Sábado, 26 de Fevereiro de 2011

Conferência: "A Obra Patrimonial da 1ª República (1910-1932). A Questão da Protecção do Património Artístico"

No próximo Domingo, dia 27 de Fevereiro, tem lugar o encerramento da Exposição “O Museu José Malhoa. As Caldas e a República”, produzida no âmbito do protocolo estabelecido entre a Comissão Nacional para as Comemorações do Centenário da República e o Instituto dos Museus e da Conservação. 

 

Assinalando este momento, terá lugar a seguinte conferência:
A Obra Patrimonial da 1ª República (1910-1932). A Questão da Protecção do Património Artístico.

Professor Doutor Jorge Custódio 

 

Domingo, 27 de Fevereiro de 2010, pelas 15:30 horas

 

publicado por mhp às 11:47
link do post | comentar | favorito

Conferência: "Património Imaterial. O Papel dos Museus"

 

Dando continuidade ao ciclo de conversas “Primeiras Segundas – conversas leves, temas de peso”, no dia 07 de Março pelas 21h30 contaremos com a presença da convidada Carla Queirós do Instituto dos Museus e da Conservação para abordar a temática“Património Imaterial: o papel dos Museus”. Desenvolvida pelo Núcleo de Museu Municipal e Património Cultural da Autarquia, esta actividade visa, em ambiente informal, problematizar uma série de temas relacionados com a museologia e o património cultural.

 

Local: Auditório Virgílio Arruda na Biblioteca Municipal de Santarém.

 

publicado por mhp às 11:45
link do post | comentar | favorito

Despacho de abertura de procedimento de classificação da Ponte da Arrábida

Foi publicado no Diário da República, 2.ª Série, n.º 33, de 16 de Fevereiro, o Anúncio n.º 1960/2011, de 8 de Fevereiro, relativo ao despacho de abertura do procedimento de classificação da Ponte da Arrábida, freguesias de Lordelo do Ouro e São Pedro da Afurada, concelhos do Porto e Vila Nova de Gaia, distrito do Porto.

 

 

Podem consultar a planta que fixa a zona de protecção no seuinte link:

Ver planta

 

publicado por mhp às 11:41
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 23 de Fevereiro de 2011

Ciclo de Conferências "Em torno da Conservação e Restauro"

O Ciclo de Conferências "Em torno da Conservação e Restauro" continuará dia 23 de Fevereiro de 2011, pelas 16h00, no Auditório do Museu Nacional de Arte Antiga.
 
O tema da conferência será "Avaliação de branqueamentos utilizados numa colecção de papéis com manchas", proferida por Francisca Figueira, Ana Clara Rocha, Marina Afonso e Luísa Carvalho. 
 
No âmbito do projecto “Caracterização morfológica de manchas no papel e metodologias de tratamento”, que decorreu entre Setembro 2007 e 2010, financiado pelo programa Projectos de Investigação Científica e Tecnológica (I&D) da Fundação para a Ciência e Tecnologia, foram testados tratamentos em manchas de ar, foxing, fungos, líquido e luz em 17 papéis e cartolinas.

Nesta Conferência serão apresentados os resultados do projecto.

 

publicado por mhp às 16:07
link do post | comentar | favorito

VI Congresso Internacional de História Marítima

 

 

Está aberto, até ao dia 31 de Março, o Call for Papers para o 6th International Congress of Maritime History. Enquanto as primeiras edições abordaram um conceito mais amplo do conceito de história marítima, que interliga várias disciplinas de diferentes períodos e áreas históricas, desta vez pretende-se promover e explorar a relação da humanidade com o mar até aos dias de hoje.

 

As propostas devem ser enviadas para imeha2012@ugent.be.
 

O congresso terá lugar em Ghent, Bélgica, de 2 a 6 de Julho de 2012 e é co-organizado pela Faculdade de Letras da Universidade do Porto (FLUP).

 

Para mais informações:
http://www.imeha2012.ugent.be/

 

publicado por mhp às 16:04
link do post | comentar | favorito

Museu da Baleia

O Museu da Baleia irá abrir portas no próximo Verão. A data é estimada pelo secretário regional do Equipamento Social, Luís Santos Costa que esta manhã visitou as obras de requalificação urbana da Praça do Caniçal. O governante assegurou igualmente que em termos de equipamentos a realizar sob tutela do Governo Regional ainda durante este mandato está previsto a concretização de três novas infra-estruturas: uma estrada do centro da vila ao sítio da Palmeira, um estacionamento automóvel e ainda a sede social do Caniçal, numa valência anexa ao Museu da Baleia.

 

publicado por mhp às 16:02
link do post | comentar | favorito

VIII Colóquio Luso-Brasileiro de História da Arte

O VIII Colóquio Luso-Brasileiro da História da Arte decorrerá entre os dias 4 e 8 de Abril, em Belém (Brasil), no Centro de Convenções da Universidade Federal do Pará (UFPA)

 

Para mais informações consultar o seguinte site:
http://xumucuis.wordpress.com/2011/02/01/viii-coloquio-luso-brasileiro-de-historia-da-arte/

 

publicado por mhp às 15:58
link do post | comentar | favorito

Museu Nacional de Arqueologia

Foi integrado na secção "Instituições" o link para o Museu Nacional de Arqueologia. Nesse site, além de um roteiro visual sobre a exposição permanente e as exposições temporárias, possui um secção de monografias e publicações periódicas digitalizadas muito importantes para quem se debruça sobre as questões arqueológicas.

publicado por mhp às 15:53
link do post | comentar | favorito

Seminário: Cuidar das Casas. A manutenção do Património corrente"

O Núcleo do Porto do ICOMOS Portugal e a Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto estão a organizar um seminário que ocorrerá no dia 25 de Fevereiro na Biblioteca Almeida Garret, no Porto, sob o tema "Cuidar das casas. A manutenção do património corrente".

 

Sendo muitas vezes esquecido, este património menor ou corrente é aquele em que habitamos e que conforma a imagem das nossas cidades. O cuidado e a preservação informada e consciente deste património constituem um contributo importante para uma sustentabilidade urbana mais desejável, bem como para a promoção de processos de coesão social.

 

Podem consultar o site do seminário em: http://ncrep.fe.up.pt/ICOMOS_cuidardascasas/

publicado por mhp às 15:49
link do post | comentar | favorito
Domingo, 20 de Fevereiro de 2011

Boletim nº 38 de "Museus em Rede" já se encontra disponível on-line

Já se encontra disponível o Boletim nº 38 da RPM.

 

Para o consultarem, basta clicarem nos seguintes links:


Boletim RPM nº 38 (pdf, 1.17 MB) |  Destacável (pdf. 115 KB)

publicado por mhp às 11:12
link do post | comentar | favorito

IX Jornadas do ICOM Portugal

Já se encontra disponível, na página do ICOM-Portugal, informação sobre as IX Jornadas, que se realizarão no dia 28 de Março, no Museu das Comunicações, em Lisboa. As IX Jornadas são dedicadas ao tema ‘Museus e Memória’, que é também o tema do Dia Internacional dos Museus deste ano, e contam com a presença de Joaquim Paes de Brito,Dóris SantosMaria José SantosJosé Alberto RibeiroJack Lomaan.


As inscrições também já estão abertas e fazem-se, como habitulmente, através do emailinfo@icom-portugal.org.

 

Para mais informações:
http://www.icom-portugal.org/

 

publicado por mhp às 11:09
link do post | comentar | favorito

III Seminário de Museologia dos Países de Língua Portuguesa e Castelhana

O III SEMINÁRIO DE INVESTIGAÇÃO EM MUSEOLOGIA DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA E ESPANHOLA terá lugar este ano a 20, 21 e 22 de Outubro em Madrid com organização da Universidad Autónoma de Madrid.

 

Para quem desejar fazer uma apresentação, em princípio o Call for papers sairá em Abril e estará aberto durante um mês.

 

publicado por mhp às 11:05
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 15 de Fevereiro de 2011

Site: ICOM - Portugal

Foi publicado na secção de links sobre INSTITUIÇÕES a hiperligação para a Comissão Nacional Portugal do ICOM (Conselho Internacional de Museus). Além de imensa informação sobre Museus (Notícias, Conferências, Colóquios, Encontros...), nesse site encontram uma revista em PDF que pode ser muito útil para quem se debruça sobre a área museológica.

 

Podem consultar o site do ICOM - Portugal em:

 

http://www.icom-portugal.org/

 

publicado por mhp às 11:39
link do post | comentar | favorito

Prémio ENEH / Apenas Livros 2011

O Prémio ENEH/Apenas Livros 2011 é uma iniciativa integrada no VI Encontro Nacional de Estudantes de História, o qual se realizará na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa entre 24 e 27 de Março de 2011. O objectivo é o reconhecimento do mérito dos estudantes e investigadores em História, História da Arte, Arqueologia, Património e Museologia.

 

Candidaturas até 5 Março 2011

 

Mais informações no site do VI Encontro Nacional de Estudantes de História (https://sites.google.com/site/enehevent2011/home) ou através do e-mail:vieneh.2011@gmail.com

 

publicado por mhp às 11:35
link do post | comentar | favorito

Acervo do Arquivo Histórico da Câmara de Lisboa volta a estar disponível ao Público

A documentação do arquivo histórico da Câmara de Lisboa vai voltar a estar disponível para consulta pública a partir de 21 de Fevereiro, em Campolide.

 

Este acervo, que integra documentos que remontam aos primeiros anos do século XII, estava inacessível desde 2002.


A partir de dia 21, a documentação do arquivo histórico pode ser consultada nos dias úteis, entre as 9h30 e as 17h00.

publicado por mhp às 11:31
link do post | comentar | favorito

Bolsa de Investigação

Até 21 de Fevereiro 2011

 

Concurso da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa para duas Bolsas de Investigação no âmbito do Centro de História – Projecto Memória e Historiografia: fontes para a história portuguesa (séculos XVIII-XX).

 

Disponível em:


http://www.fl.ul.pt/investigacao/bolsas_flul.html
http://www.eracareers.pt/opportunities/index.aspx?task=global&jobId=22052

publicado por mhp às 11:28
link do post | comentar | favorito
Sábado, 12 de Fevereiro de 2011

Opinião - Contribuem com a vossa

A Faculdade de Letras da Universidade do Porto, através do UNAPS (Unidade de Apoio à Prestação de Serviços), lançou uma variada gama de "produtos" para o mercado. Como se de uma empresa tratasse, o UNAPS elaborou para cada "produto" os objectivos, os destinatários dos mesmos e os meios técnico-profissionais da FLUP que podem desenvolver esse "produto". Até aqui nada de novo, já que a passagem da UP para Fundação levou a que cada faculdade pudesse percorrer e desenvolver novos caminhos para se auto-financiar.

 

Ao percorrer os serviços oferecidos, um merece destaque visto centrar-se na nossa área de investigação: Património. Por curiosidade, comecei a ler o panfleto que tenta "vender" o "produto". Confesso que ao ler a secção "Estudos e desenvolvimento à medida" alguns pontos fizeram-me rir como "Inventariação do Património Plástico" ou "Estudos em artes multimédia". O primeiro deve querer referir-se a artes plásticas, penso eu (embora o termo património plástico leve a muitas conjecturas), e o segundo não é mais adequado para outras áreas? Mas o que não me fez rir, antes pelo contrário, provocando-me alguma urticária, foi a secção "Domínios". Para o meu espanto, ou não, a História foi completamente esquecida. As áreas que consta no panfleto estão correctas. Mas e a História, meus amigos? Por acaso não sabem que a vossa faculdade, essa instituição que no final do mês deposita, com muito sacrificio, os muitos euros na vossa conta bancária, ministra um curso de 2º ciclo apelidado de História e Património? Se o faz é porque acha essencial aliar a História ao Património. Será que não quiseram arranjar problemas entre departamentos? (Sim, porque as áreas que colocaram são as mesmas do Departamento de Ciências e Técnicas do Património). Ou, pelo contrário, ainda acham que a História é uma ciência fechada que não serve para nada e que qualquer um "faz história"?

 

Gostava de saber a vossa opinião sobre o que vão ler no seguinte link:

https://sigarra.up.pt/flup/web_gessi_docs.download_file?p_name=F1250691487/Flyer_Patrim%F3nio_Servicos_f.pdf

tags:
publicado por mhp às 11:17
link do post | comentar | favorito

Encontros com o Património "Os dias das Conservas - Museu de Portimão"

12 de Fevereiro de 2011
entre as 12h00 e as 13h00, com reemissão entre a 1h00 e as 2h00


Programa da TSF
Encontros com o Património, em parceria com o IGESPAR, I.P.

«Os dias das conservas – Museu de Portimão»


O Museu Municipal de Portimão inaugurou a 17 de Maio de 2008 e foi eleito o “Museu do Ano do Conselho da Europa”, de 2010. Fruto de um trabalho de 27 anos, o Museu instalou-se numa antiga unidade industrial conserveira – a Fábrica Feu Hermanos, edifício de final do séc. XIX, restaurado e reabilitado para integrar o programa museológico. Dos três percursos que se encontram patentes, destacamos “A vida industrial e o desafio do mar”, em torno do qual se abordarão temas como: a actividade da pesca e sua relação com a indústria conserveira, os centros industriais do Algarve, o património industrial, seu valor e reconversão. Estas são algumas das questões a explorar pelo jornalista Manuel Vilas–Boas que conversa com os Drs. José Gameiro e António Feu, a Doutora Maria João Raminhos e o Professor António Rosa Mendes.

publicado por mhp às 11:14
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 11 de Fevereiro de 2011

Fórum de Discussão sobre o Património Cultural Imaterial

 

Por iniciativa da rede de Museus do Algarve foi criado um forúm onde é possível debater várias temáticas respeitantes ao Património Cultural Imaterial.

 

Podem aceder ao fórum através do seguinte link:

http://www.voy.com/224680/

publicado por mhp às 23:25
link do post | comentar | favorito

Coimbra: Torre da Universidade abre para visitas

A Torre da Universidade de Coimbra vai abrir segunda-feira para visitas regulares, após uma reabilitação orçada em 333 mil euros financiada por antigos estudantes e pelo Banco Santander Totta.


Edificada entre 1728 e 1733, constitui uma nova atração para os cerca de 200 mil visitantes que anualmente cumprem o roteiro turístico da universidade, mas apenas para aqueles que ousarem galgar 180 degraus para desfrutar de uma vista única sobre a cidade, do alto dos seus 34 metros.


Para assinalar a reabertura deste ex-líbris de Coimbra, vai decorrer no próximo domingo, na Sala do Senado, uma cerimónia em que se abordará o contexto histórico do edifício, bem como a intervenção de restauro e conservação realizada em 2010.

publicado por mhp às 23:24
link do post | comentar | favorito

Materiais e Técnicas de Pintores do Norte de Portugal

 

11 de Fevereiro, às 18.30h, no Campus da Foz da Universidade Católica.

 

O projecto em causa, Materiais e Técnicas de Pintores do Norte de Portugal, está a ser desenvolvido pela área temática da “Conservação dos Bens Culturais”, constante na linha de investigação de Estudo, Conservação e Gestão do Património Cultural do Centro de Investigação em Ciências e Tecnologias das Artes (CITAR), da Universidade Católica Portuguesa – Centro Regional do Porto, tendo co-financiamento comunitário do Quadro de Referência Estratégico Nacional (QREN) e do Programa ON. 2 – O Novo Norte – Eixo Prioritário III – Valorização e Qualificação Ambiental e Territorial, Domínio Património Cultural.

 

O projecto visa a investigação em aspectos da história de arte, complementada com exames técnicos e científicos, a um conjunto seleccionado e representativo de obras. Os exames incluem a fotografia documental (no espectro visível e invisível), a radiografia, a reflectografia de infravermelho, a microscopia óptica, testes histoquímicos, testes micro químicos, espectrometria de fluorescência de raios X dispersiva em energia (EDXRF), cromatografia líquida de alta eficiência (HPLC) e gasosa com espectrometria de massa (GC-MS) e a microscopia electrónica de varrimento com espectrometria de energia dispersiva de raios X (SEM-EDX).

 

publicado por mhp às 23:21
link do post | comentar | favorito

Curso de Mediadores Culturais - 3ª e 4ª Edições

Duração: 44 horas. Sempre aos sábados das 9h às 18h com intervalo para almoço.


Propinas: 400 euros, com IVA incluído (facilidade de pagamento por tranches 200€ + 200€ de acordo com datas a definir).

 

Local de formação

Museu de Cerâmica de Sacavém, em Lisboa
Museu Romântico da Quinta da Macieirinha, no Porto (a confirmar)

 

Programa do Curso de Mediadores Culturais

 

Para mais informações, por favor contactar:

Ana Fernambuco ana.fernambuco@mapadasideias.pt

963983859

Mapa das Ideias correio@mapadasideias.pt

publicado por mhp às 23:19
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 10 de Fevereiro de 2011

Descoberta em Beja uma das maiores necrópoles islâmicas de Portugal

"Esta necrópole é, certamente, uma das maiores encontradas no país", garantiu à Agência Lusa Raquel Santos, que coordena a equipa da Neoépica, empresa que está a efectuar a arqueologia preventiva associada às obras.

 

Os trabalhos decorrem desde Novembro de 2009 e a necrópole tem estado a ser escavada pelos arqueólogos, no âmbito das obras de modernização da Escola Secundária Diogo de Gouveia (Liceu de Beja), a cargo da Parque Escolar.

 

"A escavação acompanhou a obra em si e temos várias áreas intervencionadas, quer no exterior, quer no interior do edifício da escola. Os vestígios da necrópole islâmica são os que saltam mais à vista", realçou Raquel Santos.

 

Até ao momento, disse, os arqueólogos já encontraram esqueletos correspondentes a "250 indivíduos, de ambos os sexos, maioritariamente adultos, mas também crianças e jovens".

 

"A maior parte é do período islâmico, em que os indivíduos eram enterrados de lado, mas há alguns enterramentos cristãos, em que os mortos foram deitados de costas", acrescentou.

 

Segundo Raquel Santos, os trabalhos arqueológicos na necrópole, cujos limites "não estão totalmente definidos", uma vez que "só está a ser escavada a área afectada pelas obras", compreendem o levantamento dos 250 enterramentos.

 

A coordenadora acrescentou a que a necrópole deverá conter "ainda mais" enterramentos, mas essa área não vai ser intervencionada.

O local onde se encontra a necrópole islâmica será "novamente tapado", para que as obras possam avançar, revelou também Raquel Santos, referindo que, além destes vestígios, foram encontradas mais estruturas arqueológicas no espaço da escola.

 

Vários silos, com "dois ou três metros de profundidade" e que serviam para guardar alimentos, assim como estruturas muros e, eventualmente, de habitações são outros dos vestígios, alguns deles de "épocas mais modernas", mas cujo período cronológico exacto ainda não foi estabelecido, explicou a responsável.

 

publicado por mhp às 17:59
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 9 de Fevereiro de 2011

Novos imóveis classificados como Monumentos de Interesse Público

Ministério da Cultura – Gabinete do Secretário de Estado da Cultura,

 

Classifica a Igreja de Nossa Senhora da Conceição, sita na freguesia de Lavos, concelho da Figueira da Foz, distrito de Coimbra, o Convento de Almiara, sito na freguesia de Verride, concelho de Montemor-o-Velho, distrito de Coimbra, e a Igreja de S. Cristóvão, sita na freguesia de Louredo, concelho de Paredes, distrito do Porto, como monumentos de interesse público e fixa as respectivas zonas especiais de protecção.

 

Portaria n.º 338/2011. D.R. n.º 27, Série II de 2011-02-08


http://dre.pt/pdf2sdip/2011/02/027000000/0708707089.pdf

publicado por mhp às 21:55
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 8 de Fevereiro de 2011

I Congresso Internacional do Românico

Informação fornecida pela Sónia Couto

 

English
Castellano


Um território materializa a lembrança de um acontecimento. As suas marcas identitárias, expressas em criações e formas de apropriação do espaço pelo Homem, são reveladoras dos valores, modos de vida e experiências das comunidades que o construíram, habitaram e vivenciaram.

Vestígio de uma memória coletiva e de uma identidade, o Património afirma-se como um recurso insubstituível e propulsor de dinâmicas locais, regionais e nacionais. A sua proteção, valorização e uso, seja com objetivos sociais, científicos ou didáticos, perfilam-se como paradigma central das estratégias de desenvolvimento do território. 

O Património de matriz românica representa um exemplo magistral de identidade cultural e territorial. Modelo artístico associado à génese da Europa, o Românico assume significado maior no território do Tâmega e Sousa ao estar intimamente ligado às gentes e famílias que protagonizaram a fundação da Nacionalidade portuguesa.

A conservação e promoção deste importante legado patrimonial tem norteado a atuação da Rota do Românico, procurando esta, numa missão mais ampla, constituir-se como fator de coesão social e alavanca do desenvolvimento integrado do Tâmega e Sousa. Um desenvolvimento que não se pode dissociar do reforço da atratividade turística da região, assente na dinamização de um produto, a Rota do Românico, capaz de assumir um papel de excelência no âmbito do touringcultural e paisagístico.    

Ao considerar fundamental a investigação, o debate e a disseminação de conhecimento, a Rota do Românico pretende que este I Congresso Internacional do Românico constitua um momento de alargada discussão e reflexão, de caráter multidisciplinar, dedicado ao Património e ao seu papel no desenvolvimento e promoção dos territórios. 




 

publicado por mhp às 22:33
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 7 de Fevereiro de 2011

Recursos Didácticos on-line disponibilizados por Museus Espanhóis

Alguns Museus espanhóis disponibilizam online diversos recursos didácticos destinados aos seus públicos.

Poderá consultá-los em :

 

Visualizar Recursos Didácticos Descargables v5.

 

Descargar Recursos Didacticos Descargables v5

 

Museus Aderentes (com hiperligação):

 

Museos de Aragón

 

Museo Arqueológico de Cataluña

 

Museo Arqueológico de Lorca

 

Museo de Arte Contemporáneo Esteban Vicente

 

Museo de Bellas Artes de la Coruña

 

Museo Extremeño e Iberoamericano de Arte Contemporáneo

 

Museo de la Ciencia y el Agua de Murcia

 

Museo de Ciencias Principia de Málaga

 

Museo de Ciencias de Valladolid

 

Museo de Historia de Cataluña

 

Museo de Reproducciones Artísticas de Bilbao

 

Museu del Raiers

 

Museu de les Trementinaires

 

publicado por mhp às 19:24
link do post | comentar | favorito
Domingo, 6 de Fevereiro de 2011

Regime Jurídico e Convenção para a Salvaguarda do Património Cultural Imaterial

Foram publicados na secção de links sobre a legislação do Património Cultural a hiperligação para os seguintes documentos:

 

 

- Regime Jurídico de Salvaguarda do Patrimónuio Cultural Imaterial

 

e

 

- Convenção para a Salvaguarda do Património Imaterial

publicado por mhp às 14:02
link do post | comentar | favorito

Mosteiro de Landim - Vila Nova de Famalicão

Deixo em seguida um link sobre um dos mosteiros mais bem preservado e pouco divulgado do norte do país: Landim, datado do século XII.

 

Merece, sem dúvida, uma visita.

 

http://www.mosteirodelandim.pt/default.asp

publicado por mhp às 10:00
link do post | comentar | favorito
Sábado, 5 de Fevereiro de 2011

Dia Mundial dos Monumentos e Sítios 2011 - 18 Abril - Tema: Água: Cultura e Património

O Dia Internacional dos Monumentos e Sítios foi criado pelo ICOMOS a 18 de Abril de 1982 e aprovado pela UNESCO no ano seguinte. Esta comemoração tem como objectivo sensibilizar o público para a diversidade e vulnerabilidade do património, bem como para o esforço envolvido na sua protecção e conservação.


Os temas anualmente sugeridos pelo ICOMOS pretendem promover o estabelecimento de uma ligação efectiva entre as realidades locais, regionais, nacionais e internacionais. Assim, através desta data comemorativa, pretende‐se celebrar o património nacional, mas, também, a solidariedade internacional em torno da salvaguarda e da valorização do património de todo o mundo.


Este ano, o tema para o Dia Internacional dos Monumentos e Sítios é Água: cultura e património. A água constitui um bem essencial à vida e tem influenciado, de forma decisiva, a actividade humana. Indispensável como meio de subsistência, fonte de energia e matériaprima, tem sido um recurso utilizado para os mais variados fins – circulação e transporte, agricultura, indústria, aplicações terapêuticas, higiene, recreação e lazer, entre outros ‐, condicionando a evolução das sociedades, a sua distribuição geográfica, e influenciando os ambientes naturais, culturas e paisagens.

 

Cartaz

publicado por mhp às 11:23
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 4 de Fevereiro de 2011

Encontro-Debate. Turismo Cultural versus Indústrias Criativas

Deixo-vos a indicação de um colóquio que se vai realizar em Braga. Informação fornecida pela Sónia Couto.

 

 

Dia 5 de Fevereiro de 2011

Braga, Universidade do Minho - Complexo Pedagógico 1 - Anfiteatro V

 

PROGRAMA

10 – 11 Empreendedorismo Criativo

Ana Carvalho (Agência para o Desenvolvimento das Indústrias Criativas - ADDICT)

11 – 11.30 Intervalo

 

11.30 – 12 O Turismo Cultural e as Indústrias Criativas: o Festival do Norte

António Cândido (Entidade Regional de Turismo do Porto e Norte de Portugal - ERTPNP)

 

12 – 12.30 Património Industrial do Vale do Ave

Paula Peixoto Dourado (ADRAVE)

 

12h30 – 13h Debate

 

Organização: Mestrado em Património e Turismo Cultural da Universidade do Minho; CITCEM; Departamento de História da Universidade do Minho.


Coordenação: Ana Maria Santos Bettencourt.

 

Ana Carvalho é licenciada em Economia pela Faculdade de Economia do Porto e Master of Arts in Arts Management, na City University, em Londres.

Em 2008 integrou a equipa do Eixo Atlântico coordenando a área de projectos Europeus e relações com a Comissão Europeia. A partir dos finais de 2009 trabalha em Portugal como consultora de vários projectos culturais. Em Novembro de 2010, assumiu a direcção executiva da Agência para o Desenvolvimento das Indústrias Criativas - ADDICT.

 

António Cândido é licenciado em Antropologia, pós-graduado e mestrando em Relações Internacionais e pós-graduado em Turismo e Desenvolvimento Regional.

Desenvolve a sua actividade profissional na área da promoção turística e tem sido formador de diferentes disciplinas em diversos cursos. Actualmente é colaborador do "Curso de Gestão de Animação Turística em Espaço Rural" na Esc. Superior Agrária de Ponte de Lima / Instituto Politécnico de Viana do Castelo. Exerce funções no "Gabinete de Estudos e Projectos", da Entidade Regional de Turismo do Porto e Norte de Portugal onde é responsável pelo desenvolvimento e estruturação de dois importantes produtos turísticos prioritários para o Porto e Norte, na Agenda Regional de Turismo da CCDR-N: O Golfe e o Turismo Náutico.

publicado por mhp às 22:22
link do post | comentar | favorito

III Congresso Internacional "A Casa Nobre: um património para o futuro"

O Município de Arcos de Valdevez está empenhado na realização do III Congresso Internacional subordinado à temática A Casa Nobre: Um Património para o Futuro, a realizar em Arcos de Valdevez dias 2, 3 e 4 de Dezembro de 2011.


A estrutura do Congresso parte de quatro áreas de abordagem:


Memória Histórica


Arquivos e Documentação Familiares


Património


Turismo e Desenvolvimento Regional

 

Para mais informações:
http://sites.google.com/site/casanobrecongresso/

publicado por mhp às 10:34
link do post | comentar | favorito

Curso Livre sobre Património Religioso e Arte Sacra

A partir do próximo dia 5 de Fevereiro, irá ter lugar o curso livre sobre Património Religioso e Arte Sacra,  organizado pela Academia Eça de Queirós no Solar Condes de Resende, em Gaia, ministrado por categorizados professores e investigadores universitários.

 

O público interessado pode assistir a cada uma ou a todas as conferências, mediante inscrição prévia. queirosiana@gmail.com

 

05 de Fevereiro | O Património das confissões não católicas. Prof. Dr. António Manuel Silva

 

12 de Fevereiro | Arquivos e Património bibliográfico religioso. Prof. Dr. Nuno Resende

 

19 de Fevereiro | Instituições religiosas da diocese do Porto.  Prof. Doutor Adélio Abreu

 

05 de Março | Arte centelha do divino e encerramento do curso. Prof. Doutor Arlindo Cunha

publicado por mhp às 10:32
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 3 de Fevereiro de 2011

17 viagens ao mundo virtual da Arte

“Art Project” é o nome do mais recente projecto da Google. Trata-se de uma parceria inédita com 17 museus de arte espalhados um pouco por todo o mundo, de onde se destacam o Reina Sofia, em Madrid, o Museum of Modern Art (MoMa) em Nova Iorque, ou o Museu Van Gogh, em Amesterdão.


Para além das obras de arte, o “Art Project” disponibiliza ainda visitas virtuais a todos os 17 museus através da tecnologia Street View e permite aos utilizadores a criação das suas próprias colecções privadas, que poderão partilhar com amigos ou familiares.

 

Para efecturar essa "viagem", deixo-vos o respectivo link:


http://www.googleartproject.com/

 

Boas Viagens!!!

publicado por mhp às 15:00
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 2 de Fevereiro de 2011

Património Imaterial do centro histórico do Porto dinamizado com dois milhões de euros nos próximos dois anos

A empresa municipal Porto Lazer começou hoje a procurar projetos de cultura e inovação no centro histórico para, nos próximos dois anos, investir dois milhões de euros no “património imaterial” daquela zona, anunciou o vereador Vladimiro Feliz.

O responsável pelo Turismo, Inovação e Lazer da Câmara do Porto falava durante a apresentação do “Porto 2.0”, um programa que prevê um investimento “de quase dois milhões de euros” cofinanciados em 70 por cento pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.

O programa “não funcionará numa lógica de candidaturas”, alertou o vereador, explicando que “haverá uma equipa destacada” para encontrar projetos.

“Será um trabalho de boca a boca, nas ruas, para conhecer a realidade do centro histórico. Interessa ir às pessoas, às associações, e chamá-las para trabalhar connosco”, frisou.

Centro histórico mais criativo

A ideia é criar “um processo de prospeção e proximidade com as várias comunidades existentes no centro histórico, de olhar para os vários ativos existentes e criar um efeito alavanca”. O vereador esclareceu que o “Porto 2.0” será um “projeto muito transversal”, destinado à “criatividade e criação de novas soluções”.

Vladimiro Feliz apontou a hipótese de “um restaurante ou bar ser complementado com a performance de um artista” e de “um músico a trabalhar com um cozinheiro”. Pretende-se que o projeto se transforme na “maior ação integrada de cultura e inovação com impacto sustentado no desenvolvimento regional do Norte de Portugal”.

A intenção é que se façam “diagnósticos”, descubram “participantes”, concretizem “parcerias”, concebam “intervenções” e programem ações. A produção criativa que resultar “não será nem de vanguarda nem tradicional”, mas sim “o que a comunidade criativa, envolvendo as populações, conseguir desenhar”.

O objetivo é, também, dinamizar o turismo e economia, porque “todas as ações que vierem a ser realizadas terão sempre uma componente de financiamento privado”, podendo “triplicar o valor inicial” do investimento.

Parceiros culturais

O Balleteatro, a ESAP – Cooperativa de Ensino Superior Artístico do Porto, a ESMAE – Escola Superior de Música e Artes do Espetáculo, a Fábrica Social – Fundação José Rodrigues, as Faculdades de Arquitetura e de Belas Artes da Universidade do Porto, o FITEI – Festival Internacional de Teatro de Expressão Ibérica e o Maus Hábitos são alguns dos parceiros do projeto.

Em “desenvolvimento” estão parcerias com outras entidades, como a Addict – Agência para o Desenvolvimento das Indústrias Criativas, a Casa da Música, o Plano B, a Universidade do Porto e juntas de freguesia. O “Porto 2.0” candidatou-se em 2009 ao “Sistema de Apoio ao Cluster de Indústrias Criativas” promovido pela Comissão de Coordenação e Desenvolvimento da Região Norte, na categoria “Grandes Eventos”.

A candidatura aprovada em 2010 prevê que a Porto Lazer comparticipe o investimento em 30 por cento mas, de acordo com Vladimiro Feliz, “está em avaliação” a possibilidade de passar para 20 por cento, em nome “da boa gestão dos dinheiros públicos”.

LUSA

publicado por mhp às 18:13
link do post | comentar | favorito

IV Jornadas de Jovens em Investigação Arqueológica

As Jornadas de Jovens em Investigação Arqueológica decorrerá entre os dias 11 e 14 de Maio, no Campus de Gambelas, na Universidade do Algarve.

 

Para conhecerem o programa e as edições anteriores (com digitalização dos papers das apresentações), consultem o seguinte link:

 

http://www.jia2011.com/index.php?option=com_content&view=article&id=7&Itemid=2&lang=pt

 

publicado por mhp às 17:54
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 1 de Fevereiro de 2011

Monografia: "Património Imaterial do Douro" em 2 volumes

Património Imaterial do Douro – Vol, 1
Alexandre Parafita
Editor: Âncora
Ano de edição: 2010
Tipo de artigo: Livro
ISBN: 9789727803033
C.I.: 00000247795
Número de páginas: 224
Edição: 2
Idioma: Português
Encadernação: Brochado

 

 

Património Imaterial do Douro – Vol, 2

Alexandre Parafita
Editor: Âncora
Ano de edição: 2010
Tipo de artigo: Livro
ISBN: 9789727803040
C.I.: 00000247794
Número de páginas: 312
Edição: 1
Idioma: Português
Encadernação: Brochado

 

 

 

publicado por mhp às 19:14
link do post | comentar | favorito

Breves Notícias

Sé de Braga entra na "Rota das Catedrais"

A Sé de Braga vai beneficiar este ano de um conjunto de obras de reabilitação, no âmbito do projecto «Rota das Catedrais», uma parceria entre a Igreja Católica e o Estado que prevê a conservação deste tipo de monumentos religiosos, a nível nacional. O protocolo que regula esta matéria foi assinado  entre o Cabido da Sé de Braga e a Direcção Regional de Cultura do Norte, contando com as presenças de D. Jorge Ortiga, arcebispo primaz da Diocese bracarense e do Secretário de Estado da Cultura, Elísio Summaville.

 

Metade dos Museus Guarda Documentos de Património Imaterial

Metade dos museus do país possui no seu acervo fundos documentais na área do património imaterial, como fotografias, filmes e som, revelam os dados preliminares de um inquérito nacional realizado pelo Instituto dos Museus e da Conservação (IMC).
Estes dados prévios sobre o Inquérito ao Património Cultural Imaterial foram hoje apresentados num encontro sobre o tema que está a decorrer no Museu Nacional de Etnologia, em Lisboa, dirigido aos profissionais do sector. De acordo com Paulo Ferreira da Costa, director do Departamento de Património Imaterial do IMC, as respostas ao inquérito nacional estão a ser inseridas numa base de dados para tratamento estatístico, e o relatório final será publicado no último trimestre deste ano.
Ao inquérito responderam 459 instituições, incluindo 139 museus, centros de investigação, direções regionais de Cultura, também das regiões autónomas, 308 municípios, centros de investigação e associações de defesa do património. De acordo com Paulo Ferreira da Costa, os dados prévios indicam que “53 por cento dos museus do país actuam no setor do Património Cultural Imaterial e 48 por cento possuem fundos documentais nesta área”. (…)
Uma das iniciativas é a digitalização do material a inserir no software Matriz, uma grande base de dados que tem vindo a ser atualizada desde 1994 para receber todos os dados do património móvel e imóvel, sítios e espaços culturais e naturais, vários fundos documentais, desde o vídeo, som e fotografia. (…)

publicado por mhp às 19:10
link do post | comentar | favorito

VI Encontro Nacional de Estudantes de História

O Encontro Nacional de Estudantes de História decorrerá entre os dias 24 e 27 de Março, na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa.

 

Para conhecerem o programa e possivel participação deixo-vos o link da página do ENEH:

 

https://sites.google.com/site/enehevent2011/home

publicado por mhp às 18:59
link do post | comentar | favorito

.Informações sobre o MHP

.pesquisar

 

.Abril 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.links

.arquivos

. Abril 2012

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

.posts recentes

. NOVO ENDEREÇO DESTE BLOGU...

. Mudança de imagem e ender...

. Sidónio Pais vai ter Muse...

. Conferência Internacional...

. Jornadas Europeias do Pat...

. A Câmara do Porto quer co...

. Catálogo on-line da expos...

. Boletins Culturais de Vil...

. Elevador de Santa Justa c...

. Jornadas Europeias do Pat...

. Descobertos nos Açores pr...

. Braga: Turel ganha espaço...

. Biblioteca Nacional tem c...

. ON.2 promove rede de coop...

. Apresentação da Revista P...

. Museos.es – uma edição do...

. Santana classificada pela...

. Lançamento do livro “Alga...

. Produtos Artesanais – Doc...

. Criado “Roteiro” para pro...

. ...

. Biblioteca Britânica e Go...

. Museu Virtual do Porto de...

. Revista “Amigos de los Mu...

. FAUP lança Curso de Estud...

. Encontro Iberoamericano s...

. Curso livre sobre Arqueol...

. ARQUIVO SECRETO DO VATICA...

. Projecto “Às terças na sa...

. Exposição “Brinquedos Por...

. FAUP lança Curso de Estud...

. Classificação de Imóveis ...

. Lançamento do livro «Rece...

. Túmulo nos Jerónimos pode...

. Exposição “Arqueologia do...

. Seminário “O AMbiente Dig...

. “Casa Portuguesa” vai sur...

. Ruínas romanas de Tróia r...

. Recuperação do Teatro do ...

. Orientações para a Descri...

. Curso de Versão: "FILMMAK...

. Site do Secretariado Naci...

. “Espólio artístico das Mi...

. Nova versão de Ficha de S...

. Seminário “Os Arquivos co...

. IGESPAR prevê lançar conc...

. Ministros da Cultura acor...

. 3º Festival Internacional...

. Dia Internacional dos Arq...

. Instituto Andaluz do Patr...

.Últimos Comentários

Bom dia,O link está com um problema, que não permi...
Joana,O novo site ainda está em construção, mas o ...
Boa noiteGostaria de saber qual o novo endereço do...
Boa entrada, Paulo. Esta iniciativa seria um óptim...

.tags

. todas as tags