Segunda-feira, 31 de Janeiro de 2011

Exposição "LOCI IACOBI - Lugares de Santiago, Lieux de St Jacques"

publicado por mhp às 23:10
link do post | comentar | favorito

Mestrado em História e Património no Facebook

O Mestrado em História e Património já tem uma página no Facebook.

 

Adirem através do seguinte link:

 

http://www.facebook.com/group.php?gid=137852459571817

 

Obrigado

publicado por mhp às 20:44
link do post | comentar | favorito

Publicação de todas as Cartas, Recomendações e Convenções sobre o Património Cultural

Foi introduzido na lista de links do lado direito do ecrã todas as Cartas, Recomendações e Convenções sobre o Património Cultural. Para acederem a elas basta dar um clique em cima da respectiva legislação que se quer consultar.

publicado por mhp às 20:39
link do post | comentar | favorito

Novas classificações de imóveis publicadas em Diário da República

Foram publicados no Diário da República os seguintes diplomas de classificação de bens imóveis e de fixação de zonas especiais de protecção (ZEP), a saber:

No DR, 2ª Série, n.º 12, de 18 de Janeiro

Portaria n.º 226/2011, que classificou como monumento de interesse público (MIP) os seguintes bens, e fixou as respectivas zonas especiais de protecção (ZEP):

a) A Igreja de Santa Marinha, Paroquial de Vila Marim, freguesia de Vila Marim, concelho e distrito de Vila Real;

b) O Liceu Alexandre Herculano, no Porto, freguesia do Bonfim, concelho e distrito do Porto;

c) A Escola Secundária Clara de Resende, na freguesia de Ramalde, concelho e distrito do Porto.

 

Portaria n.º 225/2011, que fixou a zona especial de protecção (ZEP) da Igreja Matriz de Barcos, em Barcos, freguesia de Barcos, concelho de Tabuaço, distrito de Viseu, classificada como monumento nacional (MN) pelo Decreto n.º 8175, de 2 de Junho de 1922.

 

Portaria n.º 224/2011, que classificou como monumento de interesse público (MIP) os seguintes bens, e fixou as respectivas zonas especiais de protecção (ZEP):

a) O Edifício do Hotel Astória, sito na Avenida de Emídio Navarro, 21, e na Rua da Sota, em Coimbra, freguesia de São Bartolomeu, concelho e distrito de Coimbra;

b) O Corpo Principal da Antiga Cadeia Penitenciária de Coimbra, em Coimbra, freguesia da Sé Nova, concelho e distrito de Coimbra;

c) A Capela de São Gonçalo, também conhecida como Capela de São Gonçalinho, na freguesia de Vera Cruz, concelho e distrito de Aveiro.

No DR, 2ª Série, nº 11, de 17 de Janeiro

Portaria n.º 223/2011, que fixou a zona especial de protecção (ZEP) do Mosteiro de Celas (Mosteiro de Santa Maria de Celas), localizado no Largo de Celas, freguesia de Santo António dos Olivais, concelho e distrito de Coimbra, classificado como monumento nacional (MN) pelo Decreto de 16 de Junho de 1910, publicado no DG, n.º 136, de 23 de Junho de 1910.

publicado por mhp às 17:30
link do post | comentar | favorito

Teses - Mestrado História e Património

Em seguida, publico as restantes teses realizadas no âmbito do Mestrado em História e Património, que não se encontram digitalizadas:

 

"Reordenamento do território e elites - O concelho de Cinfães no Século XIX (1827-1860)"
Autora: Rute Maria Pereira Amaral

 

O Convento da Madre de Deus de Sá em Aveiro - Dos Objectos às Devoções - Um Espólio do Museu de Aveiro.
Autor: Hugo Calão Rocha

 

Muros de Granito em Gouveia. Rota dos Penedos Mouros.
Autor: José Delfim de Azevedo Gomes de Oliveira

 

Os Rostos da Indústria Conserveira.
Autor: Tiago Filipe Queiroz Pinheiro

 

O Rio e a Cidade no Século XIX. Vinte e duas gravuras da Colecção do engenheiro Monteiro de Andrade.
Autora: Carla Sofia Batista Caldas

 

O Património Fundiário da Igreja de São Salvador de Tabuado 1552/57.
Autor: Pedro Nuno de Barros Vieira

 

Ponte Pênsil "da Trofa" - Memória, Património e Identidade.
Autor: José Filipe da Costa Azevedo

 


publicado por mhp às 16:16
link do post | comentar | favorito

Tese de Mestrado: "Análise do "Arquivo Histórico" do Museu Nacional de Soares dos Reis: percursos narrativos"

Tese de Mestrado em História e Património (FLUP - 2009) intitulada "Análise do "Arquivo Histórico" do Museu Nacional de Soares dos Reis : percursos narrativos" de Joana Judite Gonçalves da Silva

 

Deixo-vos em seguida os links e um resumo da tese redigido pela autora.

 

Links:

http://aleph.letras.up.pt/exlibris/aleph/a18_1/apache_media/YJXGM49762UNJ83GDYN9G5MQBJAKKH.pdf

 

http://aleph.letras.up.pt/exlibris/aleph/a18_1/apache_media/F8NFX1MGJHCVPCDMC5S2MB9CSLXDQC.pdf

 

Resumo:

"Este estudo procura demonstrar a importância da arquivística na organização da informação contida numa instituição como o Museu Nacional de Soares dos Reis.  Para tal estudo se concretizar, foi necessária uma pormenorizada abordagem à contextualização da instituição, desde a sua inauguração em 1833, procurando clarificar a natureza e a origem da informação e os seus produtores.  Depois, efectuamos um recenseamento dos documentos do arquivo, dividindo-os em dois fundos, o do Museu Municipal do Porto e o do Museu Nacional de Soares dos Reis. Posto isto, recorremos á aplicação das ISAD(G) na descrição intelectual de ambos os fundos, e efectuado um quadro de classificação. Enquanto decorreu esta fase, foi realizado um levantamento sobre as condições e necessidades de conservação e preservação do arquivo.  Tendo em conta o repto – percursos narrativos - foi realizado também um estudo de caso sobre o legado de Cristiano Augusto da Silva, em que procuramos demonstrar a dinâmica que o arquivo pode trazer a uma instituição tão grandiosa  como o Museu Nacional de Soares dos Reis e a sua importância para fins de  investigação e de aplicação pedagógica".

publicado por mhp às 16:13
link do post | comentar | favorito

Tese de Mestrado: "As Caldas de Canaveses - da cura ao lazer: 1900-1940"

Tese de Mestrado em História e Património (FLUP - 2009) intitulada "As Caldas de Canaveses - da cura ao lazer : 1900-1940" de Maria Adelina Silva.

 

Deixo-vos em seguida o link da tese:

 

Link:

http://aleph.letras.up.pt/exlibris/aleph/a18_1/apache_media/TNPEIGVT13IGV22FHH1MNKSBT61IDJ.pdf

 

 

publicado por mhp às 16:09
link do post | comentar | favorito

Tese de Mestrado: "A família Azevedo Aguiar Brandão e a Indústria do papel: (séculos XIX e XX)"

Tese de Mestrado em História e Património (FLUP - 2009) intitulada A família Azevedo Aguiar Brandão e a Indústria do papel : (séculos XIX e XX)" de Telma Marília Assunção Correia

 

Deixo-vos em seguida o link e um resumo da tese redigido pela autora.

 

Link:

http://aleph.letras.up.pt/exlibris/aleph/a18_1/apache_media/UVUC3EKI4F3NV9969PIBLLJGICYGKV.pdf

 

Resumo:

Tradicionalmente, bibliotecas e arquivos, enquanto instituições ou serviços responsáveis pela aquisição, conservação e organização dos documentos de arquivo, têm sido considerados locais privilegiados de conservação da memória, estando estreitamente relacionados com a custódia de documentos e com o objectivo de servir os interesses culturais e de investigação, nomeadamente da investigação histórica. Defendendo dissertação no âmbito do Mestrado de História e Património – Ramo de Arquivos Históricos, a divulgação e consulta de informação histórica são objectivos que traçamos para este projecto, centrados no estudo do espólio documental respeitante às fábricas de papel da família Azevedo Aguiar Brandão. Para tanto, reunimos a documentação de cariz industrial existente nesse arquivo de família, fazendo o seu tratamento e descrição arquivística, como meio de disponibilização da informação nela contida, para fins de investigação e como instrumento de apoio às actividades de dinamização patrimonial e mediação cultural desenvolvidas pelo Museu do Papel de Santa Maria da Feira, ao mesmo tempo que potenciámos a acessibilidade a um fundo documental até agora inacessível. O presente relatório tem como objectivos a apresentação de um projecto de investigação desenvolvido em ambiente de trabalho, através de um estágio acolhido pelo Museu do Papel, e nele pretendemos: 1. explicitar o percurso de pesquisa e de tratamento de informação, em ordem a contextualizar a produção da informação em análise;  2. delinear as respectivas fases de concretização; 3. proceder ao tratamento técnico da documentação, a nível do documento, segundo normas arquivísticas internacionalmente aceites; 4. apontar vias de dinamização patrimonial e de divulgação cultural que a informação patente no património documental em estudo poderá viabilizar, em articulação com um projecto Museológico: o do Museu do Papel Terras de Santa Maria, em Paços de Brandão, Santa Maria da Feira. O trabalho final que se apresenta funciona, em simultâneo, como relatório de estágio".

publicado por mhp às 16:05
link do post | comentar | favorito

Tese de Mestrado: "Exposições: formas de comunicar e educar em Museus"

Tese de Mestrado em História e Património (FLUP - 2009) intitulada "Exposições: formas de comunicar e educar em Museus" de Helena Isabel Almeida Vieira.

 

Deixo-vos em seguida o link e um resumo da tese redigido pela autora.

 

Link:

http://aleph.letras.up.pt/exlibris/aleph/a18_1/apache_media/QATST7L9B18RSGLB6XTKQX8KIL4LQ5.pdf

 

Resumo:

As exposições são excelentes meios de comunicação e educação em museus. O presente relatório de estágio, elaborado no âmbito do Mestrado em História e Património, pretende mostrar a realidades das exposições em contexto museológico. Partindo de uma contextualização teórica sobre as exposições como meios de mediação cultural, avançou-se para um exemplo prático referente ao planeamento, desenvolvimento e concepção da exposição “1969: 21 de Julho – Evocações portuenses a propósito da chegada do Homem à Lua”. Neste contexto são apresentadas também um conjunto  de propostas de valorização para esta exposição, de acordo com os diversos públicos-alvo da mesma, culminando com uma reflexão sobre a importância e as implicações da avaliação neste tipo de eventos culturais".

publicado por mhp às 15:59
link do post | comentar | favorito

Tese de Mestrado: "O património como fonte de desenvolvimento sustentável nas zonas rurais do interior norte de Portugal : o caso do concelho de Vieira do Minho nas últimas três décadas"

Tese de Mestrado em História e Património (FLUP - 2009) intitulada "O património como fonte de desenvolvimento sustentável nas zonas rurais do interior norte de Portugal : o caso do concelho de Vieira do Minho nas últimas três décadas" de Susana Maria Machado Teles

 

Deixo-vos em seguida o link e um resumo da tese redigido pela autora.

 

Link:

http://aleph.letras.up.pt/exlibris/aleph/a18_1/apache_media/EM4KFN6PST3G38X377CQ9NM46UBI8F.pdf

 

Resumo:

"A sociedade portuguesa viveu, nas últimas décadas, um fenómeno social com reflexos negativos bem acentuados para as zonas rurais do interior, espaços em  que a população se encontra em regressão, consequência de um êxodo rural que tem causado o despovoamento de alguns territórios, a diminuição da ocupação agrícola e o abandono de pequenas aglomerações rurais. Desde então, muitas têm sido as estratégias de desenvolvimento implementadas para inverter ou atenuar esse processo de declínio socioeconómico. Na maioria dos casos, elas têm procurado dotar os espaços com infra-estruturas que promovam a qualidade de vida e criem dinamismo económico nas localidades. Entre estas destacam-se as estratégias que promovem o Património local, considerando-o como um dos elementos com elevado potencial para estimular o desenvolvimento. Assim, o Património tem sido eleito, quer pela União Europeia, quer pelos poderes nacionais e locais, como uma área privilegiada de intervenção. Esta dimensão está bem patente no número crescente de medidas delineadas nos Quadros Comunitários de Apoio e, consequentemente, no número de projectos de requalificação e promoção do Património implementados pelos actores locais com o objectivo de dinamizar económica e socialmente essas localidades. Este estudo, desenvolvido no âmbito do Mestrado em História e Património – Ramo de Mediação Patrimonial, pretende apresentar reflexões teóricas e dados empíricos sobre a problemática da ruralidade em Portugal e sobre o contributo do Património local ao serviço de uma política de desenvolvimento sustentável. Para a sua realização elegemos, como estudo de caso, o concelho de Vieira do Minho e confrontámos aquelas que têm sido as políticas nacionais delineadas com a actuação que tem sido levada a cabo pelos actores locais, na aplicação dos financiamento comunitários ao serviço da promoção do Património local em prol do desenvolvimento socioeconómico do Concelho".

publicado por mhp às 15:56
link do post | comentar | favorito

Tese de Mestrado: "A implantação da instrução primária na freguesia de Gueifães : 1880-1900"

Tese de Mestrado em História e Património (FLUP - 2009) intitulada "A implantação da instrução primária na freguesia de Gueifães : 1880-1900" de Laura Branca Vilares Pires de Oliveira Piedade.

 

Deixo-vos em seguida o link e um resumo da tese redigido pela autora.

 

Link:

http://aleph.letras.up.pt/exlibris/aleph/a18_1/apache_media/6SHLEKBI7DXU99B9CRFSAA668JSD3E.pdf

 

Resumo:

"O presente trabalho tem como objectivo principal evidenciar a interligação entre a sociedade e os poderes central e local na promoção do ensino em Portugal, nos finais do século XIX, servindo-nos, exemplificativamente, de um estudo de caso  – a Escola Príncipe da Beira, situada em Gueifães, Maia.Para este efeito, procurámos organizar a exposição em torno de alguns assuntos centrais:- história local/história nacional;- sistema educacional;- emigração-retorno-filantropia.O trabalho está dividido em duas partes:- Na primeira apresenta-se o enquadramento teórico e metodológico, na qual se descrevem, após a introdução, as etapas da investigação, as metodologias e técnicas seguidas e se procede a uma breve reflexão sobre os dados que as fontes consultadas facultaram, assim como ao estado da arte e crítica das fontes. Realça-se a complementaridade entre a história local e a história nacional.- Na segunda parte faz-se uma referência às teorias explicativas do fenómeno migratório, assim como  à rede nacional da instrução primária elementar. Contém a contextualização económico-social da escola em estudo, evidenciando o papel desempenhado pelos vários intervenientes na criação da primeira instituição de ensino primário elementar na freguesia de Gueifães".

publicado por mhp às 15:51
link do post | comentar | favorito

Tese de Mestrado: "Análise de um Sistema de Informação: A Câmara Municipal de Vila Nova de Ourém (do Liberalismo à Primeira República)"

Tese de Mestrado em História e Património (FLUP - 2009) intitulada ""Análise de um Sistema de Informação: A Câmara Municipal de Vila Nova de Ourém (do Liberalismo à Primeira República)" de Ana Margarida Pereira Ribeiro.

 

Deixo-vos em seguida o link e um resumo da tese redigido pela autora.

 

Link:

http://aleph.letras.up.pt/exlibris/aleph/a18_1/apache_media/FVIS48DXJ36UV1PNDB7QFRFPIQ82D1.pdf

 

Resumo:

"O presente relatório é produto de um estágio concretizado no Arquivo Histórico Municipal de Ourém. Quando chegámos à instituição deparámo-nos com muito trabalho ainda por fazer, dado o facto de só recentemente o arquivo ter pessoal  especializado a exercer funções ao nível arquivístico, nomeadamente, na gestão da informação. O nosso plano foi, então, construído tendo em conta o estudo do Sistema de Informação “Câmara Municipal de Vila Nova de Ourém” durante o período liberal.   A nossa estratégia de acção começou por ser a identificação da  estrutura, com o correspondente levantamento dos órgãos que compunham este sistema de informação e as respectivas competências (com base na legislação da época), para posteriormente podermos contextualizar as séries por eles produzidas. Elaborado o quadro de classificação, procedemos à descrição e à construção de instrumentos de acesso a essa informação (inventário e índice de assuntos). A par destas tarefas, levámos a cabo a construção de  um guia, onde integrámos referências à documentação alusiva a Ourém e que se encontra dispersa por diversos arquivos.  Por fim, apurámos algumas sugestões, que consideramos importantes para a dinamização e difusão cultural do arquivo, uma vez que pensamos que as  valências do arquivo extravasam a classificação, descrição e criação de pontos de acesso, daí que necessite de acções para sensibilização da população.  Deste trabalho podemos inferir todo o processo a seguir quando se pretende analisar um Sistema de Informação.

publicado por mhp às 15:47
link do post | comentar | favorito

Tese de Mestrado: "Arquivo da Casa dos Barros (1753-1955): Reconstituição da Memória"

Tese de Mestrado em História e Património (FLUP - 2009) intitulada "Arquivo da Casa dos Barros (1753-1955): Reconstituição da Memória", de Vânia de Jesus Dinis Maio.

 

 

Deixo-vos em seguida os links e um resumo da tese redigido pela autora.

 

Links:

http://aleph.letras.up.pt/exlibris/aleph/a18_1/apache_media/ISGENJ1BU2LCY41R7A7R3AFMTH8APV.pdf

 

http://aleph.letras.up.pt/exlibris/aleph/a18_1/apache_media/4J5UJSRVEJNA7VDH59PIT8H1SR7QI4.pdf

 

Resumo:

"O relatório que estamos a apresentar é o produto final do estágio desenvolvido no âmbito do Mestrado em História e Património – Variante de Arquivos Históricos, realizado no Arquivo Municipal de Vila Real. De acordo com os interesses da instituição e enquadrando-se nos objectivos do referido mestrado, construímos um plano de trabalho, que tomou a designação de “Arquivo da Casa dos Barros – Reconstituição da Memória (1753-1955)”. O objecto de estudo deste projecto é um arquivo de família – o arquivo da casa de Barros, que se encontra sob custódia do Arquivo Municipal de Vila Real.  O relatório de projecto e de estágio apresentado é constituído por – partes:  1. A abordagem de conceitos de património histórico, arquivo, casa e família.  2. A contextualização da produção da informação, de forma a inserir a documentação e análise com o respectivo contexto de produção, tendo e conta os seus directos autores: os membros da Casa de Barros.  3. A descrição documental (a nível do documento), aplicando as normas internacionais de descrição arquivística (ISAD (G)) e ISSAR (CPF) visando a elaboração de pontos de acesso à informação (Catálogo, índices, tabelas de equivalência) e de uma Base de Dados. Por último, apontamos um leque de actividades passíveis de ser desenvolvidas em torno deste arquivo e da sua utilização cultural, de forma a expandir para a comunidade os resultados deste trabalho  académico, desenvolvido em colaboração da autarquia de Vila Real, através do seu arquivo".

publicado por mhp às 15:31
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 24 de Janeiro de 2011

Arte Sacra

Deixo em seguida o link de um site muito importante para quem está a trabalhar a temática da arte sacra:

 

http://www.bensculturais.com/

publicado por mhp às 19:17
link do post | comentar | favorito

"O culto da Arte" de Ramalho Ortigão

"O culto da Arte", escrito por Ramalho Ortigão no final do século XIX, é um excelente livro para se entender o conceito de património, monumentos, museus nesse período. De uma escrita fluida, critica e problematizante, é de leitura obrigatória para quem se debruça sobre as temáticas patrimoniais, e não só.

 

Podem fazer o download na Biblioteca Digital da Biblioteca Nacional, através do seguinte link: http://purl.pt/207

publicado por mhp às 18:31
link do post | comentar | favorito
Sábado, 22 de Janeiro de 2011

Acção de Formação: "Restauro e Conservação de Cerâmicas Arqueológicas"

Nos dias 12 e 13 de Fevereiro de 2011, decorre no Museu Monográfico de Conímbriga uma Formação sobre "Restauro e Conservação de Cerâmicas Arqueológicas" que pretende dar a conhecer o melhor modo de manuseamento dos instrumentos, materiais e produtos a utilizar, bem como a natureza química e física das peças a restaurar.

 

ROGRAMA
1. Introdução aos equipamentos
. Ferramentas 
. Materiais 
. Solventes e colas 
. Integração cromática 
2. Aplicação prática em peças a recuperar 
. Limpeza 
. Eventual consolidação

. Montagem 
. Colagem 
. Nivelamentos 
. Preenchimentos 
. Integração cromática


Total: 15 horas

 

Formadora: Ana Boléo-Tomé 
Organização: Empresa TerraFirme 
Apoio: Museu Monográfico de Conímbriga 

Informações e Contactos:
Tel.: 968 965 821 / 965 578 214 
www.terrafirme.com.pt 
terra_firme@iol.pt

Inscrições:
http://www.terrafirme.com.pt/educacao-patrimonial/formacoes/arqueologia/formacao-arqueologica-de-laboratorui-gabinete/

publicado por mhp às 11:54
link do post | comentar | favorito

Como se pode participar neste blogue?

Caros bloggers,

 

A vossa participação é importante. Só com a contribuição de todos é que podemos tirar proveito desta plataforma. Ela foi criada com o objectivo de reunir, num único local, toda a informação que acham pertinente divulgar; além de ser um meio com o qual possam partilhar as vossas dúvidas, experiências e conhecimentos. Por isso, só peço para usufruirem da mesma.

 

Infelizmente, o blogs do sapo não permite que cada utilizador possa publicar um post livremente. Só permite ao criador do blogue realizar essa opção. No entanto, além de poderem comentar livremente cada post, se tiverem informações que queiram publicar, é so enviarem um email para pauloacscorreia@gmail.com, com essa informação, que colocarei no blogue. No entanto, repito, podem participar através da opção comentar, em cada post.

 

Espero pela vossa participação

 

Um abraço

publicado por mhp às 01:45
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 21 de Janeiro de 2011

PportodosMuseus

O sítio que vos indico em baixo é de subscrição obrigatória. Ao subscreverem-no todos os dias receberão informações sobre diversas àreas ligadas à Cultura, especialmente à área patrimonial.

 

Deixo-vos o link e um resumo do sítio.

 

http://www.pportodosmuseus.pt/

 

 

O PportodosMuseus surgiu em Janeiro de 2007, registando, até agora, cerca de 5 700 posts e mais de 400 mil acessos para além dos acessos não contabilizados via feeds, nomeadamente dos mais de 1 000  subscritores registados. Está presente nas principais redes sociais como o Facebook, Twitter, etc..

Desenvolveu-se enquanto uma plataforma de difusão de informação no âmbito do Património Cultural, dispondo de numerosos colaboradores que nos fazem chegar muita da informação disponibilizada.

Fruto de uma acção sistemática de registo de informação, mantemos uma base de dados de contactos ( cerca de 17 000 ) de carácter individual e institucional no sector da cultura e das indústrias criativas: museus, instituições de ensino. arquivos, bibliotecas, artes performativas, empresas com actividade neste sector, arqueologia, eventos e turismo, associações, autarquias, associações de desenvolvimento, etc. etc..

Neste contexto, o PportodosMuseus tem por objectivos:

- contribuir para a divulgação do Património Cultural;

- contribuir para a divulgação de iniciativas, nacionais e internacionais, no domínio do Património Cultural;

- constituir uma veículo privilegiado de comunicação entre as empresas promotoras de serviços no domínio da Cultura e os diferentes agentes culturais .

publicado por mhp às 17:19
link do post | comentar | favorito

Workshops " Conservação e Restauro de Documentos Gráficos" e "Conservação e Restauro de Talha - Técnicas de Douramento"

O Centro Luso Italiano de Conservação e Restauro, parceiro PROVERE da Rota do Românico, vai promover dois workshops na área da conservação e restauro, destinados ao público em geral.

 

Workshop de Conservação e Restauro de Talha | Técnicas de Douramento
Período de Formação:
11 a 26 de Fevereiro
Horário: sexta-feira, das 18.30 às 21.30 horas, e sábado, das 09.30 às 12.30 horas
Local: Rua dos Bragas, 208, 4.º andar, sala 3, Porto

Workshop de Conservação e Restauro de Documentos Gráficos | Livros – Nossos Amigos. Cuidemos da nossa Biblioteca
Período de Formação:
11 a 19 de Março
Horário: sexta-feira, das 18.30 às 21.30 horas, e sábado, das 09.30 às 12.30 horas
Local: Rua dos Bragas, 208, 4.º andar, sala 3, Porto

Os interessados deverão solicitar a respectiva ficha de inscrição através do e-mailgeral@citaliarestauro.pt, do telefone 226 064 912 ou na secretaria do Centro Luso Italiano de Conservação e Restauro, sedeada na Rua da Restauração, 409, Porto

 

Mais informações em: http://www.rotadoromanico.com/vPT/Actualidades/Noticias/Paginas/ConservacaoeRestauroWorkshops.aspx

publicado por mhp às 14:33
link do post | comentar | favorito

Colóquio "Património Imaterial em Portugal: dos enquadramentos globais às actuações no terreno"

No próximo dia 31 de Janeiro vai ter lugar no Museu Nacional de Etnologia o Colóquio “Património Imaterial em Portugal: dos enquadramentos globais às actuações no terreno”, promovido pelo Instituto dos Museus e da Conservação. A entrada é livre, mediante inscrição prévia e sujeita à capacidade do Auditório do MNE.

 

Colóquio dedicado à divulgação da actuação desenvolvida pelo Instituto dos Museus e da Conservação no âmbito do Património Cultural Imaterial desde 2007, destacando alguns dos seus mais recentes efeitos às escalas regional e local.


A I Parte do Colóquio é consagrada, por um lado, ao enquadramento internacional de referência fornecido pela UNESCO e pela Convenção de 2003, e, por outro, ao enquadramento do regime jurídico nacional para a área do PCI, constituído entre 2009 e 2010, e actualmente em fase de operacionalização com a recente nomeação da Comissão para o Património Cultural Imaterial, instituída pelo Decreto n.º 139/2009, de 15 de Junho.


A II Parte do Colóquio é dedicada a acções desenvolvidas recentemente quer à escala regional, designadamente através das Direcções Regionais de Cultura, quer à escala local, com exemplos de projectos de valorização do PCI em curso por parte de Autarquias, Museus e iniciativas da sociedade civil.

 

Para além das diversas comunicações que integram o Colóquio, os participantes terão a oportunidade de visitar as Reservas do Museu Nacional de Etnologia, bem como de assistir a Filme sobre a Capeia Arraiana (concelho do Sabugal).

 

Ficha de Incrição e Programa mais detalhado do colóquio em:

http://www.ipmuseus.pt/pt-PT/patrimonio_imaterial/dpi_noticias/ContentDetail.aspx?id=2875

publicado por mhp às 14:27
link do post | comentar | favorito

Apresentação do Mestrado em História e Património

O Mestrado em História e Património (MHP) entrou em funcionamento no ano lectivo de 2007/2008 com o objectivo de colmatar uma necessidade, cada vez mais crescente, por parte dos profissionais das áreas de História, Gestão do Património, Arqueologia, História de Arte, Arquivística, e não só, em adquirirem uma formação transdisciplinar e pluridisciplinar que lhes fornecessem ferramentas imprescindíveis para uma melhor compreensão e actuação no Património Cultural.

 

O MHP divide-se em 3 ramos de especialização:

 

  • Estudos Locais e Regionais – Construção de Memórias
  • Arquivos Históricos
  • Mediação Patrimonial

 

Tem como objectivos específicos:

 

  • Formar profissionais capazes de manejaram métodos e técnicas imprescindíveis à identificação, inventariação, divulgação e preservação do património: natural, documental, iconográfico, edificado, arqueológico, rural, marítimo, industrial
  • Preparar agentes habilitados para uma intervenção profissionalizada em áreas da animação cultural e do turismo cultural e histórico
  • Preparar técnicos para uma gestão integrada e pluridisciplinar do património local em ordem a potenciar a sua preservação e fruição pela comunidade

 

 

O MHP encontra-se homologado no âmbito do Processo de Bolonha e é um curso reconhecido ao abrigo do artigo 54º do Estatuto da Carreira Docente (Decreto-Lei nº 15/2007, de 19/01), regulamentado pela Portaria nº 334/2008, de 30/04, para os grupos 200 (Português e Estudos Sociais/História) e 400 (História). (Despacho de Sua Excelência o Secretário de Estado da Educação, de 21 de Julho de 2009.

publicado por mhp às 13:22
link do post | comentar | favorito

.Informações sobre o MHP

.pesquisar

 

.Abril 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.links

.arquivos

. Abril 2012

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

.posts recentes

. NOVO ENDEREÇO DESTE BLOGU...

. Mudança de imagem e ender...

. Sidónio Pais vai ter Muse...

. Conferência Internacional...

. Jornadas Europeias do Pat...

. A Câmara do Porto quer co...

. Catálogo on-line da expos...

. Boletins Culturais de Vil...

. Elevador de Santa Justa c...

. Jornadas Europeias do Pat...

. Descobertos nos Açores pr...

. Braga: Turel ganha espaço...

. Biblioteca Nacional tem c...

. ON.2 promove rede de coop...

. Apresentação da Revista P...

. Museos.es – uma edição do...

. Santana classificada pela...

. Lançamento do livro “Alga...

. Produtos Artesanais – Doc...

. Criado “Roteiro” para pro...

. ...

. Biblioteca Britânica e Go...

. Museu Virtual do Porto de...

. Revista “Amigos de los Mu...

. FAUP lança Curso de Estud...

. Encontro Iberoamericano s...

. Curso livre sobre Arqueol...

. ARQUIVO SECRETO DO VATICA...

. Projecto “Às terças na sa...

. Exposição “Brinquedos Por...

. FAUP lança Curso de Estud...

. Classificação de Imóveis ...

. Lançamento do livro «Rece...

. Túmulo nos Jerónimos pode...

. Exposição “Arqueologia do...

. Seminário “O AMbiente Dig...

. “Casa Portuguesa” vai sur...

. Ruínas romanas de Tróia r...

. Recuperação do Teatro do ...

. Orientações para a Descri...

. Curso de Versão: "FILMMAK...

. Site do Secretariado Naci...

. “Espólio artístico das Mi...

. Nova versão de Ficha de S...

. Seminário “Os Arquivos co...

. IGESPAR prevê lançar conc...

. Ministros da Cultura acor...

. 3º Festival Internacional...

. Dia Internacional dos Arq...

. Instituto Andaluz do Patr...

.Últimos Comentários

Bom dia,O link está com um problema, que não permi...
Joana,O novo site ainda está em construção, mas o ...
Boa noiteGostaria de saber qual o novo endereço do...
Boa entrada, Paulo. Esta iniciativa seria um óptim...

.tags

. todas as tags