Ciências e Técnicas do Património, da Faculdade de Letras da Universidade do Porto
Arqª. Paula Silva, Directora Regional de Cultura do Norte 

10h00 O Castro das Eiras e a Rede de Castros do Noroeste Peninsular” 
Prof. Doutor Armando Coelho, Coordenador Científico do Gabinete de Arqueologia da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão 
Dr. Paulo Costa Pinto, Doutorando de Museologia, Membro da Comissão Coordenadora da Rede de Castros do Noroeste, Investigador do CITCEM

Intervalo

11h00 O Programa Museológico dos Núcleos da Fundação Museu Nacional Ferroviário: o caso de Lousado e Nine
Prof. Doutor Jorge Custódio, Director do Museu Nacional Ferroviário 

11h30 O Museu da Indústria Têxtil da Bacia do Ave: um museu para um território” 
Prof. Doutor José Manuel Lopes Cordeiro, Coordenador Científico do Museu da Industria Têxtil da Bacia do Ave.

12h00 O Museu da Guerra Colonial – Arquivo de Memória Histórica
Dr. José Manuel Lages, Director Científico do Museu da Guerra Colonial 

12h00“O Museu da Guerra Colonial e os Museus Militares
Drª Mariana Jacob, Mestranda em Museologia, Faculdade de Letras da Universidade do Porto


12h30 Debate

Intervalo para almoço

14h30 “O Centro de Estudos do Surrealismo e a Rede de Centros de Arte Contemporânea
Dr. António Gonçalves, Director Artístico da Fundação Cupertino de Miranda

15h00 “Museus de Arte Religiosa – para que servem?” 
Dr. A. Martins Vieira, Coordenador Científico dos Museus de Arte Sacra da Lapa e de Antas

15h00 “Museus de Arte Sacra e o Turismo Religioso.”
Dr. Varico Pereira, Licenciado e Mestre em Turismo, Universidade de Trás-os-Montes, Director-Técnico da Turel

15h30 O Museu de Cerâmica da Fundação Castro Alves – Escola / Oficina
Dr. Manuel Boaventura, Presidente do Conselho de Administração da Fundação Castro Alves
Manuela Granja, Administradora e Coordenadora do Museu de Cerâmica da Fundação Castro Alves

Intervalo
    
16h30 As Casas de Camilo e de Rosalia: embrião de uma associação europeia de casas de escritor?” 
Dr. José Manuel Oliveira, Coordenador Técnico do Centro de Estudos Camilianos

17h00 A importância que espaços e pessoas tiveram na criação de obras de Camilo Castelo Branco – bases para um Itinerário Camiliano
Drª Fátima Castro, Investigadora

17h30 O Museu Bernardino Machado e a sua Inter-nacionalização” 
Prof. Doutor Norberto Cunha, Coordenador Científico do Museu Bernardino Machado

18h00 Debate 


DIA 21 (SÁBADO)

09h30 Gestão Integrada do Património Cultural no Concelho de Vila Nova de Famalicão – O caso prático da Freguesia de Gondifelos
Dr. Nelson Pereira, Técnico Superior da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão 
Dr. Paulo Correia, Mestrando em História e Património - Faculdade de Letras da Universidade do Porto

10h00 Exposições e Comunicação em Museus” 
Arq. Inês Moreira, Prof. Universidade do Porto

10h30  Conservação e Museus
Dr. Carlos Mota, Conservador do Museu do Douro

Intervalo

11h15 Museografia e Designer
Dr. Francisco Providência, Designer

11h45 Debate

Intervalo para almoço

14h30 Instituto dos Museus e da Conservação IMC
Dr. João Carlos Brigola,  Presidente do IMC
Drª Isabel Victor, Directora do Departamento dos Museus do IMC

15h15 Redes de Museus: Aspectos organizativos” 
Drª Clara Camacho, Doutoranda em Museologia

15h45 “A Rede de Museus do Algarve” 
Dr. Jorge Queirós, Director do Departamento de Cultura da Câmara Municipal de Tavira

Intervalo

16h30 Museus de Famalicão – Rede Museológica Municipal
Dr. Artur Sá da Costa, Coordenador do Projecto - Rede Museológica Municipal 

16h45 “Um guia para a rede museológica municipal – O caso de Peniche
Prof. Doutor João Serra, Professor Coordenador do Instituto Politécnico de Leiria e Administrador (com o pelouro da Programação) de Guimarães 2012, Capital Europeia da Cultura 

17h15 Debate

18h00 Sessão de encerramento
Dr. Paulo Cunha, Vereador da Cultura e Turismo

 

 

publicado por mhp às 11:14
link do post | comentar | favorito

Oficina de Metodologia e Ética na Conservação e Restauro – Inscrições Abertas

 

 

 

publicado por mhp às 11:13
link do post | comentar | favorito

BNP adquire conjunto de passionários quinhentistas

Foi recentemente adquirido pela Biblioteca Nacional de Portugal, no leilão do Palácio do Correio Velho que ocorreu entre 11 e 13 de Abril de 2011, um conjunto de 3 passionários quinhentistas, que pertenceram à biblioteca do grande coleccionador António Capucho.


Destinados ao ofício da Paixão, nomeadamente para o Domingo de Ramos (Dominica in Ramus Palmarum Passio Secundum Mattheum), Terça-feira (Feria Tertia Passio Passio Secundum Marcum) e Sexta-feira (Feria Sexta in Parasceve Secundum Joannem),  os 3 livros estiveram em uso num Convento de Nossa Senhora em Braga, provavelmente do Convento de Nossa Senhora do Pópulo (…)


O musicólogo Manuel Pedro Ferreira refere que, para além do elevado valor artístico, este conjunto é “proveniente de uma igreja da qual não possuíamos nenhum códice identificado havendo também potencial interesse musical, uma vez que os tons da Paixão têm uma tradição portuguesa particular, e não abundam os seus testemunhos, mesmo tardios”, enriquecendo assim a valiosa colecção de livros de coro da BNP.

 

Fonte: BNP

publicado por mhp às 11:11
link do post | comentar | favorito

Conferências “História e Memória no Arquivo Distrital de Braga”

Conferências “História e Memória no Arquivo Distrital de Braga” Salão Nobre da Universidade do Minho, Largo do Paço Braga, quarta-feira, 27-04-2011, 18h00

 

De periodicidade mensal, o ciclo de Conferências “História e Memória no Arquivo Distrital de Braga” destina-se a um público vasto, desde alunos, docentes e investigadores universitários, mas também à sociedade em geral, com interesse nestes temas e no conhecimento do passado de Braga e da região. Visa dar a conhecer os preciosos fundos do Arquivo e a investigação histórica que a partir deles tem sido desenvolvida. A iniciativa organizada pelo Arquivo Distrital de Braga e pelo Departamento de História da UMinho tem apoio do Conselho Cultural da UMinho e do CITCEM – Instituto de Ciências Sociais da UMinho.

publicado por mhp às 11:10
link do post | comentar | favorito

Exposição de Olaria – Séculos XIX e XX

O Museu da Cerâmica apresenta  Exposição de Olaria dos séculos XIX e XX. Trata-se de uma mostra que reúne um conjunto de mais de 60 peças de olaria da região das Caldas da Rainha e de outros centros oleiros do País, nomeadamente Mafra, Barcelos, Nisa, Estremoz e Molelos.
A exposição ficará patente ao público até 31 de Maio de 2011, no horário habitual do Museu da Cerâmica, nas Caldas da Rainha, das 10h00 às 12h30 e das 14h00 às 17h00, de 3ª Feira a Domingo até 31 de Maio de 2011.
publicado por mhp às 11:09
link do post | comentar | favorito

II Conferência Nacional sobre Segurança do Património

A Agência INOVA|CultDigest, promove em Lisboa, no dia 5 de Maio, a conferência:

 

SEGURANÇA DO PATRIMÓNIO: A FALSIFICAÇÃO E TRÁFEGO ILÍCITO DE OBRAS DE ARTE

 

Museu da Marioneta | 5 de Maio | Lisboa

 

Para mais informações: http://www.cultdigest.pt

publicado por mhp às 11:07
link do post | comentar | favorito

Turismo: Alentejo considera “urgente” alteração da gestão do património cultural

O presidente da Entidade Regional Turismo do Alentejo considera “urgente” a alteração do modelo de gestão do património cultural na região, sugerindo, entre outras medidas, que a gestão seja entregue a agentes e estruturas privadas.
(…)
Esta é uma das conclusões que o presidente da Turismo do Alentejo retirou do Congresso Internacional “Alentejo: Património do Tempo”, que decorreu este fim-de-semana em Portalegre. Para desenvolver uma acção “concertada” em redor do património cultural, a Turismo do Alentejo quer reunir os agentes que detenham património, entre os quais as autarquias, Estado, dioceses, paróquias, entre outros, no sentido de criar uma “estrutura” onde sejam discutidos os aspectos da fruição do património.
“Tem que haver abertura para que a gestão do património possa ser entregue a privados” defendeu.
Ceia da Silva deu como exemplo “significativo” e “positivo” o trabalho desenvolvido pelas Pousadas de Portugal há várias décadas, na recuperação de um vasto conjunto de imóveis, defendendo ainda que a entrega desse património a privados poderá ser a “forma de ocupação” de muitos jovens.

 

Fonte: JN de 19.05.2011
publicado por mhp às 11:06
link do post | comentar | favorito

VI Seminário Internacional sobre Mosaicos Romanos

 

 

Entre os dias 4 e 5 de Maio, irá ter lugar, na Universidade Carlos III, em Madrid, o VI Seminário Internacional sobre Mosaicos Romanos.

 

Para mais informações: Programa VI SMR

 

 

publicado por mhp às 11:03
link do post | comentar | favorito

MC e Misericórdias incentivam preservação das igrejas

O Ministério da Cultura e a União das Misericórdias Portuguesas assumiram hoje o compromisso de, em conjunto, ajudarem à formação de mil voluntários para preservação das igrejas que integram as 400 Misericórdias do país. A iniciativa, acordada através de um protocolo celebrado hoje pelas duas entidades, é, para a ministra da Cultura, Gabriela Canavilhas, uma ação “muito importante”.
(…)
“O trabalho do Ministério da Cultura só é eficaz quando é feito com as instituições, e esta particularmente com as Misericórdias, é tão nobre, porque tem sabido preservar e partilhar este património com os cidadãos”, afirmou Gabriela Canavilhas.
A ministra sublinhou ainda que em 2010 foram contabilizados 152 voluntários distribuídos pelos equipamentos culturais a trabalhar a favor do património e considerou que a atual situação política impede a concretização de outros projetos culturais.
(…)
“Viver o Património das Misericórdias” é um projeto desenvolvido no âmbito do Ano Europeu do Voluntariado e que visa a mobilização de voluntários, num contributo à abertura ao público das Igrejas das Misericórdias, manutenção do património edificado e realização

 

Fonte: LUSA

 

publicado por mhp às 11:02
link do post | comentar | favorito

Congresso Nacional de História e Ciência Política

 

 

Estão abertas as inscrições para o Congresso Nacional de História e Ciência Política, que decorre na Figueira da Foz a 12 e 13 de Maio, sob o título Outras Vozes na República 1910-1026.

 

Para mais informações: http://outrasvozesnarepublica.wordpress.com/programa/

 

 

publicado por mhp às 11:00
link do post | comentar | favorito

Debate: “Políticas de Património Cultural. Balanço recente. Perspectiva histórica”

 

 

 

publicado por mhp às 10:59
link do post | comentar | favorito

III Seminário Internacional de Turismo de Saúde e Bem-Estar no Porto

 

 

 

publicado por mhp às 10:57
link do post | comentar | favorito

Congresso “O Porto Romântico”

 

 

 Dias 29 e 30 de Abril, campus Foz – Universidade Católica Portuguesa

 

Organizado pelo Centro de Investigação em Ciência e Tecnologia das Artes (CITAR) da Escola das Artes da UCP. 

 

O Porto do Romantismo viveu um dos mais efervescentes períodos da sua História, com profundas alterações a nível económico, das mentalidades e da vida pública e privada. Este congresso pretende analisar, numa perspectiva global, a vida da urbe portuense e do seu termo entre cerca de 1830/1840 e os primeiros tempos do século XX, abarcando as várias expressões de um tardo-romantismo.


O congresso, com a duração de dois dias, organiza-se em torno de quatro grandes secções:Estudos Políticos e Institucionais / Estudos Histórico-Artísticos / Estudos Culturais e Musicais / Estudos Económicos e Sociais, contando com a participação de alguns dos maiores especialistas deste período, nos seus vários domínios, incluindo dois convidados estrangeiros, que focarão aspectos da vida do Romantismo em cidades como Cádiz e São Paulo.

 

Para consultar programa do congresso: http://www.porto.ucp.pt/site/custom/template/ucptplpag.asp?SSPAGEID=284&lang=1&artigoID=2922 

 

Contacto: pfontes@porto.ucp.pt

 

 

publicado por mhp às 10:55
link do post | comentar | favorito

V Caminhada pela História

 

 

A Câmara Municipal de Belmonte organiza, no dia 1 de Maio de 2011, a V Caminhada pela História, com a qual pretende sensibilizar todos os participantes para o património do Concelho, aliando a História à prática de desporto.


Este ano, a Caminhada irá decorrer na freguesia de Caria, num percurso com cerca de 14Km, no qual se pretende visitar vários monumentos e sítios históricos de diferentes épocas cronológicas – Casa da Torre, Igreja Matriz, Casa da Roda, Casa Etnográfica, entre outros.
A Caminhada terá início na Casa da Torre às 9h30.

 

Inscrições gratuitas até dia 27 de Abril de 2011 no Gabinete de Arqueologia e Património da Câmara Municipal de Belmonte ou pelo telf: 275910010, fax: 275910019, email:cmbelmonte@mail.telepac.pt.

 

 

publicado por mhp às 10:53
link do post | comentar | favorito

Conferência internacional “Sharing Cultures: 2nd Internacional Conference on Intangible Heritage”.Oferta de inscrição

 

 

Em parceria com as entidades organizadoras do evento, é oferecida uma inscrição para a conferência internacional “Sharing Cultures 2011: 2nd International Conference on Intangible Heritage”, a realizar-se entre os dias 3 e 6 de Julho, em Tomar.


A inscrição, tipologia B, inclui: Programa Social; Programa Técnico; Apresentação de 20 min.; Publicação do Paper; Documentação; Almoço; Coffe-Breaks; Jantar.


Para se candidatar a esta oferta, envie um email para premelgado@pportodosmuseus.pt  dando conta do seu interesse, e com as seguintes informações:
Nome
Morada
Telefone
Endereço de email

 

Notas:
As inscrições deverão ser apresentadas até ao próximo dia 28 de Abril.
Deverá utilizar o email com que está registado no Pportodosmuseus de modo a poder ser confirmada a subscrição.
Os  dados pessoais solicitados serão enviados serão única e exclusivamente à entidade organizadora do evento.
A oferta da inscrição será efectuada por sorteio entre os interessados.  A comunicação  do resultado do sorteio será comunicada exclusivamente ao próprio.

 

Site do evento:
http://sc2011.greenlines-institute.org/sc2011website/index.htm

 

 

publicado por mhp às 10:50
link do post | comentar | favorito

Texto mais antigo da Europa encontrado na Grécia

Foi encontrado numa antiga lixeira de Peloponeso, na Grécia, aquele que é considerado o texto decifrável mais antigo da Europa. Michael Cosmopoulos, investigador norte-americano, da Universidade de Missouri, garante que a placa de argila cozida, encontrada durante as escavações realizadas numa antiga lixeira situada na colina de Iklena, a 300 quilómetros de Atenas, na Grécia, tem mais de três mil anos, representando, pelo menos, mais um século do que as descobertas feitas até agora.
(…)
Ao que tudo indica, a placa terá sido um documento financeiro, proveniente de uma antiga cidade do período micénico. “Num dos lados da peça podem-se ver nomes e números, e do outro lado um verbo relativo à confecção”, acrescentou Michael Cosmopoulos.
As escavações, sob a supervisão da Escola de Arqueologia de Atenas, começaram em 2006 e desde então ja revelaram algumas descobertas, como uma enorme estrutura com grandes muralhas datada dos anos 1550-1440 a.C. Segundo Cosmopoulos, o local foi destruído provavelmente no ano 1400 a.C., antes de ter sido invadido pelo reino de Pilos, cujo rei, Nestor, é mencionado na Ilíada.

 

Fonte: JN de 08.05.2011

tags:
publicado por mhp às 10:48
link do post | comentar | favorito

Site “Rotas das Catedrais” já se encontra online

 

 

Disponível em: www.rotadascatedrais.com

 

 

publicado por mhp às 10:44
link do post | comentar | favorito
Sábado, 9 de Abril de 2011

Breves Notícias

Conferência InterRegional debate preservação do artesanato e património cultural europeu

 

O Município de Alcobaça recebe, nos dias 6 e 7 de Abril, a 2.ª Conferência InterRegional do Projecto de Cooperação do Fundo de Desenvolvimento Europeu, apresentando o programa CeRamICa Plus, composto por um Ciclo de Conferências e pela Exposição “Cerâmica em Alcobaça: 1875 até ao Presente”, que estará patente ao público até 6 de Maio, na Galeria de Exposições temporárias do Mosteiro de Alcobaça. O grande objectivo desta conferência passa pela preservação do artesanato e do património cultural Europeu. O debate público foca-se em temáticas como as melhores práticas nos campos da cooperação, clustering, design, marketing e inovação, bem como da educação e da formação.

 

 

Monumentos do IGESPAR comemoram Dia Internacional dos Monumentos e Sítios

 

O IGESPAR promove um conjunto de actividades a decorrer nos seus monumentos, no âmbito das comemorações do Dia Internacional dos Monumentos e Sítios.

Consulte o programa em :http://www.igespar.pt/pt/news/9/1976/

 

 

Ministério da Cultura nega redução de entradas gratuitas em museus e palácios ao domingo

 

A redução das entradas gratuitas nos museus e nos palácios a um domingo por mês não passa de uma proposta do Instituto dos Museus e da Conservação (IMC) que nunca foi discutida pela ministra da Cultura.

 

“O Ministério da Cultura refuta qualquer intenção de alterar a política de entradas livres aos visitantes dos museus portugueses”, garantiu hoje o ministério de Gabriela Canavilhas num comunicado enviado ao fim da tarde para a Lusa.


Canavilhas refutou, assim, as declarações feitas esta terça-feira pelo director do IMC, João Brigola, que dizia estar a ser discutida a possibilidade de alterar o actual esquema de gratuitidade nos 34 museus e palácios que tutela – actualmente a entrada aos domingos é livre – já a partir de Junho.


Foi num encontro no Palácio Nacional de Queluz, em que foram apresentadas as estatísticas de visitantes de museus e palácios, que Brigola defendeu a limitação das entradas grátis a um domingo por mês e a alteração do plano de descontos de que usufruem alguns profissionais.


“Na situação em que estamos, o país não se pode dar ao luxo de ter níveis tão elevados de gratuitidade”, disse Brigola na terça-feira, sublinhando que 61 por cento dos visitantes de museus e palácios não pagaram entrada em 2010.


Hoje, o director do IMC voltou a afirmar ao PÚBLICO por telefone a “necessidade absoluta” de aumentar as receitas e classificou o comunicado do Ministério da Cultura (MC) como um “esclarecimento”: “Não é, de todo, um desmentido. Eu nunca disse que a decisão estava tomada, disse apenas que a diminuição estava a ser debatida.”


No comunicado, no entanto, é dito que “o assunto nunca foi discutido” com Canavilhas. Brigola acrescenta: “O debate tem acontecido no âmbito da secretaria de Estado, a tutela directa do instituto de museus. A ministra da Cultura não participou dele.”

 

Fonte: Público, 06/04/2011

 

 

 

publicado por mhp às 09:00
link do post | comentar | favorito

AECT Duero-Douro com programa inovador para a prevenção e conservação do património natural

O Agrupamento Europeu de Cooperação Territorial (AECT) Duero-Douro apresentou um programa inovador de prevenção e conservação do património natural, através da aplicação de acções pioneiras que visam a redução dos impactos negativos sobre o meio ambiente. O projecto «Fronteira Natural» está avaliado em 800 mil Euros e garantiu o apoio do Programa de Cooperação Transfronteiriça Espanha – Portugal 2007/2013 no valor de 600 mil Euros.


Das acções previstas para os próximos dois anos destaca-se a criação da Escola de Capacitação Ambiental Transfronteiriça, com sedes em Espanha e Portugal e gestão partilhada pela Universidade de Salamanca e pelo Instituto Politécnico de Bragança. Os alunos desta escola, cujo primeiro curso arranca no próximo mês de Julho, terão acesso a dois viveiros para a produção de plantas florestais e ornamentais autóctones, que serão usadas para o reflorestamento de áreas verdes urbanas. Com a formação dos primeiros profissionais, o programa «Fronteira Natural» prevê a constituição da empresa GESTIMA Duero-Douro, uma empresa pública sem fins lucrativos, vocacionada para a restauração ambiental.


Fazem, ainda, parte deste projecto acções como a elaboração de um plano de responsabilidade ambiental para vincular o sector privado, a definição de um sistema de intervenção prioritária e o lançamento de um concurso vocacionado para comunidades rurais.

 

Com este projecto, o AECT Duero-Douro estima a eliminação de 100 pontos críticos e a implementação de uma gestão ambiental duradoura, abrangendo áreas protegidas como o Parque Natural de Montesinho, o Parque Natural do Douro Internacional e a Serra da Reserva Natural da Malcata.

 

Fonte: Norte em Rede

 
publicado por mhp às 08:58
link do post | comentar | favorito

Protocolo FCT/IMC

Caros investigadores,

Dado o interesse que o Protocolo FCT/IMC recentemente assinado poderá  ter para a sua Unidade de Investigação, informo que o texto do mesmo se encontra em:


http://alfa.fct.mctes.pt/apoios/protocolos/imc/2011/

De realçar a inclusão de uma nova área no próximo Concurso Geral de Bolsas, sob a designação "Museologia, Conservação e Restauro", onde se incluem a Museografia, a História, a História da Arte, a História de  Colecções e Museus e as Ciências Documentais, destinada a candidaturas para bolsas de doutoramento e pós-doutoramento. Nesta área só serão aceites candidaturas cujos projectos de doutoramento ou pós-doutoramento constituam investigação aplicada em contexto museológico, cujo objecto de estudo se centre numa unidade museológica da Rede Portuguesa de Museus ou nos serviços centrais do Instituto de Museus e Conservação.


Deste modo, para além do orientador ou responsável científico,pertencente a uma instituição do Ensino Superior ou a uma Unidade de
Investigação, é obrigatório indicar um co-orientador pertencente à unidade museológica na qual será desenvolvido o trabalho de investigação.


Com os meus melhores cumprimentos,

Francisco Sepúlveda Teixeira
(Vogal do CD da FCT)

publicado por mhp às 08:55
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 7 de Abril de 2011

Arquivo do cardeal Cerejeira: 319 caixas de documentação e milhares de fotografias

 

 

O cardeal-patriarca de Lisboa admitiu que possam ter desaparecido documentos do arquivo de D. Manuel Gonçalves Cerejeira, visto que este “emprestou alguma documentação” e não sabe se ela voltou.


Na sessão pública de apresentação dos resultados do projecto de organização e descrição da documentação de D. Manuel Gonçalves Cerejeira, o actual patriarca de Lisboa, D. José Policarpo, sublinhou que o seu antecessor emprestou documentação ao embaixador Franco Nogueira e recorda-se — na altura – de ter visto um cartão escrito pelo cardeal Cerejeira a Oliveira Salazar onde defende a Juventude Operária Católica (JOC), no entanto “nunca mais” viu esse cartão. O fundo arquivístico de D. Manuel Gonçalves Cerejeira, 14º cardeal patriarca de Lisboa, encontra-se dividido em quatro sub-fundos, correspondente a quatro áreas funcionais do prelado: Secretaria Particular do cardeal Cerejeira (1929-1971) — abrange todo o período à frente da diocese; actividade desenvolvida enquanto estudante e professor da Universidade de Coimbra (1909-1928); arcebispo de Mitilene e vigário capitular do Patriarcado de Lisboa (1928-1929) e patriarca resignatário (1971-1977).


As 319 caixas de documentação albergam 22.965 documentos simples e compostos, 8.162 recortes de imprensa organizados em 210 temáticas, 660 dossiers e 329 capilhas de recortes de imprensa organizados cronologicamente. Acrescem a este espólio 3841 provas fotográficas organizadas em 82 álbuns, bem como 2961 fotografias avulsas organizadas.


O arquivo ficará disponível para os investigadores a partir de 2 de Maio.

 

 

publicado por mhp às 19:41
link do post | comentar | favorito

Universidade da Beira Interior integra projecto de levantamento do património

A Beira Interior vai ter um levantamento rigoroso do património existente em 23 concelhos, com vista à sua promoção e requalificação, anunciou  António Pedro Pita, diretor regional de Cultura do Centro.


Aquele responsável falava na Covilhã na assinatura de um protocolo entre as autarquias, a direção regional e a Universidade da Beira Interior para realização do Plano Estratégico para o Património da Beira Interior.


O plano servirá para “passar à ação, porque a identificação do património e das carências está feita, mas não há uma estratégia global de intervenção: passámos tempo demais com intervenções casuísticas”, realçou.

publicado por mhp às 19:39
link do post | comentar | favorito

Curso de formação na área da Museologia: ferramentas para a gestão e conservação de colecções

A Akanto – Diseño y Gestión de Museos promove de 2 de Maio a 16 de Julho o curso Museologia: ferramentas para a gestão e conservação de colecções.


O curso com duração de 120 horas, realiza-se em sistema de e-learning através de uma plataforma online permitindo uma flexibilidade de trabalho e de horários e um acompanhamento individualizado dos inscritos. Está organizado em quatro módulos: Introdução à Museologia, Colecções, Exposição e Planificação conforme programa em anexo: Curso%20Museologia.pdf

A Akanto – diseño y gestión de museos é uma empresa que desenvolve actividade na concepção e desenvolvimento de projectos culturais e patrimoniais, nomeadamente projectos integrais de musealização, concepção, produção e avaliação de exposições, estudos de visitantes, estudos de conservação preventiva e formação na área da cultura.


http://www.akanto.es

publicado por mhp às 19:27
link do post | comentar | favorito

Comboios em Linha: Revista de História, Património e Museologia Ferroviária

Comboios em Linha: Revista de História, Património e Museologia Ferroviária.

 

A Fundação Museu Nacional Ferroviária lançou no dia 31 de Março de 2011, a “Comboios em Linha” – Revista de História, Património e Museologia Ferroviária.

 

Disponível a partir de hoje, a revista Comboios em Linha é uma publicação semestral, de âmbito cultural, relacionada com os caminhos-de-ferro, a sua história e a museologia ferroviária de nova geração, completando-se desta forma o universo do plano editorial na área da ferrovia e contribuindo assim para a sua melhor divulgação a um nível nacional e internacional.

 

Comboios em Linha está à venda nas Lojas do Museu Nacional Ferroviário de Arco de Baúlhe, Entroncamento, Lousado e Macinhata do Vouga, assim como na Livraria do El Corte Inglês, na Livraria TABAK do Centro Comercial das Telheiras e na Loja do Instituto dos Museus e Conservação na Praça dos Restauradores.

 
publicado por mhp às 19:26
link do post | comentar | favorito

Lançamento dos Cadernos de Conservação e Restauro nº8

Museu Nacional de Arte Antiga | 12 Abril | 18h

 

Edição dedicada ao projecto de investigação e intervenção do Tríptico de Santa Clara; apresentação a cargo do Dr. Paulo Ramos, Presidente do Conselho de Administração da Soflimits, SA, responsável pelo financiamento desta edição.

publicado por mhp às 19:24
link do post | comentar | favorito

Google Street View permite ver monumentos históricos em detalhe

A "Google Street View" anunciou, esta quarta-feira, o lançamento de uma iniciativa que mostra em detalhe vários monumentos históricos.

 

Numa primeira fase, o novo recurso da "Google Maps" apenas permite ao utilizador visitar monumentos de Itália e da França e conhecer de perto locais emblemáticos como o Coliseu de Roma ou dar um passeio virtual pelos jardins do Palácio de Fontainebleu.

 

Recentemente, a aplicação "Google Street View" lançou uma actualização do sistema que permitiu aos seus utilizadores desfrutar de novas paisagens naturais obtidas através de veículos alternativos, como bicicletas ou trenós. Depois desta novidade, a Google pretende, agora, divulgar o património histórico mundial.

 

O projecto começou apenas com alguns lugares destacados de Itália e da França mas no futuro pretende incluir outros locais, tendo sempre como referência os espaços nomeados como património da UNESCO.

 

Roma é uma das cidades com maior destaque na nova aplicação lançada pela Google. Se anteriormente o serviço apenas permitia a observação do exterior do Coliseu romano, o "Street View" oferece agora a possibilidade de conhecer o próprio monumento e de ver as diferentes perspectivas do seu interior.

 

Em Florença, outra cidade italiana contemplada, é possível ver em detalhe a fachada da Catedral de Santa Maria das Flores.

 

Já em França, a nova aplicação permite fazer uma visita virtual aos jardins do Palácio de Fontainebleau, conhecer as suas estátuas e fontes bem como observar de perto o tipo de construção do edifício.

 

A nova característica do "Google Street View" amplia os horizontes do serviço, que pode ser utilizado para fins educativos e para investigação do património artístico e histórico.

 

Fonte: Jornal de Noticias de 30.03.2011

publicado por mhp às 19:22
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 6 de Abril de 2011

IMC quer reduzir entradas gratuitas nos museus e palácios a um domingo por mês

O número de entradas gratuitas nos museus e palácios nacionais - 61 por cento - é "claramente exagerado" e o Instituto dos Museus e da Conservação (IMC) está a preparar medidas para o reduzir, se possível já a partir do Verão, disse ontem ao PÚBLICO João Brigola, director do IMC. 

A ideia, explicou Brigola, será reduzir as entradas gratuitas a um domingo por mês e não todos os domingos, como acontece actualmente. A aplicar-se esta medida (e com uma "pequena actualização" dos preços, que também está a ser estudada), e se o número de visitantes se mantiver, o IMC conseguiria aumentar a sua receita em cerca de 800 mil euros anuais. "Na situação em que estamos, o país não se pode dar ao luxo de ter níveis tão elevados de gratuitidade", diz o director do IMC. 

Em 2010 já tinha havido uma ligeira redução das entradas gratuitas, com algumas categorias de visitantes a perderem esse direito - os professores, por exemplo, e os jovens com mais de 15 anos, que deixaram de beneficiar do desconto de 50 por cento. 

Menos visitantes

Essa poderá, aliás, ser uma explicação para a queda - ainda que ligeira - do número de visitantes dos museus e palácios geridos pelo IMC. Estes perderam, entre 2009 e 2010, 13.620 visitantes (0,5 por cento do total), segundo dados apresentados ontem, no Palácio de Queluz, por Nuno Fradique Gonçalves, da Divisão de Documentação e Divulgação do IMC. 

Brigola não receia que a diminuição das entradas gratuitas que está a ser pensada - "ainda não está decidida", sublinhou - afecte de forma dramática o número de visitantes, sublinhando que a queda de 2009 para 2010 foi muito ligeira e que mesmo que se verifique nova diminuição, "o que daí resulta [em termos de receita] é sempre um ganho". 

Dos 61 por cento de visitantes que entram gratuitamente, 24 por cento entram no regime de entrada livre, 16 por cento aproveitam a gratuitidade aos domingos e feriados, outros 16 por cento estão integrados em visitas escolares, e três por cento são jovens com menos de 14 anos. Dos restantes 39 por cento, que pagam, há ainda um grupo de 12 por cento que, por diversas razões, beneficia de descontos. 

Outra conclusão apresentada por Nuno Fradique é a de que são sobretudo os portugueses os que mais aproveitam a possibilidade de visitar museus e palácios gratuitamente, e são maioritariamente os estrangeiros a pagar bilhete.

 

Fonte: Jornal "o Publico" de 06.04.2011

publicado por mhp às 19:02
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 5 de Abril de 2011

1.º Congresso de História e Património da Alta Estremadura

O Centro do Património da Estremadura (CEPAE) e a Câmara Municipal de Ourém vão coordenar a organização do 1.º Congresso de História e Património da Alta Estremadura. A área geográfica abrangida pelas comunicações é o Distrito de Leiria e o Concelho de Ourém.


Em termos temáticos, comporta as seguintes secções:
     * Arqueologia

     * História

     * História da Arte

     * Património Cultural

     * Património Natural 

 

Comunicações: A submissão de propostas de comunicação é gratuita e deve ser feita para o e-mail congressoaltaestremadura@gmail.com até 31 de Julho de 2011, contendo os seguintes dados:

     * Nome | Morada | Telef./Telem. | E-mail | Habilitações académicas | Profissão | Instituição

     * Título da comunicação

     * Resumo da comunicação (até 300 palavras)

 

 Para mais informações: http://www.alta-estremadura.net/

publicado por mhp às 19:05
link do post | comentar | favorito

Conferência “Museologia, Imagens e Património: compreensão, conservação e partilha”

O Departamento de Ciências Sociais tem o prazer de vos convidar para a conferência “Museologia, Imagens e Património: compreensão, conservação e partilha” pelo Dr. José Pessoa a realizar, sexta-feira dia 8 de Abril às 11.00 h no Auditório da ESEB.

publicado por mhp às 19:03
link do post | comentar | favorito

O Azulejo Português

publicado por mhp às 00:09
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 4 de Abril de 2011

IV Congresso da Associação Portuguesa de Historiadores da Arte

A Associação Portuguesa de Historiadores de Arte (APHA) inscreveu no seu programa de actividades o objectivo de realizar um congresso internacional de História da Arte, tendo como motivo próximo homenagear o Professor José-Augusto França que, em Novembro de 2012,
completa 90 anos. Considerou-se que a melhor forma de prestar tributo a José-Augusto França, sem dúvida a personalidade mais destacada na renovação do ensino universitário e da investigação em História da Arte desde o 25 de Abril de 1974, seria tentar congregar o meio da História da Arte portuguesa num fórum alargado de encontro e debate. Nele, pretende-se cartografar temas e desenvolvimentos produzidos pela investigação recente e afirmar a vitalidade e importância da História da Arte na cultura científica portuguesa, destacando os elos internacionais pertinentes.

 

.

.

 

O Congresso organizar-se-á segundo duas modalidades principais: 
1ª) as manhãs serão preenchidas por sessões plenárias de temas e conteúdos pré-definidos pela Comissão Científica do Congresso, potencialmente do interesse da generalidade dos historiadores da arte; 
2ª) as tardes serão preenchidas por sessões simultâneas, cujos temas, tendencialmente mais específicos, e respectivos moderadores serão definidos via Call for Sessions (apelo a propostas de sessões). Estão previstas cinco comunicações por cada sessão da tarde. Cada sessão terá a
duração de três horas, incluindo introdução do tema e debate final. Apelamos, assim, a todos investigadores que desejem organizar e moderar uma das sessões simultâneas previstas, a apresentarem as suas propostas até dia 30 de Abril de 2011. Cada proposta de sessão deverá conter no máximo 500 palavras, devendo o título sintetizar o assunto e as respectivas premissas. Cada proponente deverá indicar nome, instituição (se aplicável), morada, nos de telefone e de fax, endereço de e-mail e incluir um curriculum vitae standard. As propostas deverão ser enviadas por e-mail contendo estes elementos num documento anexo à mensagem, os quais devem também ser integralmente inseridos no texto da própria mensagem.


As propostas deverão ser enviadas a:

Comissão Organizadora do IV Congresso da Associação Portuguesa de Historiadores de Arte, e-mail direccao@apha.pt, Museu Nacional de Arte Antiga,
A/c Associação Portuguesa de Historiadores de Arte, Rua das Janelas Verdes, 1249-017 Lisboa,
telef. +351 912 165 748.


A selecção das propostas de sessões temáticas, da responsabilidade da Comissão Científica do Congresso, orientar-se-á por critérios de qualidade e pela necessidade de estabelecer um programa final equilibrado. A esta fase seguir-se-á o consequente apelo a comunicações (Call
for Papers), a seleccionar por cada um dos moderadores das sessões simultâneas. 

 

A Comissão Científica do Congresso integra os seguintes professores e investigadores:

Ana Tostões, Instituto Superior Técnico, Lisboa; António Filipe Pimentel e Walter Rossa, Universidade de Coimbra; Mário Barroca, Universidade do Porto; José Custódio Vieira da Silva e Raquel Henriques da Silva, Universidade Nova de Lisboa; Myriam Ribeiro, Universidade Federal do Rio de Janeiro; Sylvie Deswarte-Rosa, École Normale Supérieure Lettres et Sciences Humaines, Lyon; Vítor Serrão, Universidade de Lisboa.


Qualquer questão pode, a todo o tempo, ser colocada através do endereço de e-mail e/ou do número de telefone indicados. Em breve será disponibilizada informação complementar sobre o IV Congresso da Associação Portuguesa de Historiadores da Arte, através do website em elaboração.

 

Organização

APHA

 

Contactos

Museu Nacional de Arte Antiga, A/c Associação Portuguesa de Historiadores de Arte, Rua das Janelas Verdes, 1249-017 Lisboa,

Telefones

+351 912 165 748

publicado por mhp às 23:41
link do post | comentar | favorito

Património em Construção. Contextos para a sua preservação.

Em 2011 cumprem-se 100 anos sobre a publicação da Lei de Reorganização dos Serviços Artísticos e Arqueológicos da 1ª República (Maio de 1911). Este diploma constitui uma referência incontornável na definição do enquadramento do conceito de património, que vai influenciar toda a
prática de preservação em Portugal. Passam, também, no ano em curso os 80 anos da Carta de Atenas (Outubro de 1931), um marco histórico na produção de documentos orientadores de cariz internacional, que irá incentivar a produção de novas cartas e outros documentos internacionais que, em larga medida, definem e sustentam as actuais práticas de preservação do património. O simpósio pretende reflectir sobre estes acontecimentos pioneiros, enquadrando-os nos seus períodos e contextos históricos, como forma de melhor entender a preservação e salvaguarda do património nos dias de hoje, perante novos desafios e exigências. Para além dos contextos históricos, importa analisar as práticas concretas de intervenção, em todas as suas vertentes, desde os conceitos que as enformam, até às justificações e suportes técnicos, científicos e operacionais que as suportam.

 

Ver Programa em: http://www.igespar.pt/media/docs/2011/03/04/patrimonio_1911_folheto.pdf

publicado por mhp às 23:37
link do post | comentar | favorito
Domingo, 3 de Abril de 2011

I Fórum Nacional das ONG’s do Património

I Fórum Nacional das ONG’s do Património: uma estratégia para o século XXI.

 

9 3 10 de Abril | Óbidos

 

Para mais informações: http://www.ahp-aldeiashistoricasdeportugal.com/i-forum-nacional-das-ongs-do-patrimonio

publicado por mhp às 11:17
link do post | comentar | favorito

Ciclo de iniciativas “Fragmentos| Lugar Memória Caminho”

 

 

Sob o título Fragmentos| Lugar Memória Caminho, a Direção Regional de Cultura do Centro propõe um ciclo de iniciativas que abrange aspetos de política museológica e questões relativas ao Património Imaterial, sem esquecer os momentos comemorativos do Dia Internacional de Monumentos e Sítios e o Dia Internacional dos Museus.

 

 

NB - VEJAM O PROGRAMA DETALHADO. O link encontra-se na parte final.


Programa:


2 Abril | Colóquio “Preservar para fruir”
Local: Auditório da Universidade da Beira Interior, Covilhão


13 Abril | Seminário “Redes Regionais de Museus”
Local: Auditório da Fundação Bissaya Barreto


16 a 18 Abril | Água, Vida e Morte. Dia Internacional dos Monumentos e Sítios
16 Abril | Linha do Mondego

Local: Auditório do Mosteiro de Santa Clara a Velha
18 Abril: Visitas Guiadas


3 a 6 Maio | Olhares sobre o Imaterial
3 Maio | Apresentação do Mapa Etno-Musical
Local: Auditório do Conservatório de Música de Coimbra


4 e 5 Maio | Documentários do Imaterial
Local: Auditório do Mosteiro de Santa Clara a Velha


6 Maio | Documentários do Imaterial
Local: Auditório da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro

 

18 Maio | Colóquio “Museus: um exemplo”
Local: Auditório do Mosteiro de Santa Clara a Velha

 

18 e 20 Maio | Encontro “Museus do Centro”
Local: Auditório da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro

 

Programa Detalhado - Link : http://www.ciclofragmentos.com/

 

 

 

 


 


 

 

publicado por mhp às 11:12
link do post | comentar | favorito

.Informações sobre o MHP

.pesquisar

 

.Abril 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.links

.arquivos

. Abril 2012

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

.posts recentes

. NOVO ENDEREÇO DESTE BLOGU...

. Mudança de imagem e ender...

. Sidónio Pais vai ter Muse...

. Conferência Internacional...

. Jornadas Europeias do Pat...

. A Câmara do Porto quer co...

. Catálogo on-line da expos...

. Boletins Culturais de Vil...

. Elevador de Santa Justa c...

. Jornadas Europeias do Pat...

. Descobertos nos Açores pr...

. Braga: Turel ganha espaço...

. Biblioteca Nacional tem c...

. ON.2 promove rede de coop...

. Apresentação da Revista P...

. Museos.es – uma edição do...

. Santana classificada pela...

. Lançamento do livro “Alga...

. Produtos Artesanais – Doc...

. Criado “Roteiro” para pro...

. ...

. Biblioteca Britânica e Go...

. Museu Virtual do Porto de...

. Revista “Amigos de los Mu...

. FAUP lança Curso de Estud...

. Encontro Iberoamericano s...

. Curso livre sobre Arqueol...

. ARQUIVO SECRETO DO VATICA...

. Projecto “Às terças na sa...

. Exposição “Brinquedos Por...

. FAUP lança Curso de Estud...

. Classificação de Imóveis ...

. Lançamento do livro «Rece...

. Túmulo nos Jerónimos pode...

. Exposição “Arqueologia do...

. Seminário “O AMbiente Dig...

. “Casa Portuguesa” vai sur...

. Ruínas romanas de Tróia r...

. Recuperação do Teatro do ...

. Orientações para a Descri...

. Curso de Versão: "FILMMAK...

. Site do Secretariado Naci...

. “Espólio artístico das Mi...

. Nova versão de Ficha de S...

. Seminário “Os Arquivos co...

. IGESPAR prevê lançar conc...

. Ministros da Cultura acor...

. 3º Festival Internacional...

. Dia Internacional dos Arq...

. Instituto Andaluz do Patr...

.Últimos Comentários

Bom dia,O link está com um problema, que não permi...
Joana,O novo site ainda está em construção, mas o ...
Boa noiteGostaria de saber qual o novo endereço do...
Boa entrada, Paulo. Esta iniciativa seria um óptim...

.tags

. todas as tags